Texto principal

PARTICIPE NO FESTIVAL DE COR E ALEGRIA QUE O SARAU DE NATAL DA GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS, LHE GARANTE. ADQUIRA OS SEUS INGRESSOS, NA SECRETARIA DA GINÁSTICA DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE

sábado, 16 de março de 2013

FUTSAL - BOAVISTA - VALE CAMBRA, EM DIRECTO



O jogo em directo








BOAVISTA FC  3 - VALE CAMBRA 5
Final

00 - Início do jogo
Golo Vale Cambra - Paulo aos 10
Golo  Vale Cambra - Cereja aos 14
15 - BOAVISTA FC  0 - VALE CAMBRA 2
Golo -Boavista - Pedro Sousa18
Golo Vale  Cambra - Edivaldo 18
Golo Vale Cambra - Edivaldo 19

Intervalo
BOAVISTA FC 1- VALE CAMBRA 4

Golo Boavista - Pedro Santos 24
Golo Boavista - Andre 35
Golo Vale - Edivaldo 38

Resultado final
BOAVISTA FC 3 - VALE CAMBRA 5

FUTSAL - EM DIRECTO DESDE O INFANTE


Logo, pelas 18,30 estaremos presentes no pavilhão do Infante Sagres, no jogo entre o Boavista e o Vale Cambra, levando até todos os nossos leitores, informações de resultado, sempre que acontecerem golos e com informação de 10 em 10 minutos do resultado no momento.

FUTSAL - ENTREVISTA COM ALBERTO MELO


Alberto Melo, concedeu-nos uma entrevista sobre o momento do futsal sénior, depois de ter sofrido uma derrota e antes de voltar (hoje) para as vitórias (como todos esperamos)

Depois de uma derrota, o Boavista recebe um adversário directo na luta pela subida. A equipa está pronta mentalmente para o regresso às vitórias?
Depois de uma derrota, todos nós queremos que o próximo jogo chegue rapidamente para tentar rectificar o que de menos bom fizemos . Temos consciência que não estivemos ao nosso nível , apesar de achar que o resultado é demasiado pesado para o que se passou dentro da quadra. No entanto, temos de dar os parabéns ao nosso adversário pela sua eficácia na finalização e pela vitoria.
Sabemos que vamos ter de ser iguais a nós próprios para atingir os nossos objectivos . No final do jogo fiz algumas declarações que foram interpretadas de uma forma diferente daquilo que eu queria transmitir , admitindo como é obvio essa mesma leitura por parte das pessoas e pedindo desculpa, ás gentes de Tabuaço e mesmo ao seu clube pelas minhas declarações. Tive a preocupação de falar com o meu amigo treinador adversário (ANTONIO AIRES) e transmitir isso mesmo , nunca foi minha intenção ofender quem quer que seja.
Quanto ao próximo jogo, vamos encontrar um adversário super- motivado, sabendo que uma vitória sobre nós, lhes abre as portas de acesso á subida de divisão.
Jogo difícil que vai ser disputado até ao ultimo segundo. Reforçou-se bem com jogadores e treinadores experientes e de boa qualidade. Uma equipa que bem de uma serie de vitórias considerável.
Houve durante a semana a preocupação de alertar os nossos atletas para o perigo que corremos quando menosprezamos os adversários.

- A derrota pode ter provocado uma falta de confiança, que existia antes do último domingo?
Não me parece que vá existir falta de confiança, somos uma equipa experiente e de certeza que não vamos entrar a tremer. Penso que foi um jogo que correu mal e temos também de valorizar o trabalho de quem nos ganhou. Não somos uma equipa imbatível mas também não é menos verdade que não estamos habituados, nem gostamos de perder.
Temos 3 pontos em disputa e isso é que nos importa, o resto é passado.

