Texto principal

VISITE A POLÓNIA, COLABORANDO COM AS AMADORAS DO BOAVISTA FC. Programa da viagem: Datas; 22 a 25 de Junho de 2017 Itinerário Varsóvia / Cracóvia Catedral de são João, Catedral de Wawel Igreja de Nª Srª na Praça de Mercado Mina de Sal em Wieliczka Auschwitz e Auschwitz-Birkenau.OBTENHA INFORMAÇÕES ATRAVÉS DO DEP. COMERCIAL DAS AMADORAS, OU PELO TELEFONE 914563233.

sábado, 11 de abril de 2009

HOJE OPIN(a)O EU - ACERCA DE MANUEL CAMPOS



Muitas e não raras vezes, nós os espectadores do fenómeno desportivo (comodamente sentados nas bancadas dos complexos desportivos) somos de uma crueldade cometendo injustiças que nem nos apercebemos, ao criticar os atletas que (em nossa opinião) não atingem os objectivos que consideramos obrigatórios.

O melhor exemplo do que atrás deixo escrito, veio publicado no jornal “A Bola” assinada por um especialista na modalidade, (Miguel Candeias). Esta modalidade para a qual não encontro o mínimo conhecimento para poder analisar. Para mim ginástica é simplesmente beleza. Mais ou menos beleza e daqui não consigo passar. No entanto, não posso deixar de transcrever (com devida vénia) o que este especialista refere sobre o atleta Boavisteiro Manuel Campos, ou melhor dizendo, sobre o que sofre este campeão, para sujeitar às críticas de adeptos como eu.

“Principais figuras da selecção nacional que no Mediolanun Forum, disputou o III europeu Individual de ginástica artística, para Manuel Campos e Gustavo Simões, respectivamente 12º e 23º na final de around, terem atingido tal fase deu-lhes animo e reforçou metas no inicio do ciclo Olímpico Londres 2012.


Finalista pela quarta ocasião depois de um 11º em Patras-02, 8º em Debrecen-04 e 6º em Amesterdão, Campos confirmou que podem com ele ainda que, por vezes, lesões lhe ensombrem os sonhos pois com artroses nos pés, por aos 27 anos, treinar há muito diariamente num estrado demasiado velho e duro onde cada recepção de um duplo mortal encurta uma carreira brilhante. É tão mau que até a selecção deixou de lá fazer competição para defender a saúde dos atletas.

Foi com estimulações eléctricas todos os dias e muito trabalho do fisioterapeuta Marc Reis que o Boavisteiro brilhou. E quando soube que era finalista e suplente da final de paralelas (10º) só metendo os pés sete minutos em água com três grandes sacos de gelo, na noite anterior teve condições para fazer seis aparelhos em dois dias seguidos.

- “ Este resultado deu-me uma grande alegria e vontade de continuar. A única coisa que me deixa reticente é as lesões. Mas uma coisa é certa: quero continuar. Sabendo que me tenho treinado magoado e ainda assim terminar em 12º é gratificante. Tanto para mim como para o meu treinador (Manuel Costa) pelo trabalho que temos desenvolvido, afirmou.

Para mim (editor) é impressionante esta situação acima descrita que desconhecia completamente e que faz de Manuel Campos um autentico campeão, mesmo que ficasse no último lugar da classificação.
Gostava de ver este artigo (muito) comentado para prestarmos, deste modo, uma grande homenagem a mais que um campeão…um herói.

sexta-feira, 10 de abril de 2009

ÚLTIMOS RESULTADOS DA GINÁSTICA/ANDEBOL E FUTSAL POSTADOS NO SECTOR DE RESULTADOS

Já se encontram publicados os últimos resultados incluindo os respeitante ao camp. Regional de Ritimica do passado dia 04 de Abril.
Podem ser consultado no sector respectivo.

NATAÇÃO - CARLA LOUREIRO DANDO A CONHECER UM MUNDO QUASE DESCONHECIDO


Falar de natação no Boavista é quase sempre escutado como uma surpresa geral, tal é o grau de desconhecimento desta realidade no universo axadrezado.
Para o conhecer-mos melhor falamos um pouco com a Directora do Departamento a Dª Carla Loureiro.

