Texto principal

VISITE A POLÓNIA, COLABORANDO COM AS AMADORAS DO BOAVISTA FC. Programa da viagem: Datas; 22 a 25 de Junho de 2017 Itinerário Varsóvia / Cracóvia Catedral de são João, Catedral de Wawel Igreja de Nª Srª na Praça de Mercado Mina de Sal em Wieliczka Auschwitz e Auschwitz-Birkenau.OBTENHA INFORMAÇÕES ATRAVÉS DO DEP. COMERCIAL DAS AMADORAS, OU PELO TELEFONE 914563233.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

FUTSAL - AGENDA DESPORTIVA

Clique para ampliar

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

VOLEIBOL - DOMINGO NO PÊRO

OS DOIS PRIMEIROS DERONTAM-SE NO PÊRO NO DOMINGO!
FOI ESTA ÚNICA EQUIPA QUE VENCEU O BOAVISTA ESTA ÉPOCA!
VAMOS ALTERAR ESSE FACTO, COM UMA VITÓRIA!
MARQUE PRESENÇA!
APOIE AS PANTERAS RUMO À VITÓRIA

FORA DE JOGO - PENSA QUE JÁ VIU TUDO?


JÁ VIU TUDO NO FUTEBOL? ENTÃO VEJA ESSA COBRANÇA DE FALTA... por linasalles no Videolog.tv.

A PROPÓSITO DE ... MULTAS E PRAZOS DA FPF

A disciplina desportiva da Federação Portuguesa de Futebol, foi sempre, alvo de críticas globais. Umas das vezes, por parte dos penalizados – clubes, dirigentes, treinadores e jogadores – que sempre a acham demasiado pesada. Outras vezes, pela morosidade da análise de processo e aplicação das penas. Neste aspecto, também eu aponto o dedo, porque não consigo entender e muito menos aceitar, esses longos períodos para se concluírem alguns processos que se resolveriam – quando muito - numa ou duas semanas.
Vou focar a minha atenção, a alguns casos, para exemplificar esta minha visão sobre este assunto. Obviamente, estes casos estão ligados ao Boavista.
Falemos então de casos que se encontram na Ordem do dia e dizem respeito ao Boavista.
A.      FUTEBOL (CASO APITO DURADO)
Todos falam e têm (alguns) grandes esperanças numa resolução do caso do Apito Dourado.
1.     Os anos passam e tudo está (praticamente) numa fase inicial, sobre este assunto. O Boavista recorreu para a o Conselho de Justiça e perdeu. O CJ deu provimento ao que o CD da Liga, tinha decidido.
2.    Depois desta decisão, o Boavista recorreu para o Tribunal Administrativo de Lisboa, que igualmente, demora a tornar publica a sua decisão.
3.     Entretanto, no processo paralelo, que corre nos meus Órgãos por parte de Pinto da Costa, o mesmo Tribunal decidiu, por considerar Ilegal (sem efeito) a Decisão do Conselho de Justiça (da altura) da FPF
4.    Como se esperava, a FPF recorreu para esse Tribunal e o caso arrastar-se-á por mais uns meses ou anos.
5.     Note-se, que no caso do recurso do Boavista, a situação ainda está mais demorada porque o Tribunal ainda nada decidiu a esse respeito. Mas, será mais que certo, que aconteçam duas coisas. A primeira, que a Decisão seja igual à do Presidente portista. A segunda, que  FPF proceda da mesma forma e apresente recurso.
Pelo exposto, um assunto que leva já alguns anos, ainda não se encontra – pelo desenvolver dos acontecimentos – a meio da sua resolução!
Todos que dizem que o futuro do Boavista depende deste processo, estão enganados quanto ao tempo da sua resolução, ou estão apostados em iludir as pessoas. A FPF utiliza todos os procedimentos (já esperados) para adiar a questão.
B.      FUTEBOL ( CASO LOUSADA)
1.    Quase dois anos passados, sobre o jogo e de Lousada, o CD da FPF decidiu aplicar ao Boavista a pena de interdição de dois jogos e multas que no seu conjunto ultrapassam os 11 mil euros.
2.    Pela demora da Decisão, o “povo Boavisteiro” coloca-se uma vez mais, na defensiva, duvidando do rigor e do aspecto temporal da publicação destes castigos.
3.    E dúvida do Conselho, pelo tempo (muito) passado sobre os acontecimentos e pela proximidade do jogo com o Espinho, num campeonato em que o Boavista luta pelo primeiro lugar… para quê?
4.       Não entendo, igualmente, com foi necessário tanto tempo para encontrar um decisão – fácil – de encontrar e sobre ela tomar a devida decisão. Na UEFA este assunto seria decidido em 15 dias. Porquê tal diferença?
5.     Neste caso, o Boavista FC copiou a decisão da FPF no caso anteriormente citado e pediu … o adiamento! Recorrendo ao … pedido de recurso! O Clube adia assim, o pagamento das multas e sabe que deste modo, adiará os jogos de interdição para uma fase mais adiantada da época. Mas se a resposta ao recurso, impedir o Boavista de jogar os dois últimos jogos do campeonato em casa?
6.       De novo, os Boavisteiros se sentirão perseguidos!
 