-  Vamos falar claro. Quando se iniciou o campeonato, pensava atingir esta fase com oito pontos de avanço?
Quem joga no BOAVISTA FUTEBOL CLUBE tem de ter mentalidade ganhadora, tem de ser ambicioso, aqui jogamos para ganhar todos os jogos. Todos conhecem as dificuldades por o que o clube passa, mas não somos coitadinhos.
Tudo o que nos rodeia são suspeições de isto ou aquilo, mas parece-me que não há quem atire a primeira perda. O clube vai fazendo o seu caminho e continuando a lutar pelos seus objectivos. É normal, que quando o clube disputa os seus jogos fora de portas termos de lutar contra tudo e contra todos. Nós no futsal, não fugimos á regra, o nosso passado e presente obriga-nos a lutar por objectivos altos.
Temos um passado de grande história com títulos a todos os níveis (nacionais, disputa da supercopa e formação). Alguns dos grandes jogadores nacionais, passaram por o nosso clube.
O nosso objectivo no início do campeonato era fazer uma campanha tranquila, andar pelos lugares cimeiros e lançar alguns jovens da formação.
Começamos mal o campeonato, onde nos primeiros 4 jogos averbamos 2 derrotas, partimos para uma serie de jogos bastante positiva que acabou esta semana com a derrota em Tabuaço. Na taça de Portugal, fomos eliminados a 4 segundos do fim com uma equipa que disputa o campeonato nacional da primeira divisão e onde não fomos nada inferiores ao adversário , bem pelo contrario.
Há que dar mérito a quem o tem e nesse aspecto penso que o grupo (equipa técnica - jogadores - directores - equipa médica) e os não menos importantes grupos dos panteras negras, sócios e simpatizantes. Todo este conjunto tem importância no nosso rendimento. Vamos continuando caminhando sabendo que ainda temos um longo caminho a percorrer. Pensamos jogo a jogo.

-  Esses oito pontos, não são suficientes para manter um certo controle até ao final do campeonato?
Entramos na passada semana, num ciclo de jogos bastante importantes para o desfecho do campeonato ( Tabuaço - Vale de Cambra - Lameirinhas e Viseu ) e para já entramos mal.
Temos uma almofada de pontos que nos permite estar tranquilos mas não podemos nem queremos adormecer. Esta série é muito equilibrada e tanto tens oito pontos de vantagem, como podes perder essa vantagem. Os meus jogadores têm de perceber que NADA ESTÁ DECIDIDO  e dai a frustração da derrota no ultimo jogo.

-  Notei – depois da derrota – um certo receio de alguns elementos, numa perda da vantagem conquistada. Não acha que é um exagero pensar assim?
Se eu exijo responsabilidade e profissionalismo aos meus atletas, é natural, que quem está ao nosso lado todos os dias também sinta essa mesma obrigação.

- O objectivo principal para esta época passa pela subida, ou querem ir mais longe e conquistar o título nacional?
É como te digo, o primeiro objectivo é atingir rapidamente a subida de divisão, sendo primeiro ou segundo classificado e depois pensamos noutros objectivos. Era bonito culminar este trabalho com um título nacional, até porque é um título que o clube não tem e se queremos ficar na história vamos lutar por ele.

- O que espero do jogo do próximo sábado (hoje)?
Acima de tudo que os meus jogadores disfrutem do prazer que têm de jogar futsal. É um jogo bastante importante para nós e também para o adversário. Jogo dificílimo que temos de estar ao nosso melhor nível. Vamos defrontar uma equipa que vem subindo na tabela classificativa e que venceu em casa da Coehmato e do Lameirinhas e este último jogo venceu o ViseuFutsal, portanto tudo candidatos á subida. Vamos respeitar o adversário mas não nos vamos subjugar.

-  Depois desse difícil jogo, têm nova prova de fogo na Guarda. Considera uma fase crucial para o Boavista?
 É uma fase difícil do campeonato mas também é importantíssimo, o que se segue. Esta fase, é importante, porque se vão defrontar equipas que estão em lugares cimeiros e com objectivos declarados de subida de divisão como são os casos de Lameirinhas e ViseuFutsal. No outro ciclo, virão um conjunto de equipas que lutam por objectivos diferentes mas também com o PovoaFutsal e a grande e agradável surpresa para mim da prova que é a Coehmato a lutar também – elas - por subida de divisão.