Qual o ponto da situação da natação no cluube?
A Escola de Natação do BFC existe desde 2000 e mantêm o seu funcionamento basicamente nos mesmos moldes, isto é, com dois tipos de classes, classes dos alunos particulares BFC e classes de protocolos entre o BFC e instituições escolares. Actualmente só funcionam classes de crianças dos 3 aos 15 anos, mas já estiveram em funcionamento desde 2002 a 2006 classes de hidroginática e de natação para jovens, adultos e séniores.

Quantas pessoas fazem parte do grupo de trabalho?
A Escola de Natação é presentemente constituida por um grupo de 5 professores licenciados em educação física e desporto, especializados na área da Natação, e tem um universo de 145 alunos.

Que piscinas utilizam e quais os horários?
As piscinas utilizadas são as do complexo de Piscinas municipais "Eng. Armando Pimentel", na zona da pasteleira; os horários para alunos particulares do BFC são às segundas e quartas-feiras das 16:45 às 17:30 e das 17:30 às 18:15;
Os horários das classes com protocolos (colégios e Infantários) variam em função das necessidades das mesmas e da dsiponibilidade da piscina.(2ª a 6ª feira nos turnos da manhã e da tarde).

Quais as condiçoes para se fazer uma inscrição na modalidade?
Para efectuar inscrição em qualquer uma das classes de natação do BFC poderão dirigir-se à secretaria das actividades amadoras ou ginástica do BFC ou através do número 22 6071032.

Existe base ou limite de idade para a inscrição?
Actualmente, dadas as características das classes em funcionamento poderão inscrever-se todas as crianças dos 3 aos 15 anos de idade.

Toda o ensinamento visa somente a manutenção e ainiciação?
Não existem classes de competição, apesar de ser um sonho de sempre, por várias vezes tentado, no entanto não existem as condições físicas, materiais, e financeiras que permitam a existência da vertente competitiva na Escola de Natação do BFC

A natação no Boavista já viveu melhor ou mantem o mesmo nível?
A Escola de Natação do BFC, já passou por épocas desportivas bastante melhores, quer em número de alunos inscritos, quer em número de classes em funcionamento e consequentemente quer em finanças mais equilibradas, no entanto , presentemente, não vivemos numa das piores; temos conseguido nos últimos dois anos ter uma escola estável a vários níveis, o que se deve em muito a uma equipa de professores, profissionais competentes e dedicados, cujo trabalho se pauta por competência e excelência, e que têm dado continuidade ao projecto com o qual se comprometeram; e obviamente a uma gestão também rigorosa, presente, competente e dedicada de todos aqueles que contribuem para que o projecto se desenvolva.

Qual o sonho de uma professora/Directora de natação no Boavista?
Como Directora o sonho mantêm-se o mesmo desde o início da existência desta escola de Natação, ter uma piscina própria do clube, com apoio de serviços de transportes próprios, que nos permitisse crescer e evoluir, dar aos nossos alunos as mesmas aulas de excelência que têm vindo a ter, mas em "nossa casa" nas nossas instalações, com maior variedade de oferta de modalidades aquáticas, com outras valências, com gestão própria e que assim permitisse evoluir para a natação de competição, permitindo alargar os horizontes e os objectivos e perspectivas futuras dos nossos alunos.
Todos os professores que constituem aequipa de trabalho da escola de Natação do BFC, trabalham com a esperança de melhores dias e cumprem as suas funções com dedicação,e muita competência.

O que acha necessário fazer para que alguns "incrédulos" acreditem que o Boavista tem na natação?
A divulgação da existência desta modalidade no clube é por si só um passo importante, não existindo piscina dificilmente os sócios e simpatizantes idealizarão que existe em funcionamento uma Escola de Natação. Divulgar também o sítio onde essas mesmas aulas se realizam, e convidar todos os que queiram a irem assistir às nossas aulas.Convidar todas as instituições escolares e sociais da cidade do Porto e arredores a idealizarem estabelecer protocolos com a nossa escola, a contactarem os nossos serviços e conhecerem as condições que a Escola de Natação oferece.