C.      FUTSAL
1.       Este é o caso que melhor, demonstra a morosidade – desnecessária – na resolução de um caso. Senão vejamos:
2.       O Boavista foi na época passada penalizado sobre o jogo a contar para a Taça de Portugal com o, Leões de Porto Salvo, com o castigo de 3 jogos à porta fechada, com multa pecuniária e vendo o seu jogador Filipe esperança penalizado em seis meses de castigo. As multas foram pagas, os jogos cumpridos.
3.       Passado que foi o tempo de castigo do atleta, o Boavista utilizou-o em três jogos na presente época. A FPF considerou posteriormente, que a contagem do tempo de paralisação do Atleta não estava correcto e por esse motivo, abriu novo processo ao Clube.
4.       Curiosamente esse processo, só viria a ser aberto depois da primeira vitória do Boavista! Esta decisão – de instaurar o processo – aconteceu à passagem da quinta jornada (Outubro) e terminada a primeira volta, ainda nada está decidido.
5.       O QUE É NECESSÁRIO PROVAR NESTE CASO?
6.       APENAS E SÓ SE O TEMPO DE CONTAGEM FOI OU NÃO CORRECTAMENTE ANALISADO.
7.       Este facto, demora cinco minutos! Mas dêmos algum tempo aos Doutores do CD e... “esperemos” uma ou  duas semanas! Mas nada aconteceu"
8.       Ao CD, bastará verificar a data de notificação e somar-lhe 180 dias de penalização determinando o dia em que termina o impedimento. Tão simples e fácil como isso!
9.       Se a FPF tem razão, aplicará o castigo de derrota no jogo em que Filipe Esperança jogou em situação irregular. Se, caso contrário, o Boavista tiver razão… tudo ficará como está!
Só que este tempo (demasiado tempo) para chegara esta conclusão (de cinco minutos) mexe com dois clubes e pode ser decisivo no final da prova que continua a decorrer.
Na actual tabela classificativa Oficial, o Boavista tem 13 pontos e o AMSAC (clube directamente interessado) tem 9, ocupando um lugar de descida directa. No caso de penalização as posições alteram-se. O Boavista passará a ter 10 pontos e o AMSAC 12. Neste caso quem desceria seria o Boavista FC.
Dentro de três jornadas os Clubes voltam a defrontar-se sem saberem a sua posição real.
Quando será decidido este caso?
Numa altura perto do final do campeonato?
Deixando sempre, qualquer que seja a Decisão do CD, um ar de suspeita no Clube mais prejudicado.
Como reagirão os adeptos?
Tudo tão fácil de decidir, tudo a ser tão complicadao!
 Foco para terminar, os valores das penalizações pecuniárias.
Para evitar especulações,  devo anunciar que não considero,  demasiado grandes ou pequenos os valores das multas a aplicar nas infracções. Defendo que à partida para a competição todos os intervenientes as conhecem e por consequência, as aceitam! As multas são não são grandes, temos é que ter um comportamento que evite a sua aplicação sobre nós!
Tendo este ponto esclarecido, devo registar que não concordo em com a análise de quem as aplica. Sem sair do âmbito Boavisteiro, vou dar um exemplo.
O CD da FPF, multou o Boavista FC com dois mil euros, pelos incidentes acontecidos no jogo com o Padroense em futebol de onze. Estariam cerca de duas centenas de adeptos infractores (dou de barato, que a FPF teve razão) no Padrão da Légua.
No dia anterior, num jogo de futsal a decorrer em Loures, o Boavista FC tinha nas bancadas do Pavilhão Paz e Amizade “zero” espectadores. Os únicos Boavisteiros eram os treinadores adjuntos não inscritos no jogo, em número de quatro! Foram atacados e defenderam-se, perante algum imobilismo da PSP. A decisão do CD foi aplicar uma multa aos dois clubes. Quinhentos euros ao Loures e mil ao Boavista (reincidência).
Quatro indivíduos “levam” mil euros!
Um milhar… dois mil!
Em Loures o número de agentes de autoridade eram superior ao números de infractores.
Aguardo para verificar como vai actuar no futuro o CD da FPF com a entrada de Nova Direcção e aguardo, com grande espectativa, para ver se com esta Direcção soprarão novos ventos nas decisões Disciplinares.
Até lá, caberá aos Boavisteiros meditarem sobres estes pontos e actuarem como melhor entenderem, para defender o Clube e acima de tudo, o nome do Boavista FC.
Artigo de Manuel Pina

