Texto principal

PARTICIPE NO FESTIVAL DE COR E ALEGRIA QUE O SARAU DE NATAL DA GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS, LHE GARANTE. ADQUIRA OS SEUS INGRESSOS, NA SECRETARIA DA GINÁSTICA DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE

sábado, 18 de junho de 2016

FUTEBOL FEMININO (SUB-19) - EM TORNEIO EM MATOSINHOS

A equipa de sub-19 de Futebol Feminino (protocolo 
Ramaldense/BFC) vai disputar o torneio a disputar em Matosinhos.

O Calendário da prova é o seguinte.


FUTSAL (INFANTIS) - BOAVISTA VENCE O PRIMEIRO JOGO, COM A AD FUNDÃO

O Boavista, iniciou o Torneio Arnaldo Pereira, com uma vitória de 6 a 0 com a equipa do AD Fundão, com o marcador a registar ao intervalo a diferença mínima de 1/0.

O Boavista apresentou o seguinte, cinco inicial:
Paulinho
Igor
Telmo
David
Rafa

Os golos axadrezados foram marcados por:
Gonçalo (4)
Rafa (1)
Telmo (1)


Ainda hoje, o Boavista realizará mais dois encontros.

FUTSAL (INFANTIS) - BOAVISTA NO TORNEIO INTERNACIONAL, ARNALDO PEREIRA, EM BRAGANÇA

A equipa de futsal, de Infantis está presente no Torneio Arnaldo Pereira, em Bragança. A comitiva axadrezada é assim constituída

Jogadores
Telminho, Paulinho, David, Cristiano, Gonçalo, Igor, Nuninho, Sérgio  e Rafael.

Treinador

Marco Dias
Delegados

Pedro Teixeira e Jorge Pires.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

NOVA PARCERIA DAS AMADORAS AMANHÂ NO AUDITÓRIO

Venha conhecer a nova parceria do Boavista Amadoras.

Aproveite e viaje com excelentes condições e simultaneamente, colabore com o Clube.

Venha conhecer pormenores, amanhã (Sábado) no Auditório do Bessa pelas 10.00 horas.
ESTÁ CONVIDADO

QUESTIONÁRIO/SONDAGEM AOS BOAVISTEIROS

Para conhecermos a opinião de todos os adeptos Boavisteiros, lançamos um questionário.

Dê a sua opinião, podendo responder com duas respostas às quatro questões que colocamos. A Nossa intenção ao partilhar as notícias é chegar a todos os Boavisteiros, mas você... decide!

Para nós, é importante conhecer a sua opinião.

Responda no "Gadegt" colocado no lado direito da nossa página


Colabore!

FUTEBOL FEMININO - SUB-13, EM VIAGEM PARA BADAJOZ


Efectuamos uma reportagem, com o equipa de sub-13 de futebol feminino, que partiu pelas 14 horas do estádio do Bessa, rumo a Badajoz, para participar no torneio Internacional da cidade espanhola de sub-15.



A equipa axadrezada será reforçada pela presença de três atletas da equipa do protocolo (Ramaldense/BFC) com idade de menos de 15 anos.

Registe-se que a nossa equipa, é composta com jovens com idade entre os onze e treze anos, que disputam as provas oficiais de sub-13 da AF Porto.




Nota: Apresentaremos amanhã, entrevista com as duas jovens da foto (no banco, no último jogo) que sensibilizaram os adeptos.

FUTSAL - INFANTIS, PARTICIPAM NO TORNEIO INTERNACIONAL, ARNALDO PEREIRA, EM BRAGANÇA

A equipa de Infantis de Futsal, vai participar neste fim-de-semana, no torneio Internacional Arnaldo Pereira, que se realiza em Bragança no Pavilhão da Escola Emídio Garcia.

Na primeira fase o Boavista tem o seguinte calendário.
Sábado
10.00 – Boavista FC – AD Fundão
15.30 - Boavista FC – Esc. Arnaldo Pereira
21.00 – Boavista FC – River Zamora

A equipa do Boavista, partirá do Bessa pelas 18 horas de hoje. Acompanharemos os resultados e outras informações desta prova.

Carlos Santos, da equipa organizadora do torneio, considera:

“ O Torneio Internacional de Futsal é mais que um evento desportivo. A competição serve de promoção turística à cidade de Bragança.

O nosso objectivo é trazer pessoas a Bragança. Temos conhecimento que as três unidades hoteleiras que nos apoiam já têm reservas.”