Escola desconhecida (por agora) mas competente...
A Escola de Natação do BFC é uma escola credível e séria, com excelentes profissionais a leccionar, os alunos aprendem efectivamente a nadar, num clima agradável, rigoroso, mas também divertido e acolhedor.

quinta-feira, 9 de abril de 2009

KARATÉ - O MESTRE EM ENTREVISTA "ligeira"

O mestre do Karaté do Boavista concedeu-nos uma pequena entrevista que tentamos fosse diferente... mais ligeira.
Vejamos então como o mestre Raul Bizarro se defendeu das "golpadas" que com que atacamos.

Porquê essa paixão pelo Karaté?
As paixões não se explicam. São emoção e não razão. Realmente as modalidades de combate, e particularmente o Karate, têm sido uma paixão ao longo da minha vida e apenas posso acrescentar que ainda me sinto profundamente apaixonado.
Se não pretende "partir" nada... como utiliza o que aprende?
Embora sendo modalidade de combate, o Karate é uma modalidade como outra qualquer. O que aprendemos é para aplicar no treino, é para melhorarmos e nos superarmos a nós mesmos.

Qual o ponto da situação da modalidade no Boavista?
Dado o longo tempo de existência, passamos por várias flutuações, tendo atingido o nosso “pico” entre os anos de 2003 a 2005. Após a quebra elevada do número de praticantes, provocada pela alteração das instalações do clube em 2004, temos vindo a tentar retomar lentamente um número de atletas mais elevado e que permita voltar a ter resultados desportivos como outrora. Assim sendo, temos apostado essencialmente nos escalões Iniciados e Juvenis, que lançamos esta época na competição.

Há quanto tempo está ao serviço do Clube?
Sou treinador no Boavista há 22 anos, desde o arranque da modalidade neste clube.

Quantos alunos tem no momento?
Estamos com cerca de 25 alunos. O número é bem distante dos 70 de outros tempos, mas as interrupções provocadas pela demolição dos ginásios do Pavilhão Acácio Lello ainda hoje não foram recuperadas.

Qual o máximo de alunos que pode ter na sua turma?
Nas actuais condições, é possível ter grupos de 15 a 30 alunos, dependendo da idade e nível técnico dos mesmos.

O que é necessário para uma pessoa se inscrever no Karaté do Boavista?
Para começarem a praticar qualquer actividade física, devem sempre consultar o seu médico para confirmar que se encontram em condições de saúde adequadas. Depois, devem inscrever-se na secretaria da Secção de Ginástica. O equipamento desportivo que devem levar é um “karategi” (fato de Karate).

Qual a idade ideal para começar?
O ideal deve ser entre os 6 e os 8 anos de idade. No entanto, é possível começar mais tardiamente e mesmo assim vir a obter um bom nível técnico.

Uma pessoa "normal" pode começar a aprender a modalidade até que idade?
Em qualquer idade é possível iniciar, embora idades mais avançadas comportem naturais condicionamentos físicos.
Depois desta última resposta... o melhor é eu desistir da ideia, mas os mais jovens corram para os ginásios do Bessa que estão muito a tempo.

terça-feira, 7 de abril de 2009

RESULTADOS DO BOXE

Os atletas boavisteiros conseguiram os seguintes resultados nos combates do último fim de semana.
HUGO MOTA VENCEU POR KO (categoria de 51kg)
NUNO COSTA VENCEU AOS PONTOS (categoria de 57kg)
BRUNO SILVA (COMBATE EMPATADO) Categoria de 60kg)
ARTEM VENCEU POR KO (categoria de 91kg)

segunda-feira, 6 de abril de 2009

EVENTO DO DESPORTO ADAPTADO

Os nossos atletas do Departamento de Desporto Adaptado vão participar em mais um evento, cuja supervisão técnica é da responsabilidade do departamento através da Mestre Natércia Rodrigues.

Este Evento decorrerá no dia 19 de Abril no Pavilhão Desportivo da Escola EB2/3 de S. Romão do Coronado.


VOLEIBOL - ANA CUNHA A JOVEM "MISTER" DAS MINIS


A outra ... Ana


A Cunha "sisuda" transmitindo o seu conhecimento.

