Texto principal

VISITE A POLÓNIA, COLABORANDO COM AS AMADORAS DO BOAVISTA FC. Programa da viagem: Datas; 22 a 25 de Junho de 2017 Itinerário Varsóvia / Cracóvia Catedral de são João, Catedral de Wawel Igreja de Nª Srª na Praça de Mercado Mina de Sal em Wieliczka Auschwitz e Auschwitz-Birkenau.OBTENHA INFORMAÇÕES ATRAVÉS DO DEP. COMERCIAL DAS AMADORAS, OU PELO TELEFONE 914563233.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

ANDEBOL - JUNIORES E A SUA ÉPOCA




VOLEIBOL - JUVENIS A ANÁLISE DA ÉPOCA


VOLEIBOL - INFANTIS E A SUA ÉPOCA

quinta-feira, 21 de junho de 2012

ANDEBOL - MIINIS NA PRIMEIRA ÉPOCA DA VIDA DESPORTIVA

Clique para ampliar



ANDEBOL - INFANTIS E O SEU CAMPEONATO AO PORMENOR

ELES SÃO O FUTURO
Clique para ampliar


VOLEIBOL - INFANTIS, CATARINA GOMES ANALISA ÉPOCA


Catarina Gomes, é a base de toda a formação axadrezada. Treina as Minis e Infantis, sempre dedicada sempre presente. Exigente, mas atenciosa com as suas meninas, por quem nutre um amor quase maternal. Pedimos-lhe uma curta análise à época terminada.

Terminada a época desportiva. Como analisas a mesma?
De uma forma geral foi uma boa época, foi uma época de crescimento para todas as atletas e para mim. Como é do conhecimento geral a equipa era constituída, na sua maioria, por atletas com idade do escalão de minis, o que, ainda assim, não justifica alguns resultados menos bons. Houve jogos perdidos, que podiam ter sido ganhos, mas acima de tudo foram transmitidos os valores da nossa cas, como honestidade e humildade acima de tudo. Saber ganhar e saber perder.

Quantas atletas, tiveste sobre tua orientação?
Vinte e uma atletas. Esporadicamente recebi atletas de outros escalões para terem mais horas de treino.

Com quantos treinos semanais?
Três treinos por semana.

No final de mais um ano, que evolução registaste nas tuas atletas?
Em termos técnicos e tácticos a evolução foi tremenda, também por força da passagem do escalão de minis (4x4) para infantis (6x6). Depois veio o trabalho psicológico, lidar com a derrota e tirar daí as nossas aprendizagens, descobrir que só se obtêm resultados com muito trabalho e muito esforço e que mesmo assim nem sempre somos recompensados - ao início havia muito o sentimento de desistência e agora no final já lidavam melhor com isso.
Se as condições permitissem, achas possível e benéfico, o aumento de horas de treino?
Sim claro, pelo menos mais um treino/semana seria muito benéfico.
Como coordenas o teu tempo, entre a tua vida profissional e o voleibol?
Para já sem problemas.
O voleibol, é uma paixão? Ou mais que isso?
É sem dúvida uma paixão que tento transmitir todos os dias às nossas atletas, não só às infantis, mas a todas aquelas com quem me vou cruzando nos treinos. É muito importante que gostem do Clube e da modalidade, o resto vem com o tempo...  Não posso deixar de referir que como boavisteira o voleibol para mim é também uma missão, não só para ajudar como posso na continuidade desta modalidade no Boavista, mas acima de tudo para honrar o trabalho de duas grandes pessoas, dois grandes amigos, Sr. José Palmeira e Dª. Graziela Palmeira, por quem tenho grande estima e que sempre deram/dão tudo por este departamento.
Continuas no Boavista na próxima época?
Sim, conto com isso.