FUTSAL - JUNIORES NA LUTA PELO TÍTULO

Depois de ter vencido em Vila do Conde a equipa do Rio Ave, corrigindo a derrota da primeira volta com este clube, o Boavista relançou-se na luta pelo título em Juniores.
A luta(continua) passa a ser a três como se pode analisar na tabela exposta.

Classificaçã actual

VOLEIBOL - TAÇA DE PORTUGAL

Realizou-se ontem na sede da Federação de Voleibol  o sorteio de mais eliminatória da Taça de Portugal.
O Boavista vai deslocar-se a Matosinhos no dia 14 e Janeiro para defrontar o Leixões, num jogo muito difícil e por certo muito empolgante.
Resultado do sorteio:
Leixões SC  - Boavista FC        
Vitória SC -  Juventude Pacense 
SC Braga  - GDC Gueifães  
AA S Mamede - GC Stº Tirso     
CD Póvoa -  CA Trofa          
CF Belenenses Castelo Maia GC         

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

A. AMIGOS DO BOAVISTA - JANTAR DE NATAL E REVISTA




Clique para ampliar

FUTSAL - INFANTIS EM FRANÇA

A equipa de infantis vai estar presente em França nos dias 17/18 de Dezembro, num torneio internacional com a participação de 24 equipas.

VOLEIBOL - AGENDA DESPORTIVA

Clique para ampliar

ANDEBOL - AGENDA DESPORTIVA

Clique para ampliar

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

FUTSAL INCIADOS - MANUEL MOREIRA, UM TREINADOR DESILUDIDO

Manuel Moreira, treinador dos Iniciados, coloca o dedo na ferida e acusa directamente o que acha errado, mostrando-se preocupado com a situação dos Iniciados.
Leia esta entrevista clicando na foto do lado direito desta página

Algumas frases
"Isso é devido ao comportamento de alguns jogadores, ou melhor dizendo da falta de comportamento de alguns jogadores. "
"Outros, não mostram nada disto e fica muito aquém daquilo que eu esperava quando vim para cá."
"Considero isto, porque (como diz um professor meu) cada vez há mais cancros no desporto de formação. E talvez, o maior cancro sejam os pais!"

FUTSAL - JOÃO PEDRO CONFIANTE NO FUTURO

Continuamos a falar com os atletas da equipa do Escolinhas, desta feita, ouvimos um jogador todo despachado e já conhecedor da casa. Foi uma entrevista sempre a abrir, porque o João não hesita nas respostas
Como te chamas?
João Pedro
Que idade tens?
Dez anos
Onde estudas?
Na escola da Senhora da Hora.
Há quantos anos estás no Boavista?
Há dois anos. Já jogo desde o campeonato passado.
Quem te trouxe para o futsal?
Foi o meu pai, porque sabe que eu gosto de futsal e do Boavista. Já jogava futsal antes de vir para cá e isto está a ser muito divertido.
Onde jogavas?
Jogava no Viso.
Posição?
Sou ala direito.
Como vês o campeonato até aqui?
Está dentro do que se esperava. Ganhamos a semana passada e estamos a aprender para o futuro. No campeonato devemos ficar no meio da tabela. Está tudo controlado.