O primeiro jogo está agendado para esta sexta-feira, às 21h30, e coloca frente a frente a Escolinha Arnaldo Pereira e a formação espanhola do River Zamora.

Amanhã, os jogos começam às 9h30 e terminam perto das 23h00.

A final do Torneio Internacional de Futsal Arnaldo Pereira está agendada para domingo, às 15h15. Todos os jogos estão marcados para o Pavilhão da Escola Emídio Garcia.

BILHAR - A OPINIÃO DO CAPITÃO, DIOGO PINTO

A equipa de bilhar, do Boavista, vai disputar no próximo dia 25, em Leiria, a fase de apuramento para a fase final de atribuição do título nacional da segunda divisão, na variante de POOL PORTUGUÊS.
Iremos apresentar alguns artigos sobre esta participação. 

Iniciamos este conjunto de artigos, com a opinião do Capitão de equipa, Diogo Pinto.

Começo por lhe apresentar os parabéns, extensivo a toda a equipa, pela subida ao primeiro escalão nacional e coloco a primeira questão. A subida de divisão era o objectivo inicial, ou foi nascendo, com o decorrer da prova?

Foi sempre o nosso primeiro objectivo, desde o início da época. Sabíamos do valor da nossa equipa e apostamos nesse objectivo, com convicção.

Na segunda volta da segunda fase, o Boavista, conquistou mais pontos que todos adversários, mas não conseguiu o primeiro posto, em consequência da pontuação que trazia da primeira fase. A equipa cresceu de rendimento, nesta segunda volta?

Isso, é um facto. A equipa subiu muito com o decorrer dos jogos, todos reconhecemos que não entramos muito bem na época. A segunda fase, correu melhor que a primeira, porque a equipa esteve em melhor plano. Ganhamos mais pontos nesta fase, com equipas teoricamente mais fortes, que foram as que se apuraram da primeira fase, o que só por si, prova a nossa melhoria de forma.

No próximo dia 25, vão disputar a fase de apuramento para a luta pelo título nacional. Quais são as expectativas?

Vai ser uma "liguilha" com cinco equipas, para apurar apenas um. Não conheço as outras equipas, a não ser de nome, conhecendo pontualmente, alguns jogadores. O primeiro jogo é que com o Sporting, que tem uma equipa forte dado, que conheço alguns jogadores dessa equipa. 
Vai ser um grupo muito forte, mas o Boavista vai lutar de igual para igual pelo apuramento.

A fase do título, ainda será muito participada…

Não lhe posso afirmar com certezas absolutas, muitos pormenores, mas posso dizer-lhe, que estarão presentes equipas de várias Associações e julgo mesmo, com representantes da Madeira. Sei que será disputada em Vimeiro.

Deixemos este aspecto, para depois. Agora o importante é Leiria. Tudo pronto?

Estamos sempre prontos, até porque o jogo de bilhar tem que ser jogado sempre com prazer. O factor importante para além do prazer que sentimos, é o emblema que temos ao peito e que nos obrigará sempre a lutar pela melhor classificação. Estamos obviamente, preparados.

BOXE - GALA DE HOMENAGEM A JORGE JEREMIAS

Realizou-se no passado Domingo (12/06) uma Gala de Boxe, em homenagem ao Grande Campeão Jorge Jeremias. A Gala, que teve lugar, no  Centro Venezuelano em Espinho com a presença de pugilistas, representando vários clubes, decorreu no ambiente que o Campeão axadrezado merecia.


A representação Boavisteira, esteve entregue a Milton Jeremias e Serghei Cusnir .

Milton Jeremias, realizou um combate muito duro, contra um atleta espanhol que lhe deu muita luta, acabando no entanto, por ser superior nos três assaltos.

Serghei Cusnir, acabou por não competir, porque o adversário não compareceu, por motivos que desconhecemos.


Presentes, em representação do Boavista, o Vice-presidente das Amadoras, Eng. António Marques e o Director Comercial das Amadoras, Carlos Paiva. 
No final da Gala, foi entregue pelo Vice-presidente, ao homenageado, um troféu, em nome do Boavista Futebol Clube, reconhecendo todo a sua carreira e dedicação ao Clube

quinta-feira, 16 de junho de 2016

FUTEBOL FEMININO (Sub-13) - BOAVISTA PRESENTE NO TORNEIO INTERNACIONAL DE BADAJOZ

A equipa de sub-13 de Futebol Feminino, vai participar na 6ª Edição do Torneio Internacional de Badajoz que se realizará, na cidade Espanhola, entre os das 17/18/19.
CALENDÁRIO


Este torneio será acompanhado pela estação de Televisão da Extremadura.