- Esta semana, os trabalhos irão ser diferentes do habitual?
Vamos até ao final do campeonato ter de estar preparados para todas as lutas . O Lameirinhas tem sido, a equipa que tem estado desde a primeira jornada nos dois primeiros lugares, portanto, há que dar mérito aos seus jogadores e equipa técnica pelo trabalho desenvolvido. Mais uma final.

- Qual o adversário mais forte na luta pela subida, que o Boavista enfrenta?
Vou - te dar uma resposta politicamente correcta, isto é : Todos os adversários são os mais difíceis .

-  Jogar em casa é diferente? Contam com o apoio dos adeptos para voltar à normalidade, que é vencer?
O factor casa tem sido importante neste campeonato . É natural, que os jogadores se sintam mais confortáveis e protegidos pela sua massa associativa e dai, as equipas não perderem muitos pontos.
Gostaria de ver o nosso pavilhão todos os jogos com uma moldura enorme de associados e simpatizantes .
Faço um apelo aos vários núcleos dos PANTERAS NEGRAS para nos virem apoiar neste jogos que ainda faltam do campeonato.
Se me permites, uma palavra de agradecimento para o CLUBE INFANTE SAGRES pela sua disponibilidade em colaborar connosco e nos facilitar em tudo que temos vindo a solicitar.
SAUDAÇÕES AXADREZADAS.

Entrevista de






Manuel Pina

sexta-feira, 15 de março de 2013

FUTSAL

Amanhã, estaremos no pavilhão do Infante Sagres, para realizar reportagem e crónica do jogo que a equipa sénior vai disputar com o Vale Cambra.
Marque presença e apoie o Boavista rumo ao primeiro escalão Nacional

FUTSAL - AMANHÃ NO INFANTE


VOLEIBOL - DOMINGO NO PÊRO


quinta-feira, 14 de março de 2013

EVENTOS PROGRAMADOS

As Amadoras do Boavista FC estão em grande actividade e imparáveis.  Podemos anunciar, que a curto prazo, estão programados grandes eventos que dignificarão o nome e emblema do xadrez.

Com a devida antecedência, nos debruçaremos ao pormenor sobre os mesmo mas, no momento, podemos adiantar alguns deles.
Assim estão previstos;
BOXE
Dia 25 de Abril - No Pavilhão Fontes Pereira de Melo, grande sessão de Boxe
GINÁSTICA
Maio -  Sarau de Ginástica Rítmica, a realizar no Pavilhão dos Congressos de Matosinhos
FUTSAL
Junho - Colóquio sobre a modalidade, que iniciará o programa de quatro colóquios sobre várias modalidades, a realizar no Auditório do estádio do Bessa.
Neste colóquio, estará presente entre outros convidados, o seleccionador Nacional Jorge Bráz.

O Amadoras, dará em breve mais pormenores sobre estes programas.

OS MAIS IMPORTANTES DO FIM DE SEMANA

Este fim de semana há jogos de grande importância para o Boavista FC nas modalidades Amadoras. Se não tiver hipótese de ver todos... estes não pode perder...
ANDEBOL 
JUNIORES
DOMINGO 15.00
AD SANJOANENSE - BOAVISTA FC
Pavilhão das Travessas.

LUTAR PELA MANUTENÇÃO
O Boavista tem forçosamente que vencer este jogo, para conseguir a manutenção no primeiro escalão Nacional.

SENIORES
SÁBADO 18,30
BOAVISTA FC - VALE CAMBRA
Pavilhão Infante Sagres

CONSOLIDAR A LIDERANÇA
Depois da derrota de Tabuaço, o Boavista, recebe um adversário directo e em crescendo de forma. Jogo importante para "afastar" da luta este adversário e podendo - com a vitória - consolidar a liderança, dado que outros dois adversários directos se defrontam.