ANDEBOL - JUVENIS EM IMAGENS


Fotos de Paulo Correia

VOLEIBOL - INFANTIS EM IMAGENS


Fotos de Paulo Correia

FUTSAL - MUDANÇAS NO PLANTEL

Miguel parte rumo ao futuro.
Mais um fruto da formação axadrezada a partir para o profissionalismo

Com a entrada de Milson o plantel sofreu mais algumas alterações. No respeitante a saídas do plantel sofreu as seguintes alterações:

João Teixeira - saiu para o Vale Cambra
Orlando - saiu para um clube na China
Miguel Ângelo - saiu para o Sporting CP

FUTSAL - VÍDEO DO JOGO COM O MODICUS


Vídeo de Diogo Batista

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

BOM NATAL PARA TODO MUNDO!

FORA DE JOGO - MEDITAÇÃO


Foi há duzentos anos e ... podia ter sido hoje!
Só que ninguém leu!

Clique para ampliar

ORLANDO DUARTE EM ESPINH0

Quem quiser saber mais sobre futsal... Pode ter uma sessão com Orlando Duarte (ex-seleccionador nacional e actual treinador do Sporting CP).

Deve estar presente no próximo Sábado em Espinho!


Para proceder à sua inscrição deverá enviar um e-mail para futsalumaformacaocontinua@gmail.com, com nome e comprovativo de pagamento.

O pagamento deverá ser efectuado por transferência bancária para o NIB: 000700000039498060623 - Banco BES.

Cada formação terá um custo simbólico de 5 euros, sendo que se a inscrição for efectuada no próprio dia terá um acrescimo de 2,50 euros. Esta acção está limitada aos primeiros 50 que efectuem a sua inscrição.

FUTSAL SENIORES EM IMAGENS

FUTSAL - INICIADOS EM FESTA DE NATAL

A equipa de futsal dos Iniciados reuniu-se em Almoço de convívio de Natal, onde estivemos presentes como convidados. O almoço realizou-se no passado Sábado num restaurante (muito agrável) do parque do Forum de Ermesinde.





Clique sobre as fotos para ampliar.

VOLEIBOL - FORMAÇÃO EM IMAGENS


Fotos do Blog do Voleibol

FUTSAL ESCOLAS

Amanhã continuaremos com as entrevistas no escalão de escolas. Postaremos a entrevista com João Pedro. esteja atento


João Pedro

FUTEBOL FEMININO - RESULTADOS

Clique para ampliar

FUTEBOL FEMININO - SUB 17

Clique para ampliar

VOLEIBOL - RESULTADOS

Clique para  ampliar

FUTSAL ESCOLAS - BRUNO O CAPITÃO

Bruno Faria, capitão da equipa dos mais pequenos, assumiu a sua condição de chefe e deu uma entrevista ao Amadoras.

Há quanto tempos estás no Boavista?
Há dois anos. Já joguei na época passada.
O teu cargo  foi atribuído por antiguidade ou escolhido por todos?
Fui escolhido.
Como apareces no futsal e não no onze?
Porque gosto de futsal, mesmo mais que o futebol.
Quem te trouxe para o futsal e para o Boavista?
Foi  o ex-treinador de juniores. O João que agora é treinador do Freixieiro.
Onde moras?
Na Senhora da Hora.
Como esta a correr o campeonato?
Mais ou menos. Eu queria mais, queria melhor, mas a equipa é nova, quase tudo do primeiro ano e por isso acho que está bem.
Em que posição jogas?
A fixo. Gosto de defender.
Já conhecias a modalidade quando vieste?
Sim conhecia pois via muitos jogos.
Para o ano mudas de escalão?
Sim para o ano já serei Infantil.
Estudas onde?
No Colégio do Rosário.

FUTSAL - RESULTADOS

Clique para ampliar

FUTSAL ESCOLAS - TOMÁS SILVA

Tomás... este sim o mais novo!
Afinal enganamo-nos a semana passada ao considerar o jogador mais novo da equipa das escolinhas do Boavista.
Hoje vamos remediar o erro, ao falar com o “Verdadeiro mais novo” atleta. Que é muito introvertido, pouco falador mas muito mexido. Foi uma entrevista mais falhada que conseguida…
Preparando-se para dar a "volta" ao jogo
Como te chamas?
Tomás Silva.
Quantos anos tens?
Seis.
Andas na escola?
Sim ando no segundo ano.
Quem te trouxe para o Boavista?
A minha tia é que quis. Vem cá trazer-me e espera sempre por mim. É a maior tia do mundo.
Gostas de jogar futsal?
Muito.
 