A equipa do Boavista será formada pelas jovens da equipa de sub-13, "reforçada" por duas jovens da equipa do "protocolo" Boavista/Ramaldense
A comitiva axadrezada, partirá amanhã pelas 13,30 com destino a Badajoz. O Amadoras estará presente para fazer reportagem junto das jovens panteras.

GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA - BOAVISTA É O ÚNICO CLUBE NACIONAL REPRESENTADO EM TODAS AS CATEGORIAS, NO CAMPEONATO NACIONAL DE BASE






Na prova qualificativa, na categoria de iniciadas, a equipa composta pelas atletas; 
Mafalda Freitas (4º), Aurora Oliveira (11º), Carolina Souto (16º), Mariana Campos (20º), Catarina Pina (24º), Maria Pires (70º) e Leonor Silva (72º), classificou-se em 5º lugar colectivamente, entre 24 clubes, conseguindo o acesso ao Campeonato Nacional. Esta prova foi disputada por 111 atletas


  



Por sua vez, na prova qualificativa, na categoria de juvenis, a equipa composta pelas atletas;
Marta Gonçalves (4º), Madalena Amorim (17º), Benedita Amorim (18º), Luana Fialho (25º), Ana Moura (38º) e Maria Cunha (47º), entre 92 atletas, classificou-se em 2º lugar por equipas, entre 18 clubes, conseguindo também o acesso ao Campeonato Nacional.







Já na prova qualificativa, na categoria de juniores, a equipa composta pelas atletas; 
Ana Cardoso (5º), Inês Pereira (11º), Sara Caliço (14º), Ana Fonseca (31º) e Inês Sousa (40º), entre 50 atletas, classificou-se em 3º lugar por equipas, entre 9 clubes. Também conseguindo o acesso ao Campeonato Nacional.
 


Por fim, na prova qualificativa, na categoria de seniores, a equipa composta pelas atletas; 
Maria Coutinho (6º), Ana Oliveira (17º), Leonor Gomes (23º), Maria Magalhães (30º), Maria Pinheiro (32º) e Maria Gomes (37º), entre 53 atletas, classificaram-se em 2º lugar por equipas, entre 11 clubes, Também conseguindo o acesso ao Campeonato Nacional.
 

GINÁSTICA ARTISTICA - MEMORIAL GUILHERME GONÇALVES (RESULTADOS DOS NOSSOS ATLETAS)



Numa prova em que foi posto à prova a paixão por esta modalidade, quer por parte de todos os atletas, assim como, dos respectivos encarregados de educação e também da equipa técnica, uma vez que chegaram a estar cerca de seis horas, no interiortro do recinto de prova, sujeitos a inúmeras provações, muito principalmente a um longo período de tempo sem se alimentarem. Os nossos jovens ginastas, mostraram a sua resiliência actuando com grande dignidade e qualidade, sempre que eram chamados a executarem os seus esquemas.


PARABÉNS MENINOS E MENINAS

G.A.F.

Na categoria de Benjamins, a equipa do Boavista, composta pelas atletas; 
Joana Azevedo, Hada Mota, Benedita Figueira e Maria Paiva, classificou-se em 6º lugar colectivo, entre 16 clubes, numa prova, onde participaram 91 atletas e não são considerados os resultados individuais.

G.A.F.
Na categoria de Infantis, a equipa composta pelas atletas; 
Maria Gonçalves, Maria Miranda, Isabel Nunes, Rita Magalhães, Mafalda Andrade, Joana Queirós, Maria Figueira e Maria Abreu, tendo participado 170 atletas, classificou-se em 4º lugar por equipas, entre 18 clubes, numa prova onde não são considerados os resultados individuais.

G.A.M.
Por sua vez, na ginástica artística masculina, na categoria de Infantis, a equipa composta pelos atletas; 
Filipe Amorim, Afonso Pinto, Luís Coentrão e João Magalhães, tendo participado 130 atletas, classificou-se em 7º lugar por equipas, entre 14 clubes, numa prova onde não são considerados os resultados individuais.

Ainda que os resultados desportivos não sejam, exclusivamente, o objectivo único nem, tão pouco, a primeira finalidade do trabalho desenvolvido por este grupo de trabalho, não deixa de ser reconfortante que, por vezes, esse trabalho seja recompensado através dos resultados competitivos obtidos. 

