Texto principal

ESTÃO ABERTAS AS CAPTAÇÕES PARA OS PLANTEIS DE FORMAÇÃO DE FUTSAL. CONHEÇA OS DIAS DE TREINOS E ESCALÕES, CLICANDO NA FOTO DO LADO DIREITO DESTA PÁGINA.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

OS CAMPEÕES DE GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS DE 2017



Os Campeões Nacionais de 2017 de Ginástica e Artes Marciais do Boavista Futebol Clube.

GALA DA GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS DO BOAVISTA, FOI NOTÍCIA NO JOGO



A Gala da Ginástica e Artes Marciais do Boavista, foi notícia na edição de terça-feira do Jornal “O Jogo”.


Reproduzimos a notícia publicada no diário desportivo.

terça-feira, 18 de julho de 2017

CARLOS SOUSA, APRESENTA AS BASES PARA NOVA ÉPOCA DA ACADEMIA DE FUTSAL



Carlos Sousa, é responsável técnico da Academia de Futsal do Boavista. Aproveitamos o dia da apresentação da reestruturação directiva e técnica da Academia, para termos um maior conhecimento dos objectivos a que se propõe atingir.

Quantos anos tem de existência a Academia de Futsal do Boavista?
Há cerca de cinco anos.

Acabaram de apresentar, aquilo que de certo modo posso considerar uma reestruturação. O que se pretende alterar?

Tem a ver com o próprio progresso da Academia. Depois da fase inicial, consideramos como fundamental que a Academia passe a “alimentar” os outros escalões, nomeadamente para os Benjamins. Temos verificado que uma das dificuldades é termos miúdos para os escalões mais baixos, assim, achamos por bem  alterar a filosofia e trabalhar de forma a que os miúdos da Academia façam parte do processo de evolução competitiva. Queremos formar jogadores que gostem de futsal, que gostem do Boavista.

A que se deve a reestruturação organizativa?

A Academia vivia um pouco na base de utilizar o trabalho dos pais dos atletas, alguns também eram treinadores, e ao fim de dois anos, com a consequente mudança de escalão, tudo se tinha de alterar.  
Resolvemos constituir, para o futuro, uma organização mais constante e mais independente. Por exemplo, eu estive cá há um ano, tendo sido campeão e esta época, estava com a equipa de Infantis. Pediram-me para regressar, para ajudar a alterar esse sistema. 
Vivemos muito da ajuda dos pais dos miúdos, que estiveram cá e a quem agradecemos toda a colaboração, mas  agora pretendemos, ter uma orientação mais constante e duradoura.

Entre vários pontos, que focaram nesta reunião com os pais e atletas, salientaram o facto dessa alteração. A própria reestruturação, não é um sinal de evolução?

Sem dúvida. Quando lançamos o projecto da Academia estávamos certos de alguns problemas que iriam surgir. Enfrentamos todo o processo de crescimento e penso que nos afirmamos perante todos os pais, como tendo um projecto credível e com futuro. O que apresentamos hoje, mais não é que continuarmos o crescimento deste projecto.