VOLEIBOL
SENIORES
DOMINGO 17,00
BOAVISTA FC - CV LISBOA
Pavilhão Pêro Vaz Caminha

MANTER A LIDERANÇA
Invicto em casa, o Boavista vai apostar na vitória sobre o adversário Lisboeta e caso a consiga, vai dar mais um passo para a passagem à fase do título Nacional, que está nos objectivos axadrezados para esta época.

HÓQUEI EM PATINS
SÁBADO 21.00
BOAVISTA FC - FC PENAFIEL 
Pavilhão de Alfena

LUTA PELOS LUGARES CIMEIROS
É notória a subida de forma e evolução dos axadrezados que neste campeonato prometem lutar pelos lugares cimeiros. depois de uma vitória e uma derrota, o Boavista vai lutar pela segunda vitória.

APOIE SEMPRE O BOAVISTA, MAS NÃO PERCA ESTES JOGOS!


APOIE AS AMADORAS

AINDA NÃO ADQUIRIU O BILHETE PARA O SORTEIO DAS AMADORAS?
COLABORE! 
AJUDE AS AMADORAS COM O SEU APOIO!
INFORME-SE 
JUNTO AOS SECCIONISTAS DAS MODALIDADES!

BRUNO VALENTIM - UM CAMPEÃO SEM LIMITES NA AMBIÇÃO


Bruno Valentim, tem o seu firmado no universo desportivo nacional e internacional. Depois de ter conquistado vários títulos, em Boccia, decidiu mudar de modalidade e cedo, assumiu, lugar de destaque nesta nova aposta. Mais uma vez, se afirma como um desportista ambicioso e sem limites para atingir as suas apostas, mas não deixando de criticar a politica desportiva do país, que tanto o tem condicionado, como a outros atletas.
Um exemplo!  

Depois de uma carreira desportiva, na modalidade de BOCCIA, muda-se para o tiro. O que o levou a essa alteração?
A mudança para o tiro é simples de explicar: já fiz mergulho desportivo, já joguei boccia, já pratiquei vela adaptada… ora bem, só faltava andar aos tiros. Parece não haver nada em comum todavia são tudo actividades de baixa carga física e que se adequam à minha doença e eu gosto de ter uma actividade física para complementar a minha actividade profissional.

Como se processou a adaptação ao Tiro?
Foi um verdadeiro desafio (e uma despesa das maiores) uma vez que não havia tiro adaptado em Portugal:
Primeiro, em 2009 tive de aprender o básico da modalidade, comprei livros, passei horas na net, fui à Galiza falar com um atirador espanhol e desloquei-me a Alicante para assistir a um campeonato e ser classificado funcionalmente para ver qual seria a minha classe de tiro;
Segundo, fiz um curso de acesso ao exame federativo, comprei a arma, o fato e outro material;
Terceiro, tirei a Licença Federativa, montei a minha carreira de tiro no BFC, e comecei a treinar com um aluno (Marco Alves);
Quarto, comecei a participar em provas no estrangeiro (a primeira em Setembro de 2010 foi e Inglaterra);
Quinto, fui-me dando a conhecer à Federação Portuguesa de Tiro apresentando relatórios das minhas deslocações.

Qual o local em que treina e quantos treinos realiza semanalmente?
Treino na antiga sala de boxe do B.F.C., onde como já referi instalei uma linha de tiro e um sistema de “falling targets”, mas também em casa e na piscina. Realizo 5 a 6 treinos semanais (cerca de 14 horas) que incluem treino mental, treino com Scatt, musculação e manutenção da forma e tiro real.