terça-feira, 19 de junho de 2012

FUTSAL - FORMAÇÃO COM NOVOS TECNICOS


O departamento de futsal, no seu sector de formação, continua a trabalhar para a próxima época. Continuam as captações e contratações para se organizarem as equipas e por outro lado, estabelecem-se directrizes para a formação dos grupos de trabalho.
Custódio Silva
Assim, podemos informar que a nível de Juvenis, o novo treinador do escalão será Custódio Silva, que treinava, na época passada, a equipa de Iniciados da académica de Leça. Neste escalão, Custódio Silva conduziu os ovéns leceiros ao segundo lugar da classificação final.
No respeitante aos Juniores a responsabilidade será entregue a um homem da casa, que está ausente no Brasil, mas que regressará a tempo de iniciar a época.
João Marques
Falamos de João Marques, um jovem que trabalhava como adjunto de Pedro Ferreira, neste escalão e de Alberto Melo, na equipa sénior. Este jovem técnico, exerce o seu cargo há quatro anos, o que se deve registar, pela sua idade.
Na próxima época, João Marques, será exclusivamente, treinador da equipa Júnior.

Seja, bem-vindo, Custódio… e bom regresso, a um “pantera” de corpo inteiro!

ANDEBOL - JUVENIS, HENRIQUE SANTOS FAZ O SEU BALANÇO


Henrique Santos, este ano no escalão de Juvenis, é um homem directo e frio, ao analisar os seus pupilos. Apresentou um balanço sobre a sua equipa.

Mais um campeonato terminado, mais um balanço a ser feito. Como foi a época dos Juvenis?

Nos  juvenis, penso que poderíamos ter chegado mais longe no campeonato nacional ,embora, tivéssemos ficado muito perto do apuramento para a terceira e derradeira fase. Mas a verdade, é que não conseguimos, no entanto, considero que nos batemos muito bem com todas as equipas.

Ficando fora da luta nacional, assumiram a luta regional, com que objectivos?

Tentar vencer a prova e naturalmente, evoluir sistema de jogo e atletas, porque estamos num escalão muito importante para a formação. Fizemos uma prova, bem conseguida, apenas com duas derrotas em 14 jogos na fase de apuramento, ficamos em primeiros do grupo, o que nos levou á fase final.

Como correu essa prova?

A prova foi disputada por quatro  equipas. Jogamos no sábado a meia final que conseguimos ganhar, mas infelizmente, perdemos a final no domingo. Pessoalmente acho que fizemos uma prova dentro das nossas perspectivas e claro fomos mais uma vez vice- campeões.

Em provas “não oficiais” houve alguma que merecesse mais notoriedade?

Fomos convidados pela Académica de Coimbra, para um torneio quadrangular onde saímos vitorioso. Nesse torneio vencemos todos os jogos que disputamos. Agregada a essa excelente prestação de toda a equipa, também ganhamos o trofeu de melhor jogador, por isso, penso que acabou por ser uma época positiva. De salientar, que é uma equipa que praticamente fez esta época a sua estreia no escalão de juvenis.

Que correram os apoios, há sua equipa de trabalho?

Muito bem e aproveito, a oportunidade, para por último, agradecer o esforço de todos sem excepção. Desde os dirigentes, jogadores enfermeiros. Por ultimo, o meu muito obrigado, mais uma vez aos pais, que uma vez mais,  nos ajudaram bastante. Sem  a sua colaboração e ajuda, as dificuldades seriam maiores e não seria fácil de gerir todo o trabalho desenvolvido.