ANDEBOL - RESULTADOS

Clique para ampliar

domingo, 11 de dezembro de 2011

FUTSAL ESCOLAS - TOMÁS SILVA, EM ENTREVISTA FALHADA

Afinal enganamos-nos a semana passada ao considerar o jogador mais novo da equipa das escolinhas do Boavista.
Hoje vamos remediar o erro, ao falar com o “Verdadeiro mais novo” atleta. Que é muito introvertido, pouco falador mas muito mexido. Foi uma entrevista mais falhada que conseguida…
Como te chamas?
Tomás Silva.
Quantos anos tens?
Seis.
Andas na escola?
Sim ando no segundo ano.
Quem te trouxe para o Boavista?
A minha tia é que quis. Vem cá trazer-me e espera sempre por mim. É a maior tia do mundo.
Gostas de jogar futsal?
Muito.

FUTEBOL FEMININO - BOAVISTA VENCE LEIXÕES



Fonte; Blog do Futebol Feminino

FUTSAL - BOAVISTA PERDE NUMA ESCURIDÃO COM GRAÇA

NUM JOGO ESCURO AO QUAL, NEM FALTOU UM APAGÃO!
BOAVISTA FC 2 – MODICUS 3
(ao intervalo 1-2)
Pavilhão do GD Viso
ÁRBITROS:
LUÍS GRAÇA (AF BRAGA) e ALFREDO ANDRÉ (AF AVEIRO)
BOAVISTA FC
BUFFON, RICARDO SANOS, IVAN, FÁBIO e EDIVALDO
Jogaram ainda;
NUNO, MILSON,SÁ PINTO,PEDRO e MIGUEL ÂNGELO
MODICUS
SANDRO, GABRIEL, NANDINHO, ISRAEL e EMERSON
Jogaram ainda;
FREDY, RICARDO FERREIRA, FORMIGA e LUÍS MIGUEL