Tem algum treinador especializado nessa modalidade, ou treina sozinho?
A modalidade de tiro que pratico (tiro paralímpico = tiro adaptado = tiro ICP/ISSF) não precisa de um treinador específico, apenas de um treinador de carabina de ar comprimido ISSF.
Em todo o caso treino sozinho, ainda que agora já tenha o apoio do seleccionador nacional de carabina. Infelizmente, em Portugal, há muita gente com o curso de treinador mas pouquíssimos são treinadores e destes apenas alguns sabem realmente da coisa.
É assim o nosso país, esbanjou-se (e esbanja-se) muito dinheiro em formações inúteis. É como aquela coisa da formação de formadores para formar formadores e depois os verdadeiros professores não arranjam trabalho.

Quais os resultados mais significativos que conseguiu até agora?
Em termos de medalhas e essas coisas não consegui nada, pelo contrário tenho ficado sempre na segunda metade da tabela classificativa. Acontece que o tiro é uma modalidade técnica com uma componente mental dominante e, portanto, precisa de muita aprendizagem e trabalho em coisas muito finas. E, ainda bem que também é assim na sua versão paralímpica e não é uma “chanchada”, depois a competitividade é muito elevada, havendo inclusivamente alguns atiradores paralímpicos que também são atiradores olímpicos, para além dos seleccionadores e treinadores serem também muitos deles ex-olímpicos.
Em todo o caso o meu recorde nacional é de 600 em 600, e isso é muito bom.

Que objectivos têm para o futuro a nível desportivo?
Desde logo tornar-me um excelente atirador, no sentido mais abrangente do termo, para ter prazer na actividade e fazer dela o meu passatempo até daqui a muitos anos. Contudo, tenho objectivo de vir a ter o mérito de poder participar nos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro, depois de até lá ter prestado bons desempenhos em diversas provas internacionais.


Existem provas nacionais oficiais da modalidade?
Não especificamente, até porque não temos juízes para ajuizar acerca dos regulamentos específicos do IPC (tiro paralímpico). Em todo o caso como cada um está na sua linha de tiro é-me indiferente quem é o parceiro do lado e o importante para mim é saber que estou a atirar nas condições em que atiro nas provas internacionais. Assim, tenho até cerca de 30 provas nacionais onde posso participar de acordo com os regulamentos ISSF (tiro olímpico) que são os mesmos excepto algumas adaptações (fato e a cadeira de rodas) e a classe funcional.
Para além disso entro em provas com os nossos melhores atiradores nacionais.

Tenho que conhecimento – não oficial – da sua convocatória para os trabalhos nos próximos jogos. Confirma?
Não, o que já é certo é que vou é participar em Abril numa Taça do Mundo na Polónia e em Setembro vou ao Campeonato Europeu. Pelo meio vamos ver se consigo patrocínios para a mais provas. Os próximos jogos Paralímpicos ainda estão muito longe e o que devo é conseguir entrar no projecto paralímpico porque os meus resultados têm, há dez provas nacionais, ficado sempre acima do mínimo paralímpico da paralimpíada anterior.

Quais as dificuldades, que tem encontrado para se manter em actividade, lutando pelo topo nacional?
Nenhumas, uma vez que só eu é que estou neste nível. Agora o topo onde me encontro em termos de qualidade e pretendo subir ainda um pouquinho mais é que apresenta “dificuldades”. De facto, não ter treinador é complicado e obriga a uma grande determinação e perseverança, porém, modéstia à parte, tenho essas qualidades.

Tem tido alguns apoios materiais?
Sim, e imateriais também (da minha família, de amigos, do Sr. Pina, da Cristina Almeida, da presidência e dos directores do B.F.C. e de muitas outras pessoas). Materialmente tenho do B.F.C. que me cede uma sala (e algum financeiro na medida das possibilidades actuais do clube), da Associação dos Amigos do Boavista tenho actualmente apoio financeiro para me deslocar uma vez por mês a provas nacionais ao sul (entre outros apoios maiores no passado para ir ao estrangeiro), já tive apoio financeiro do Dr. Eduardo Matos e da Junta de Freguesia de Ramalde, da Blasport/Macron já tive equipamento e, actualmente, já tenho o apoio da Federação Portuguesa de Tiro nas deslocações a Lisboa para estágios de selecção e nas próximas idas à Polónia e ao Campeonato Europeu.