ANDEBOL - INICIADOS, RESUMO DA ÉPOCA

 NACIONAL
VENCEDOR DA PRIMEIRA FASE
 VICE-CAMPEÃO NACIONAL
 REGIONAL
VENCEDOR DA PRIMEIRA FASE
 VENCEDOR DA FASE FINAL
Pesquisa realizada por M.Pina

ANDEBOL - JOÃO CARMO ORGULHOSO DA SUA EQUIPA

Clique para ampliar
João Carmo foi o treinador de uma equipa fantástica que conseguiu uma época inesquecível.
Já todos, que conhecemos  o Carmo, sabemos que é mais activo que falador… mas sempre nos foi dizendo, algo, sobre a época.
Em que prova participou o Boavista?
Os iniciados disputaram este ano a segunda divisão nacional, PO8A, na qual fomos vice campeões nacionais, subindo ao primeiro escalão nacional.
Faz um resumo sobre a época…
Inicialmente, a época ficou marcada por uma excelente prestação, no qual, nas duas fases a nível regional, fizemos 15 vitórias no mesmo número de jogos.
Na segunda fase, já a nível nacional, conseguimos de novo o primeiro lugar, com 8 vitórias, 1 empate e 1 derrota, muito devido a uma onda de lesões que tivemos.
Na fase final, ficamos em segundo lugar, tendo perdido o último jogo para o CALE, justo campeão nacional, a quem enviamos os nossos parabéns.
Satisfeito com a época?
Realizamos, uma época fantástica, no qual faltou só a cereja no topo do bolo, o campeonato, já que o objectivo da subida foi mais que cumprido.
Fica também um sabor amargo, já que pelos resultado e pelos torneios em que participamos, temos o sentimento, que se a equipa estivesse na primeira divisão tinha feito um fantástico trabalho e poderia até ter sido qualificada para a fase final.
Uma palavra final…
Por último, um agradecimento especial aos dirigentes que acompanharam e acada um dos atletas que competiram.
Para a história fica a identificação do plantel
Pedro Almeida
João Sousa
Diogo Santos
Gonçalo Pinto
Thomas Patel
Tiago Trigueiros
Tiago Barbosa
Paulo Queirós
Francisco Magalhães
Diogo Coelho
José Tavares
Bernardo Ferreira
Luís Venn
Fábio Fumega
Tomás Schuller
Bernardo Poças
Manuel Tavares
João Santos
Diogo Marques
Diogo Jesus

FUTEBOL FEMININO - VENCEDOR TAÇA NACIONAL

O Boavista venceu a Taça Nacional de juniores

segunda-feira, 18 de junho de 2012

VOLEIBOL - SENIORES, VICE-CAMPEÃS NACIONAIS

No Voleibol, a equipa sénior fez uma época brilhante. Terminando como vice-campeã nacional.

Na primeira fase o Boavista, venceu a Zona Norte.
Apurada para a segunda fase, á a nível nacional, o Boavista, classificcou-se no segundo lugar, assegurando a passagem para a fase decisiva.
 Na fase do título, o Boavista, perdeu apenas um jogo, com a Lusófona e terminou em segundo lugar
Contrariando, as lesões sofridas, durante a época o Boavista, comandado por Paulo Pardalejo, ficou em segundo atrás da Lusófona que sempre se assumiu com a única equipa profissional neste cameponato.
O Boavista fez uma grande época!
Trabalho de análise feito por;
Manuel Pina

O RESUMO DA ÉPOCA

A partir de hoje, iremos a apresentar um resumo da épocas das Amadoras.
O nosso trabalho terá início com o Voleibol.

ANDEBOL - JUVENIS EM SEGUNDO CLASSIFICADO NO REGIONAL

Os Juvenis sagraram-se Vice-campeoões Regionais na fase final que se disputou este fim de semana
Nas meias finais o Boavista, ficou em primeiro lugar, classificando-se para a final, vencendo o CA Póvoa por 39/37.

Na final o Boavista, cedeu por 25/33, como FC Infesta.
Para o terceiro e quarto lugar, o FC Gaia venceu a equipa poveira

VOLEIBOL - INFANTIS FECHAM ÉPOCA COM VITÓRIA

No último jogo da época desportiva, do Voleibol as Infantis venceram o Taipense por 3 a 2, mstrando a sua evoluão conseguida, com o trabalho e paciência, durante uma época de dedicação