Texto principal

ESTÃO ABERTAS AS CAPTAÇÕES PARA OS PLANTEIS DE FORMAÇÃO DE FUTSAL. CONHEÇA OS DIAS DE TREINOS E ESCALÕES, CLICANDO NA FOTO DO LADO DIREITO DESTA PÁGINA.

sábado, 22 de junho de 2013

ANDEBOL -HENRIQUE ANDRADE UM TÉCNICO DE CAMPEÕES À PROCURA DO TÍTULO NACIONLA

Em vésperas de partida para a final four que vai atribuir o título nacional, entre as quatro equipas que ascenderam ao primeiro escalão nacional conversamos com o técnico axadrezado, Henrique Santos.
Nota: por motivos de saúde só hoje nos foi possível a sua publicação, pelo qual facto, apresentamos as nossas desculpas.

Vamos começar, mesmo pelo início. Boavista FC campeão distrital só com vitória e fico com a impressão que esse facto passou ao lado de muita – mas mesmo muita gente. O que lhe apraz dizer sobre isso?
O treinador não pode estar mais contente, com uma equipa que ganha que joga com alegria, que trabalha comigo junto há quatro anos e que é muito solidária. Não temos um plantel formado só por sete/oito jogadores, sabemos que se um não joga aqui, joga ali, conhecemos as artimanhas uns dos outros e sabemos quando algum está a encolher-se e a precisar de um abanão. Isso permitiu-nos fazer dois grupos de sete, mais sete e uma equipa muitos forte.

Posteriormente, conseguem o apuramento para a final four dos campeões só (de novo) com vitórias, o que representa que subiram de divisão e uma vez mais… ninguém “reparou”…
Toda a agente pensa que isto foi muito fácil, mas não foi! Trinta jogos, trinta vitórias, mas isso representa também muito trabalho, tivemos jogos muito dificílimos, jogos  a ganhar por um golo, quase a empatar etc… e para vencer tivemos que lutar e trabalhar muito, que realmente passou ao lado de muitas pessoas. Tivemos momentos maus, que demos a volta pela união e carisma que conseguimos entre todos.


Mas era ideia generalizada que o Boavista era claramente superior a os adversários, Concorda?
O nosso plantel era muito equilibrado que nos permitiu impor um ritmo de jogo constante, fazer mudanças durante o jogo, que nos permitiu manter um nível que digo sem modéstias, nos tornou a melhor equipa. Os resultados acabaram por provar isso.. esse houvesse outras equipas que o fizessem o jogo viriam por abaixo.

Reconhece a sua superioridade?
 A minha não, mas na aposta que todos elementos do Departamento fizemos. Podíamos ter lutado pela subia o ano anterior, mas preferimos apostar tudo nesta época com uma equipa muito mais madura e competitiva, com muitos mais hipóteses de lutar pela permanência na manutenção no primeiro escalão da próxima época.

Há uma relação muito especial consigo e os seus treinadores. Umas vezes até os vejo discordar de si e sempre tratarem o Henrique por Henrique, nunca por mister nem senhor. Essa á uma das bases do sucesso e como se consegue gerir um grupo com tal intimidade?
Isso são coisas que se conseguem com o trabalho e tempo. Eles sabem as linhas limites do relacionamento das duas partes. Trabalhámos juntos há quatro anos, e eu sempre lhe disse, vamos trabalhar na base do respeito, eu não quero ser tratado nem por mister nem por professor , mas todos vamos reconhecer onde começam e terminam os nossos limites e responsabilidades.
Mas muitas vezes eles falam mais que o treinador….
(rui-se) em muitos time-outs que eu  peço, são realmente que mais falam. Eles sentem o jogo lá dentro e eu sempre lhes pedi, não me falem nas costas, se acharem que estou a errar digam-me para todos juntos analisarmos e tentarmos vencer o jogo, que é o mais importante de tudo. Mas atenção, atenção só me podem dizer no balneário porque o grupo ali está fechado e todos sabem até onde podem ir, porque no final eu sou sempre o treinador. Mas todos sabem quem pisar os riscos está fora… mas está mesmo fora. Todos eles sabem. Estas são as nossas regras. Quanto aos time-outs eu oiço-os porque eles percebem de andebol, eles jogam andebol e muitas vezes eu também aprendo com eles em pormenores que não me estava a aperceber no momento.

