Texto principal

ESTA ÉPOCA, O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE CONTINUARÁ A PARTICIPAR EM VÁRIAS MODALIDADES A NÍVEL NACIONAL, COM OS OBJECTIVOS DE HONRAR O NOME DESTE CLUBE. O ANDEBOL SÉNIOR E VOLEIBOL FEMININO, DISPUTAM O PRIMEIRO ESCALÃO NACIONAL... OUTRAS MODALIDADES LUTAM PELO REGRESSO A ESSE ESCALÃO.


quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

FUTSAL - ENTREVISTA AO TREINADOR DOS JUVENIS, CARLOS SOUSA



Publicamos na integra a entrevista que o "novo" treinador da equipa Juvenis deu ao blog da formação

O que o levou a aceitar este convite ?

Antes de mais queria agradecer-te por tudo o que tens feito na divulgação da modalidade no nosso clube.
Digamos que era um namoro antigo mas, por uma razão ou por outra, nunca se proporcionou. Mas estava escrito que um dia isso ia acontecer e, numa conversa breve com o meu amigo Berto e, mais tarde, com Buffon e Rui Costa, foi fácil chegar a um entendimento. Puseram-me ao corrente da situação no escalão de Juvenis e, mediante tudo o que foi apresentado, era dificil não aceitar.  

Que importância tem para si ser treinador do Boavista F.C. ?

É muito importante, porque sou Boavisteiro e é  um orgulho enorme poder fazer parte desta familia.

Na sua prespectiva, como está a correr a época ?

Em termos de classificação, queríamos estar melhor posicionados, mas também não está mal, pois o nosso terceiro lugar, com os mesmos pontos do segundo, e a 2 do primeiro, mostra que só dependemos de nós para chegar ao topo.

Pretende reforçar a equipa ?

Estou muito satisfeito com os 10 atletas que tenho, mas pretendemos reforçá-la com dois ou três atletas, para que haja mais competividade e qualidade.



Objecivos para a época ?
O objectivo deste clube em todos os escalões é chegar ao fim de cada prova sempre em primeiro, mas sabemos que este pensamento abrange outras equipas e, por isso, temos que trabalhar muito para o atingir. O escalão que represento tem também essa ambição! O objectivo passa por ir o mais longe possível, e o mais longe possível é ficar em primeiro no campeonato e depois disputar a final. Mas só o conseguiremos se formos unidos, humildes, trabalhadores e, fundamentalmente, corajosos ao encarar os adversários com respeito mas, sobretudo, com a ambição de ganhar seja como for.   

Quais as principais dificuldades que encontrou nesta primeira semana de trabalhos ?
O plantel, como disse, é curto e isso tem sido a maior dificuldade para colocar em prática o que queremos para esta equipa.
Todos eles têm sido inexcedíveis na forma como encaram os treinos. A sua qualidade técnica, juntamente com a paciência e vontade, têm ultrapassado esta adversidade. Acredito que vai ser resolvida em breve.

Domingo um dérbi frente a um Freixieiro que luta pela manutenção. O que espera do jogo ?
Um dérbi é sempre um dérbi e o resultado é uma incógnita. Espero um jogo muito difícil  pois o Freixieiro tem uma belíssima equipa, recheada de atletas com valor, e muito bem orientada. A classificação, neste momento, é enganadora para o futsal que pratica. É a terceira melhor defesa (26 golos sofridos) e isso demonstra as dificuldades que vamos encontrar. Mas nós estamos bem vivos e acredito que, se formos pacientes e jogarmos como equipa mostrando na quadra a qualidade e a força que temos, saímos do Choradinho com mais uma vitória.    



Uma mensagem para os Boavisteiros...
Que continuem a apoiar as nossas equipas como têm feito até agora e esperamos mais uma vez o vosso apoio, no domingo, no Choradinho, para festejarmos aquilo que nos move: as vitorias!
Não queria deixar de agradecer ao Vasco ( o meu colaborador directo) pelo apoio que me tem dado, ao Caldas, ao João e ao Rui Costa pela paciência que têm tido comigo e no esforço que fazem para rapidamente resolverem os problemas.   


Fonte; Blog do Futsal Formação