DISCIPLINA
AMARELOS:
Boavista;
EDIVALDO (6), MILSON (11), SÁ PINTO (18)
Modicus:
RICARDO FERREIRA (12), NANDINHO (25), GABRIEL (27), TASAKA (37)
VERMELHO:
EDIVALDO (35)
Iniciamos esta crónica pela parte – que a ser mencionada- deveria ser a última, mas que lamentavelmente, tem que ser a primeira. Começamos por esta parte, porque ela  escureceu um jogo que se mostrou correcto, disputado, leal e logo… claro. Falamos obviamente da arbitragem! Que – como o jogo – foi dividida em dois. Dois árbitros de duas associações, duas formas de conduzir o jogo. O principal de Aveiro, a dirigir normalmente o encontro, o outro de Braga a ser o protagonista de todas as decisões. O segundo a impor-se ao primeiro e lamentavelmente, sempre mal!
Vamos referir  (só) alguns pontos, que se não tiveram interferência no resultado (não se pode provar) interferiram claramente no jogo! Brevemente apresentaremos o vídeo sobre o jogo, que comprovarão os pontos que vamos referir.
Aos onze minutos, o senhor Graça, não sancionou uma falta sobre Milson (impossível de não ser vista) agravando o seu erro com a exibição de uma cartão amarelo ao jogador axadrezado.
No minuto seguinte, Ricardo Ferreira derrubou por trás um adversário que se isolaria para a baliza na entrada da área Gaiense. O Senhor Graça, marcou a falta e mostrou… cartão Amarelo! ao Ricardo.
Para terminar a sua (excelente… para quem?) actuação o Senhor Graça, ao minuto trinta e cinco, ainda com o resultado em dois a um, viu Nandinho perder a bola e no chão, derrubar por trás,  o adversário directo,  que ia criar uma situação de dois boavisteiros isolados para  Sandro. Marcou a falta e mostrou cartão amarelo… quando afinal se pode ver um Vermelho?
Quando se bate com a mão na bola – como Edivaldo – e se sofre penalty ? Bem marcado este, contra o Boavista, mas porque é que o seu olhar de felino, não viu igual situação (anterior) na área do Modicus?
Muito já escrevi sobre a arbitragem (contra o meu hábito) mas só mais um pormenor. Quem nomeia os árbitros, é o grande culpado desta situação, pois nomear um árbitro de Braga, para um jogo extraordinariamente importante para o … Braga. É no mínimo falta de atenção, ou algo mais? À mulher de César não basta ser séria… e o Senhor Graça estava (sempre) sujeito a más interpretações, neste jogo.
Lamentavelmente, ele acabou com todas as dúvidas e tornou muito negro um jogo de futsal. Falta de categoria (que é grave) ou muito mais que isso (que é gravíssimo)?
Mas também houve jogo! Vamos a ele.
Dividido em duas partes. A primeira parte em que o Modicus foi claramente superior! O Boavista entrou mais encolhido - talvez esperando, essa postura , por parte do Modicus, sabendo que Rui Pereira, prefere esse sistema – por uma razão, ou outra, o Modicus jogou subido no terreno e as suas constante variações ofensivas confundiram defensivamente o Boavista.
Os gaienses tiveram várias oportunidades de golo, enquanto os axadrezados também as tiveram mas em muito menor número. O primeiro golo, apareceu aos onze minutos numa jogada invulgar. Numa transição ofensiva boavisteira, Sandro saiu da sua área e de cabeça corou o lance, a bola foi caprichosamente cair aos pés de Formiga que  com técnica fez o golo.
De imediato o jogou “escureceu” pois a senhor Graça abriu o livro – já mencionamos anteriormente – e perdoou a primeira expulsão ao Modicus. Aos dezassete miuntos, Nandinho fazia o dois a zero para o Modicus num remate central de depois de se ter posicionado favoravelmente.
Numa jogada confusão na área Gaiense, Edivaldo conseguia através de alguns ressaltos fazer o primeiro para o Boavista, reduzindo a desvantagem. A um minuto do fim do primeiro tempo, a luz eléctrica faltou ! (soubemos posteriormente, que foi uma falha em toda a zona do Porto, por motivos do mau tempo). O jogo escuro, teve um apagão natural.
Depois de mais vinte minutos à espera da iluminação o jogo continuou até ao intervalo, com oitenta por cento da sua luz, começava a fase mais escura.
A segunda parte, tem uma história simples de contar, tal foi o domínio do Boavista. Neste período os axadrezados chegaram a massacrar o seu adversário, mas não conseguiam – muitas vezes por culpa própria – marcar e igualar a partida. Nas vezes que a sorte lhe poderia bafejar, o Senhor Graça – colocava as coisas no seu (dele) lugar – expulsão por fazer a Nandinho, penalty por marcar a favor do Boavista e outros pormenores.
A Boavista pressionava na frente de ataque e o Modicus perdia bolas sistematicamente, o que originou um jogo de sentido único. Contrariando este domínio axadrezado, o Modicus fez duas jogadas no ataque. Uma (talvez a mais bonita do jogo) que se iniciou em Sandro, servindo Formiga, que após um chapéu passou a Gabi que num remate fulminante fez brilhar Buffon. Na outra jogada, após uma confusão na área axadrezada, Edivaldo comete penalty e o Modicus faz o terceiro golo. Reagiu o Boavista e com o guarda-redes adiantado, diminuiu aos trinta e nove minutos, por intermédio de Nuno.
Faltava um minuto, mas o Boavista quase atingiu o empate, na última jogada quando Sandro caiu em cima da bola, ficando sentado em cima da bola… em cima da linha de golo.
Por pouco, não acabava num resultado mais justo e claro, num jogo que foi muito escuro.
Uma grande segunda parte do Boavista, mais azedou o sabor deste injusto resultado, contra uma equipa que éem nossa opinião a terceira melhor do nosso campeonato. Poderia, pelo menos, ter terminado empatado um jogo que claramente, o Senhor Graça escureceu, confundiu e (muito) interferiu.
OPINIÃO DOS TREINADORES
Paulo Faria
O treinador axadrezado, pediu para não falar… dizendo somente;
O que posso falar deste jogo? Teria que falar da arbitragem. Teria que de dizer algumas verdades e seria castigado, por certo e o prejuízo seria ainda maior. Que posso eu dizer?
Nada (digo eu) por isso escrevi muito no princípio da crónica.
 
Rui Pereira
Foi um jogo com duas partes. Grande domínio nosso na primeira parte e domínio do Boavista na segunda. A paragem por falta de luz, partiu o jogo. Fisicamente os jogadores pararam e nunca mais ficaram bem. Pedi-lhes para fazerem alongamentos, mas não resultou. Depois de vinte minutos parados, jogamos um minuto e depois foi o intervalo, maís dez minutos parados, isso partiu o jogo.
Crónica de Manuel Pina

FORA DE JOGO

Comunicado da FPF
Sem comentários.
Para meditar...

VOLEIBOL - CASTELO RESISTIU... MAS CAIU!















Clique sobre as fotos para ampliar.
Fonte; Blog do Voleibol