GINÁSTICA - AS MAIS JOVENS, INICIARAM A SUA VIDA COMPETITIVA

"No último exame de PlayGym, as atletas  Helena, Matilde Valente e Matilde Torres da classe de BabyGym aventuraram-se a participar, sempre com postura e empenho.


Começaram ainda novas no 16º grau, talvez como as pequenas mascotes do evento, no entanto, são estas as sementes que mais tarde, se tornarão em grandes flores da Ginástica. 

Parabéns às atletas!"

quarta-feira, 15 de junho de 2016

ENTREVISTA COM CARINA GARCIA, TREINADORA DE GINÁSTICA ACROBÁTICA

QUANDO SE FAZEM AS COISAS COM GOSTO, TUDO SE CONSEGUE

Carina Garcia, é treinadora de Ginástica Acrobática que confessa ter o “Bichinho” da ginástica bem vivo dentro de si, ao ponto de ter (já) inscrito a sua “menina” nas aulas de Palygym, para dar continuidade ao seu "vício".



Há quanto tempo és treinadora de ginástica?

Sou treinadora e, sempre no Boavista, há sensivelmente cinco anos.

Vamos conhecer um pouco do teu passado desportivo. Como te iniciaste?

Fui atleta de ginástica rítmica. Depois, como treinadora, entrei no Boavista, como técnica de ginástica artística no Playgym e acabei por enveredar pela ginástica Acrobática, pela qual tenho actualmente uma grande paixão.

Ginasta global… três em uma!

Verdade.

Como atleta, conseguiste alguns resultados significativos?

Tive algumas medalhas… cheguei a participar em provas nos Açores. Era uma boa atleta, mas não pude dar continuidade à minha carreira, porque cheguei a uma dada altura, em que tive que me entregar mais severamente aos treinos e as minhas notas escolares, começaram a descer. Os meus pais, optaram pela escola e tive que deixar a ginástica.

A turmas que treinas, são composta por muitas jovens?

É difícil quantificar o números de atletas, porque no playgym as inscrições alteram muito de ano para ano, o número de atletas por turma. Mas neste ano, na ginástica Acrobática, temos muitas, mesmo, muitas atletas.

Que apreciação técnica, fazes, globalmente sobre elas, agora que a época está a terminar?

Globalmente, considero que evoluíram muito. Nós, os  treinadores, também tentamos incutir ao máximo o esforço, empenho e dedicação por parte delas, nomeadamente para não faltarem aos treinos, entregarem-se de corpo e alma á nossa causa, que seria participar em todas as provas existentes.

E conseguiram cumprir, esse objectivo?

Sim, conseguimos, estando presentes em todas as provas que tínhamos determinado.

E os resultados obtidos?

Fomos, várias vezes ao pódio. Tivemos dois campeões distritais, conseguimos ir às provas nacionais, que foram realizadas no passado dia quatro, facto que nos causou uma grande alegria.

Vamos falar um pouco dessa prova. Como correu?

O principal objectivo, era mesmo, só participar. Isto, porque a Acrobática, estava há vários encerrada no Boavista, e esta prova era o regresso do Clube à competição. 
Para nós, que reabrimos a ginástica Acrobática, há três anos, alcançar o direito de participar nos nacionais, é por si só uma grande alegria.

Qual a idade das tuas atletas?

Varia muito. Tenho atletas dos seis aos dezoito anos.

A ginástica exige muito das atletas. Como consegues que estas jovens se entreguem diariamente a todo este treino?

A ginástica exige, realmente muito das atletas a nível de dedicação. Tento que continuem dedicadas e entregues, com uma base de conversação e diálogo. Tento mostrar-lhes que se treinarem bem, conseguem lugares no pódio.

É preciso trabalhar intensamente para se alcançarem resultados. Há pais que não entendem (muito bem) esse facto?

A nível competitivo, tem que haver muito trabalho. Há situações com que nós treinadores, não corroboramos, porque faltar aos treinos para estudar para um teste, para nós não é viável. 
Isso, ainda acontece e sabemos que se a atleta, quiser vir, pode não o conseguir porque está dependente dos pais. Ainda assim, tentamos “educar” “ os pais no sentido de as castigarem de outra forma. Porque como o treino, é um gosto tão grande, tão forte por parte das atletas, que os pais "vêem-se obrigados" a castiga-las, das falhas nas aulas e retiram-lhes os treinos. Isso, não vai de encontro aos nossos ideais, mas aos pouquinhos penso que estamos a conseguir que nos entendam.