Como sabe conheço estes jovens de anos atrás, eu e você brincávamos dizendo que havia alguns a quem a sombra vencia numa corrida. Outro caso. Este dia um deles veio interrogar-me seria verdade o que eu tinha escrito, que ele era campeão distrital do Porto. Como é isso possível acontecer?
Essa do título distrital, sou-lhe sincero, passou-nos um pouco ao lado. Até a mim próprio foi um jogador que me alertou, porque foi um jogador que me alertou, porque o objectivo principal era conseguir o título nacional e subirmos de divisão….se conseguirmos vencer a fase final? Melhor! E estávamos não apostados nisso, que só considerávamos que conseguíssemos vencer algo se conseguíssemos ser campeões nacionais…

Eu tive contacto com outras equipas e em todas ouvi considerar que o caso do Boavista era um caso à parte no campeonato. assume essa diferença?
Vamos por partes, nós sabíamos que tínhamos uma equipa com ambições e valores para a  primeira divisão, isto foi um projecto e aposta traçada por mim, falei com toda estrutura do andebol e o ano passado até poderíamos ter subido, mas iríamos fazer uma primeira divisão com jogadores de segundo ano em fase de aprendizagem, enquanto se a aposta fosse neste ano, com este excelente conjunto de jogadores nós chegaremos  na próxima época com hipóteses de lutar pelos lugares de meio da tabela. Eu se não tivesse dispensado três/quatro jogadores para os juniores o ano passado teria subido de escalão, mas depois andaríamos na luta pela manutenção, enquanto este ano eu sinceramente penso que tem suma equipa para jogar de igual para igual com a maior parte de adversários que vamos defrontar.

Mas isso defende o que eu tenho dito, aquilo a que chamo o conta-ciclo. Os juniores sobem com uma equipa forte e depois têm uma equipa demasiado jovem nesse escalão.
Eu penso igual. Se os juvenis têm três anos de jogo, então o que terceiro que é o mais forte seja disputado na primeira divisão, esta foi a minha aposta. Abdiquei de este ano lado ano lá estar, que mesmo abdicando de jogadores estive na corda da banda para subir… para esta época chegarmos lá fortes. E mais, com a agravante que o ano passado subiram sete ou oito e era fácil subir, e preferimos apostar neste ano, sabendo que era mais problemático. Vamos perder o João Tomás mas eu disse aos meus jogadores nós vamos para a primeira divisão e vamos andar nivelados por cima nesse escalão.

Paremos com o passado e vamos falar od futuro próximo. Vai passar um fim de semana entre equipa felizes – todas subiram de divisão – mas no domingo só uma se rirá. Custa-lhe jogar foraesta fase?
Olhe desportivamente não custa. E porquê? Porque o Boavista não tem pavilhão e joguei todos os jogos fora, ou no mínimo em campo neutro. Mesmo quando jogava em casa jogava em campo neutro, eu nunca treinei no Fontes, onde jogava… Por essa razão serão mais três. Por outro lado, sinto uma grande amargura por não ver a Associação do Porto a Câmara Municipal que nos poderia ter conseguido pelo menos o transporte e para eles era tão fácil e para nós tão difícil… nenhuma dar apoio ao Boavista. 
A Associação viu os títulos de formação fugirem para Lisboa e mesmo assim a Associação de Lisboa, a Câmara de Mafra a Junta etc… apoiam esta fase dando mais hipóteses as clubes da zona. No Porto quanto mais não fosse teríamos o palácio de Cristal nem que fosse para es equipas dormir. Assim o Boavista gasta milhares de euros para lutar sozinho por uma luta que deveria ser nossa…da cidade da Associação.
Muita amargura nas suas palavras…
Muita, mesmo… há coisas difíceis de entender

Mas a formação axadrezada afirma-se?
Completamente, temos uma estrutura deformação fantástica em todos os escalões, toda a gente quer jogadores do Boavista, temos uma procura dos nossos atletas que chego a considerar estúpida  todos os querem…

Qual o adversário que mais teme para a luta pelo título?
Confesso que não conheço nenhum mas o primeiro jogo será muito importante. o objectivo é ganhar isso está fora de questão mas não conheço nenhuma das equipas. Vou dizer aos meus jogadores , meus amigos vocês já são os campeões, o que vier a seguir virá de bom grado, não há obrigações de ganhar isso já foi realizado.
O calendário…
O primeiro jogo como Sporting da Horta equipa forte que ganharam o direito por melhor segundo classificado, mas penso que será no jogo de domingo no último como Liz que tudo se irá decidir.