Esta modalidade apresenta-se como sendo uma modalidade de custo elevados para a sua prática. Confirma? E como tem sido possível essa manutenção?
Isto é sempre relativo, pois se um clube tiver meios e equipamentos os atletas não têm custos na iniciação. O problema é que eu quis “praticar natação mas tive de construir e pagar a piscina”, porque não existiam condições no Porto nem para tiro normal nem conhecimentos em Portugal de tiro paralímpico. Vai daí, entre arma e outro equipamento e idas ao estrangeiro até ter resultados de monta, gastei para cima de vinte mil euros.
Enfim, neste como noutros casos no início de algo funciona muitas vezes o efeito de “pescadinha de rabo-na-boca”: não nos dão apoio porque não temos resultados, mas como sem apoio não se conseguem resultados lá põe a pescadinha o rabo na boca.

O Campeão de Boccia, pode dar lugar ao Campeão de Tiro?
O tiro é de uma improbabilidade muito grande no que concerne a resultados, para além de que um atirador leva dez anos a formar-se. 
O que espero é tornar-me um excelente atirador e permanecer nessa condição durante muito tempo para merecer representar o Boavista cá dentro e Portugal lá fora

Entrevista de

Manuel Pina

NOVA IMAGEM, O MESMO RIGOR E DEDICAÇÃO

Como tínhamos  anunciado, a imagem do Blog das Amadoras está a mudar. O processo vai demorar mais um ou dois dias, mas até ao fim de semana deverá estar concluído.
Agradecemos a João Marques o trabalho na alteração desta imagem.
Mudará a imagem, mas continuará a nossa intenção de informar o mais rigorosa e  actualizadamente tudo o que diga respeito às Actividades Amadoras do Boavista FC

quarta-feira, 13 de março de 2013

FUTSAL SÉNIOR

No próximo Sábado o Futsal sénior precisa do vossos apoio ao defrontar o terceiro classificado e adversário directo na luta pela subida.
Depois de uma derrota, vamos ajudar o Boavista no regresso às vitórias.

FILIPA FARIA, ENTREVISTA NA SEXTA-FEIRA

Esta semana apresentaremos uma entrevista com mais uma ginasta do Boavista. 
Desta vez, ouviremos a opinião de Filipa Faria, uma atleta que ingressou esta época no escalão sénior da Ginástica Rítmica.
A entrevista deverá ser publicada na sexta feira.

VOLEIBOL - INFANTIS EM IMAGENS

Imagens do Blog do Voleibol

terça-feira, 12 de março de 2013

VOLEIBOL - PONTO DA SITUAÇÃO



RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO


Clique para ampliar

VOLEIBOL - AGENDA DESPORTIVA


ANDEBOL - AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA


FUTSAL - AGENDA DESPORTIVA PARA O PRÓXIMO FIM DE SEMANA


FUTSAL - ALBERTO MELO, ANALISA O JOGO COM O TABUAÇO


Alberto Melo, assumiu a derrota em Tabuaço, depois de analisar friamente a derrota e deixou um alerta para as finais que faltam realizar, para consolidar a subida de divisão.

Alberto, foi uma derrota pesada, mas com alguns pormenores raros. Como analisas?
O culpado desta derrota sou eu. Uma primeira parte, sempre equilibrada onde as oportunidades de golo não apareceram e quando todos pensavam, que o resultado ia empatado para o intervalo aparece o golo do adversário a 20 segundos do fim .
Na segunda parte e nos primeiros dez minutos fomos sempre superiores  , tivemos cinco ou seis oportunidades de golo claras, que não conseguimos concretizar .
Numa bola perdida por nós o adversário faz o 2 - 0.