Para uma treinadora exigente, como consideras as condições que tens?

São positivas e estamos sempre a melhorar.

Para quem reiniciou a Acrobática há três anos, como vês o momento? Tem havido a evolução desejada?

Eu não reiniciei a Acrobática no Boavista, entrei mais tarde. A impulsionadora, foi a Susana, mas entrei alguns meses depois. Tem havido uma evolução fantástica a todos os níveis.

Se uma atleta tem que ser dedicada, sendo aluna, como tem que ser uma treinadora, já adulta e mãe?

Tem que haver muita dedicação e muito esforço. A "nossa" ginástica é essa. Quando se fazem as coisas com gosto consegue-se tudo, mesmo conciliar a vida particular e a desportiva.

Não estás cansada ao fim de tantos anos?

Não! de todo, não! O cansaço físico acontece um bocadinho com o passar do tempo, mas de repente... já estamos a pensar na próxima época. Portanto, isto não para. É um vício.

A ginástica está no teu interior?

Sem dúvida alguma e é o que eu mais gosto. Se puder continuar aqui, continuarei sempre.

O que significa treinar no Boavista?

Um orgulho enorme. Temos um ambiente fantástico. Colegas, equipas, chefes, são todos fantásticos, provocando um grande ambiente de trabalho. Somos todos, uma equipa a lutar para o mesmo lado.

Alguma mensagem?
Queria dar os parabéns às minhas atletas que se portaram muitíssimo bem este ano. Estamos muito orgulhosos e vamos continuar a trabalhar para conseguir as nossas metas.

Esse vício é para passar para a tua miúda?

Claro! E ela já faz parte da turma de Plygym, com apenas três anos.

Para continuar com o bichinho da mãe?

Exactamente!

Entrevista de 
Manuel Pina

BILHAR - BOAVISTA PARTICIPA EM LEIRA, NO DIA 25, NA FASE DE APURAMENTO PARA A FASE FINAL DE ATRIBUIÇÃO TÍTULO NACIONAL

Com as provas oficiais, da maioria das modalidades colectivas, terminadas, continuam em competição as modalidades Individuais, Boxe, Karaté e Kicboxing, que têm um calendário competitivo diferente.

Nas modalidades colectivas, resta em prova a modalidade de Bilhar que disputará no próximo dia 25, em Leiria a fase de apuramento para a disputa do Título Nacional, na variante de Pool Português.


Registe-se o facto de o Boavista, ter já assegurado a ascensão ao primeiro escalão, independentemente dos resultados desta fase. 

Amanhã apresentaremos uma pequena entrevista, com o Capitão da equipa do Boavista, Diogo Pinto.

GINÁSTICA (GYMNAESTRADA) - BOAVISTA ESTEVE PRESENTE NO PORTUGAL GYM 2016, EM TORRES NOVAS

Este fim-de-semana, o Grupo Gymnaestrada do Boavista F. C., deslocou-se a Torres Novas, para participar no Portugal Gym 2016, integrado na Festa Nacional da Ginástica.

Este Festival contou com cerca de 3500 ginastas de todo o país, mais um Grupo Estoniano convidado.

Equipa do Boavista, realizou duas exibições, que foram muito aplaudidas.

O técnico axadrezado, José Basto, afirmou sobre a participação
“ ficamos sempre orgulhosos de representar o nosso Clube que, frequentemente, é quase o único clube gímnico do norte do país, a integrar este tipo de certames”.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

ANDEBOL - RESULTADOS



FUTEBOL FEMININO - BOAVISTA PERDE EM JOGO PARA CUMPRIR CALENDÁRIO


O Boavista, cedeu a primeira derrota desta fase, num jogo em que nada decidia, porque tudo está já, decidido.

Jogando com demasiada passividade, as panteras chegaram ao intervalo a perder por três bolas, reagindo no segundo e marcando dois golos, que não chegaram para evitar a derrota, que em nada comprometeu.

RESULTADOS



A prova termina no próximo fim-de-semana, com a deslocação ao terreno do Vilaverdense.

BOXE - HOMENAGEM A JORGE JEREMIAS


Gala de homenagem ao eterno e nosso CAMPEÃO - Jorge Jeremias.

Em representação do Boavista FC / Modalidades Amadoras, estiveram presentes o vice Presidente Eng.  António Marques e o Director Comercial Carlos Paiva.