Se o Boavista for campeão nacional os únicos com direito a lugar na foto serão treinadores e jogadores?
Eu se for a primeira coisa que farei se for campeão é pegar no troféu e entregar ao meu atleta Tomás Alves, que me desculpem os outros. 
Que me desculpem os boavisteiros, a minha família. Tenho que dar a uma pessoa que trabalhou o ano inteiro que se empregou e que de repente tem uma ruptura em três lados, Interno, externo e cruzado. 
Encontrei-o a chorar no balneário e não pode ir a esta festa. O troféu será para ele o resto não interessa… podem vir todos ou não vir ninguém.

entrevista de 



Manuel Pina

ANDEBOL - JUVENIS EMPATAM NA PRIMEIRA JORNADA NA LUTA PELO TÍTULO NACIONLA

RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO 1ª JORNADA

2ª JORNADA




ANDEBOL - FASE FINAL DE INFANTIS

RESULTADOS DA 1ª JORNADA

CLASSIFICAÇÃO 
Começou a realizar-se o encontro final dos jogos nacionais de infantis na cidada de do Peso da Régua.
ponto da situação do Boavista

ANDEBOL - A MODALIDADE DO FIM DE SEMANA

Este será um fim de semana de andebol e esteja atento aos resultados e dentro de uma hora a saída de uma entrevista com Henrique Santos.
acompanharemos os miais jovens (minis) na final que se está a realizar na Régua.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

FUTSAL - TERMINAM COM VITÓRIA MAS INSUFICIENTE


 CLASSIFICAÇÃO FINAL
RESULTADOS


FUTSAL (JUNIORES) - TERMINAM ÉPOCA EM SE SEGUNDA NA SEGUNDA FASE


 RESULTADOS
 CLASSIFICAÇÃO FINAL

JUDO DO BOAVISTA EM EXIBIÇÃO NO EXTERIOR (PARQUE DA TRINDADE)








Em colaboração com a Portolazer o Judo axadrezado deslocou-se ao parque do metro da estação da Trindade para uma demonstração.
É o Boavista ocupando o seu espaço na cidadea que pertence

JUDO -- JOÃO MOTA VICE-CAMPEÃO NACIONAL

João Mota, sagrou-se
Vice Campeão do Campeonato Nacional sub 23,na categoria de  -81kgs!

Parabéns!

FORA DE JOGO - UM SOBRINHO MEU ACABOU POR ASSINAR PELO BOAVISTA FC


Estas são as primeiras imagens do Bruno (meu sobrinho, não dos Pinas) que assinou pelo futebol do Boavista.

Sendo o Amadoras (extra futebol, mas não anti-futebol) registo o momento histórico, deste dia, na vida desportiva do miúdo, cujo pai tem o seu passado ENORME de desportista ligado ao Boavista como pugilista. 
Quem não conhece o Jeremias?

Nota: Isto não é pressão sobre o treinador.... mas eu no lugar dele era o Bruno e mais 10!

Boa sorte miúdo!

HÓQUEI EM PATINS - VENCE JUVENTUDE PACENSE E CONTINUA EXCELENTE PROVA


O Boavista goleou O J. Pacense por 8-2 em mais um jogo do campeonato distrital de Hóquei em Patins, revelando-se como uma das equipas mais concretizadoras deste campeonato e colocando-se assim nos lugares cimeiros da classificação.


De registar os progressos que esta equipa tem realizado desde início da presente temporada.
 RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO À 17ª JORNADA
Clique sobre as fotos para ampliar

KARATÉ - BOAVISTA NA CIDADE EM DEMONSTRAÇÃO DA MODALIDADE

Henrique Cardoso e Raquel Barros, EM DEMONSTRAÇÃO no Centro Comercial da Trindade, numa iniciativa de pouvar

KARATÉ - DEMONSTRAÇÃO PÚBLICA (2)

No centro Comercial da Trindade (video 2)

KARATÉ - EM DEMONSTRAÇÃO PÚBLICA NO EXTERIOR (1)

O Karate do Boavista descolou se ao centro comercial da Trindade, onde realizou uma demonstração pública da modalidade e do departamento axadrezado, este é o primeiro vídeo