Nesse momento, reagiste, mas as coisas não surtiram efeito…
Colocamos de imediato o sistema de  cinco para quatro e logo na primeira posse de bola oferecemos o três a zero.. A partir dai, o jogo acaba.

Quanto à arbitragem?
Boa arbitragem  - apesar de achar que tem interferência directa no resultado - pois com o resultado em 1 - 0 há uma grande penalidade claríssima contra o adversário e não somos só nos a dizer… esse lance poderia lançar o jogo e inverter a situação, pelo menos a nível emocional.

Nada está perdido, mas é sempre triste registar este pesado resultado. O que vai acontecer no imediato?
De referir a motivação, empenho e gozo que este jogo deu aos jogadores adversários, mas há mais mares do que marinheiros. Quando se perde temos de saber perder, mas também e muito bonito, saber ganhar e hoje, tanto o publico como os jogadores adversários não o souberam fazer .
Quero registar e dizer que o homem do jogo e o guarda redes adversário , defendesse ele assim todos os jogos …
Cumprimentar o meu amigo treinador adversário, pelo excelente trabalho que tem efectuado .

Internamente?
Quanto a nós, vamos continuar a percorrer o nosso caminho para tentar alcançar o nosso objectivo , cada vez mais, somos um alvo a abater e só com o empenhamento e trabalho de todos e que o vamos conseguir . Não é por um jogo menos conseguido que vamos atirar a toalha ao chão ou duvidar da qualidade e do trabalho desta equipa. Há que reagir rapidamente.
Envio, saudações axadrezadas e peço a todos os adeptos para estarem presentes no Sábado no Infante Sagres num j0go muito importante.

segunda-feira, 11 de março de 2013

FUTSAL - CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO

Após a jornada de ontem a classificação do campeonato Nacional ficou assim estabelecida.

Tabela extraída do site, Futsalglobal

FUTSAL - CRÓNICA DO JOGO DE TABUAÇO E IMAGENS


slideshow | Viewer


Para além de uma tarde má, para as cores do Boavista, o jogo realizado em Tabuaço foi um jogo de contrastes, em que os pormenores se tornaram enormes e decisivos.

O Boavista, entrou de certo modo, numa expectativa para tentar estudar o seu adversário, que se esperava determinado e duro. No decorrer da primeira do jogo, os axadrezados foram controlando – mas só controlando, nunca dominando – o jogo e com o aproximar dos últimos cinco minutos, deste período, assumiram-me mais ofensivamente.

O guardião Duriense viria a ser a figura do encontro, a evitar, nessa fase ( e posteriormente) várias vezes o golo do Boavista, realizando, se não a exibição da sua vida, uma exibição para não mais esquecer.
Aconteceu o primeiro (grande pormenor) quando todos se preparavam para recolher aos balneários, com a igualdade a zero, o Tabuaço conseguia a 15 segundos do final abrir ao activo.

O segundo tempo, não apresentou dúvidas e o Boavista assumiu o jogo na procura do empate. Forma dez minutos de grande intensidade em que os axadrezados carregavam cada vez mais ofensivamente e consequentemente, se expunha aos contra-ataques adversários. O guardião da casa e por duas vezes, os postes, evitaram o empate, mas havia a sensação que o golo iria aparecer…

E aconteceu na baliza contrária à que se esperava… na do Boavista. Mercê de uma jogada de transição, que os locais conseguiram, graças à sua velocidade e dureza que colocavam em cada lance, disputando o jogo como uma verdadeira final.

Alberto Melo, parou o jogo, ao sofrer esse golo e adiantou o guarda-redes, mas uma perda de bola nos primeiros dez segundos permitiu ao Tabuaço fazer um golo de meio do terreno de jogo. Em dez segundos, o Boavista sofria dois golos e o jogo ficava morto. Foi o segundo pormenor, quando o marcador assinalava a entrada nos últimos dez minutos.