Em ambiente único, que só o BOXE proporciona, foi com sentimento, que abraçamos este CAMPEÃO e relembramos com saudade as muitas glórias que deu ao Boavista e á Seleção Nacional.


Jorge Jeremias, continuará a ser um símbolo do boxe do Boavista Futebol Clube.

domingo, 12 de junho de 2016

VOLEIBOL - ANÁLISE DA ÉPOCA

Concluída a época da modalidade de Voleibol, apresentamos em seguida a nossa análise sobre todos os escalões.

SENIORES

Excelente participação do Boavista, no primeiro escalão nacional. Apresentando a equipa mais jovem em competição, as panteras terminaram a prova no meritório 5º posto.

Realizando uma primeira volta, que superou em muito, o que se esperava, a equipa caiu (um pouco) na segunda, por motivo de algumas lesões sofridas. De referir que as três primeiras equipas da tabela, se apresentam como profissionais.
Na prova denominada de Campeonato Nacional, o Boavista cedeu nas meias-finais com outra equipa profissional.

Extraordinária época para as Panteras comandada, pelo professores José Machado e Carlos Simão

CAMPEONATO NACIONAL
(5º CLASSIFICADO)


CAMPEONATO NACIONAL (Campeonato !ª divisão)
(2º CLASSIFICADO)



A FORMAÇÃO

Ano, de mudanças radicais no sector de formação, preparando as bases de um ambicioso projecto a três anos, que  aposta na participação das equipas axadrezadas em constantes fases nacional. Coordenado pelo Professor Carlos Simão, que com os seus métodos “revolucionou “ este sector.

JUNIORES
As juniores, classificaram-se no segundo posto no Campeonato distrital tendo garantido o apuramento para o Campeonato. Nacional. Este facto, já não acontecia há várias épocas.
O seus técnicos, Arnaldo Silva e Daniela Terras, conseguiram incutir um espírito competitivo que deu resultados 

CAMPEONATO DISTRITAL
1ª FASE

CAMPEONATO NACIONAL

 JUVENIS
A equipa de Juvenis, foi formada de raiz e a maioria das atletas iniciaram, esta época, o  seu primeiro contacto com o voleibol de competição.
Contrariando, aquilo que as classificações, podem parecer demonstrar, a equipa, evoluiu muito e para a próxima época, irá demonstrar isso mesmo.
Excelente entrega e evolução destas jovens que partiram do… zero. de parabéns a técnica, Rita Melo, a quem todos os conhecedores da modalidade reconhecem o seu extraordinário trabalho.

CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE

2ª FASE SÉRIE 2

  TAÇA AVP 
1ª fase
 2ª Fase
Nota: Nesta prova, competiram no escalão de Juniores

CADETES

A equipa de Cadetes, foi uma aposta para o futuro, que os técnicos axadrezados da formação fizeram.
Evoluindo, paulatina e seguramente, durante a época, desta equipa se espera, essencialmente, resultados no futuro, tendo no entanto, realizando uma época positiva, graças aos conhecimento do seu treinador, José Diogo.


CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE 
 2ª FASE SÉRIE 2
TAÇA AVP
1ª Fase
2ª Fase
Nota: Nesta prova disputaram a competição do escalão de Juniores

INFANTIS

As “meninas dos olhos” de toda a formação! Esta equipa foi  extraordinária no trabalho e na enorme evolução que realizou. Formada por jovens que ainda nem INFANTIS são, a equipa a quem se lhe exigia apenas competir, sem esperar qualquer vitória, surpreendeu tudo e todos, quer adversários quer os seus próprios técnicos.
Autenticas “Feras” a competir e extravasando o espírito dos seus técnicos, Carlos Simão e Daniela Silva, estas serão as Campeãs do Futuro, transformando os seus jogos em verdadeiros espectáculos de alegria, união e emoção. 


CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE 
2ª FASE SÉRIE 2


 TAÇA AVP 
1ª Fase
2ª fase

Nota: Nesta prova disputaram a competição no escalão de Iniciadas.

MINIS

A base de toda a formação, o início de tudo. Os primeiros lances, os primeiros jogos. A criação do estilo e da própria atleta. 
Um trabalho enorme e difícil, entregue à dedicação de uma equipa de técnicas que se complementam. Fabiana Silva, Ana Sol, Professor Filipe e a Monitora Carlota Torres

Todas  estas equipas acompanhadas pela grande dedicação e profissionalismo do fisioterapeuta André Luís, um indiscutível reforço da formação axadrezada.