Texto principal

PARTICIPE NO FESTIVAL DE COR E ALEGRIA QUE O SARAU DE NATAL DA GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS, LHE GARANTE. ADQUIRA OS SEUS INGRESSOS, NA SECRETARIA DA GINÁSTICA DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

PONTO DA SITUAÇÃO

Foi realizada ontem no Tribunal Cível do Porto mais uma sessão para decidir a Providencia Cautelar apresentada sobre a Assembleia Geral de 16 de Agosto.
O julgamento (na sua essência) foi de novo adiado, depois de ter acontecido a substituição entre dois Juízes.

A nova Juíza tentou que se estabelecesse um acordo entre a Comissão Administrativa (que o Tribunal continua a considerar como legitimo representante do Boavista FC) e o Senhor Álvaro Braga.


A sessão foi interrompida e de tarde foi decretado pela Juíza:

1. REALIZAÇÃO DE UMA ASSEMBLEIA GERAL com um único ponto na Ordem de Trabalhos. A ratificação da decisão da A. Geral de dia 16 de Agosto.
2. Essa A. Geral terá que ser convocada até ao dia 13 deste mês. Se tal não acontecer o Tribunal iniciará o Julgamento no dia 15 de Outubro.
3. Determinou também o Tribunal que no caso do Processo de Insolvência sobre o Boavista FC, tiver seguimento, esse Processo terá que ser do conhecimento de ambas as partes (Álvaro Braga Júnior e Dr. Eduardo Matos) bem como todo o procedimento a ter sobre o assunto.
Nota:
O ponto 3 é muito importante (na minha visão) pois determina a obrigação de se tornar público todas as decisões sobre a Insolvência pedida pela Somague no valor de 34 milhões e 450 mil Euros, contrariando a versão que o Manuel do Laço e mais um amigo (afectos ao Senhor Álvaro Braga) faziam correr no Tribunal… orgulhando que este Pedido de Insolvência foi solicitada pela Ex-Direcção (ou outros estrategas…) e que apenas tinha a intenção de afastar a CA.
Quando a CA desistisse, a Insolvência seria retirada... Acontece que com esta decisão da Juíza, a desistência nunca poderá acontecer e o Pedido de Insolvência não irá ser interrompido.
As consequências poderão ser graves.
Foi colocada (por várias vezes) em plena Audiência (parte matinal), a hipótese de tudo isto determinar a liquidação do Boavista FC.
As responsabilidades sobre tal acto deverão ficar com quem o provocou e os Boavisteiros naturalmente o saberão a qeum cobrar... se não fôr tarde de mais.

Hoje mesmo tive conhecimento (fidedigno) que o Clube irá ser notificado na próxima segunda-feira (dia 11). Depois desta notificação, o Boavista FC terá que responder dentro do prazo de 10 dias (antes da A. Geral).
Manuel Pina Ferreira.