Foram terríveis, esta dezena de minutos. Os jogadores da casa galvanizados, jogavam o jogo da sua vida – nada temos contra esse facto – o público juntava-se-lhes criando um ambiente tremendo e de certa forma ameaçador – foi a parte negativa deste encontro. Para tudo agravar, alguns jogadores axadrezados, preocuparam-se mais com este facto, perdendo a concentração no jogo.

A dois minutos do final e depois de toda a plateia assistir ao dia do seu guarda-redes, que tudo defendia, o Boavista voltou a sofrer dois golos em meio minuto. O primeiro dos quais de novo do meio do campo adversário quando se jogava – e muito bem – de guarda-redes avançado procurando o que se mostrou impossível.

Acabou por ser certa a vitória do Tabuaço, por números enganadores, num dia que talvez, nunca consiga repetir. O Boavista tem que aprender esta lição e continuar a sua carreira rumo ao título.

Se nunca é positivo perder, muitas vezes se aprende com as derrotas…

Crónica de Manuel Pina

GINASTAS AXADREZADAS NO FANTASPORTO

Parecem uns pequenos monstros, mas não é verdade!
São as atletas, de Ginástica Ritmica  do Boavista FC,

Filipa Faria
Sofia Coutinho
Ritinha Castro Gonçalves

convidadas para a divulgação do fantasporto.
A beleza escondida debaixo de uma excelente maquilhagem!

GINÁSTICA RÍTMICA - NO TORNEIO J.A. MARQUES, COM EXCELENTES RESULTADOS



O Boavista, esteve representado em Ginástica Rítmica, no torneio José António Marques, que se realizou este fim-de-semana na Maia.
A participação do Boavista foi no seu conjunto, muito positiva e conseguiu, entre outros lugares de honra; 

INICIADAS
1º - SARA  FONSECA



JUVENIS
1º - INÊS ROSMANINHO





JUNIORES
2º - ANA FRANCISCA MOURA
10º - LEONOR COUTINHO










Clique sobre as fotos para ampliar e ver os reultados

FUTSAL - RESULTADOS


ANDEBOL - RESULTADOS


domingo, 10 de março de 2013

ANDEBOL - RESULTADOS DE HOJE


ANDEBOL

INFANTIS
EST. VIGOROSA 14 – BOAVISTA FC 22

MINIS
BOAVISTA FC 16 – AAS MAMEDE 10

FUTSAL - RESULTADOS DE HOJE


FUTSAL

SENIORES
AJAB TABUAÇO 5 - BOAVISTA FC 0

JUVENIS
BOAVISTA FC 2 - AR FREIXIEIRO 0
 (com este resultado o Boavista passa para fase seguinte da Taça Nacional)

INICIADOS
TEIBAS 1 - BOAVISTA FC 2

INFANTIS
BOAVISTA FC 10 - AREAL 1

ESCOLINHAS
ESC. ARREIGADA 0 - BOAVISTA FC 2

Nota: Informação dada por Paulo Correia a quem agradecemos

FUTSAL . SENIORES, PONTO DA SITUAÇÃO

Mesmo perdendo em Tabuaço, o Boavista FC, mantém o primeiro lugar com a mesma vantagem que tinha antes desta jornada, dado que os três primeiros classificados, perderam os jogos que disputaram.
O Boavista continua a ssim, com oito pontos de avanço sobre o segundo classificado

VOLEIBOL - RESULTADOS


O Boavista venceu em Guimarães o Vitória por 3 a 1 

CONDIÇÕES DA REPORTAGEM EM TABUAÇO

Não encontramos as melhores  condições para se trabalhar com o mínimo de qualidade,  na cabine de imprensa do Pavilhão de Tabuaço, mas a simpatia dos locais acabaram por nos tornar possível a reportagem. 
Outro problema encontrado foi a velocidade (pouca) do sinal da net.
De todo o modo, não poupamos esforços, para levar aos boavisteiros o relato do jogo, que acabou de má memória para o Boavista FC
Amadoras presente em Tabuaço

Família Baptista, sempre a trabalhar e atenta aos pormentores do encontro