Ana Luísa Rebelo Cunha é a treinadora mais jovem do Voleibol axadrezado, acumulando estas funções com as de jogadora da equipa Júnior do Boavista. Divertida (antes dos treinos) sisuda durante os mesmos, fomos tentar saber quem é na realidade a treinadora das minis.
Que idade tem a mais jovem treinadora?
Tenho dezoito anos.
Para além de “mister” és jogadora…
Sim senhor! Sou júnior de segundo ano (com força para não ficarem dúvidasdo segundo ano!)
Treinar as minis mudou a tua personalidade?
Mudou completamente. Sei valorizar mais o que deve ser valorizado, tive que adaptar uma forma de me comportar com elas diferente conforme estou no treino ou na sua companhia como amiga. Elas obrigaram-me a criar outra Cunha. (sorrindo nervosa, querendo fugir à resposta)
E como jogadora?
Sim, neste momento eu sei que elas tentam seguir o exemplo da treinadora e por isso sinto-me mais observada quando qualquer uma está na bancada a ver os meus jogos.
Quem é a Ana Cunha. Aquela miúda sorridente e aberta antes dos treinos ou aquela sisuda nos treinos para quem nada está bem?
Sou as duas coisas. A brincalhona com as miúdas, gosto de estar com elas, fazem-me sentir bem, abstraio-me de tudo ao lado delas, mas também gosto de trabalhar e recolher alguns frutos da minha entrega. Estar a aturar meninas em idade difícil, é complicado e por isso, para que elas trabalhem, tenho que nos treinos ter uma cara de aborrecida para elas levarem o trabalho a sério, porque isto é um projecto de trabalho.
Mas já passas-te por essa idade…
Pois, por isso é que sei o que é! (resposta pronta e sisudaque é para não tentares confundir).
Sentes evolução nas miúdas?
Sim em todas elas. Quer as do ano anterior quer as que entraram este ano têm evoluído significativamente. Tenho orgulho disso.
A treinadora sabe disto…
Riu-se e… nada disse.
O Voleibol é uma paixão ou apareceu por acaso?
Apareceu por acaso, sinceramente. Eu frequentava o colégio Universal e nessa altura as modalidades extracurriculares para o feminino eram só Voleibol e como gosto de desporto entrei para o Voleibol. Passei a gostar e agora é a minha paixão! Mesmo paixão?
Paixão, mesmo paixão. (com sinceridade facilmente visível)
Continuas os estudos?
Continuo, neste momento estou a subir notas para tentar entrar no FCDEF no curso de desporto.
O que queres ser quando fores grande?
Quero ser muita coisa! (surpreendentemente rápida e desconcertante) Quero ser treinadora de Voleibol e continuar com este projecto, quero trabalhar com deficientes, ou seja, seguir o processo de reabilitação no desporto (!!! Esta Cunha não conhecíamos…).
Ambição pessoal muito rara…
Sim. Eu tenho muita paciência e gosto muito de ajudar…
Engasgou-se… emocionou-se e disparou como se justificando…
Amo o futuro! É isso, amo o futuro!

Fomos tentar descobrir a verdadeira Cunha e descobrimos que afinal… havia (ainda mais) outra!
O mundo não está tão perdido como dizemos, ainda existem as “Anas Cunhas”.
Parabéns pois, ao Mundo!

CROMOS DAS AMADORAS - UM AUTENTICO ÊXITO

A venda dos cromos das Amadoras tem superado todas as expectativas e é já um êxito entre o mundo Boavisteiro.
Chegando a esgotar a primeira remessa.
Entretanto já estão de novo à venda!
Para os adquirir fora dos Departamentos podem dirigir-se à Papelaria Estádio (Sr.Marques).
Esta colecção ultrapassa o mundo das Amadoras e pertence ao universo axadrezado.Todos os boavisteiros a devem coleccionar...
PARA MAIS TARDE RECORDAR.

domingo, 5 de abril de 2009

ANDEBOL -JUVENIS GANHAM TORNEIO

O Boavista venceu o torneio do Madalenense ao vencer na final o FC Gaia por 24 a 23.
Paulo Rodrigues foi o melhor marcador da prova e venceu, igualmente o prémio para o melhor jogador do torneio.
Fim de semana em grande para os axadrezados

MANUEL CAMPOS EM DECLARAÇÕES AO JORNAL A BOLA


A edição do Jornal A Bola salienta a excelente participação de Manuel Campos no Europeu de Ginástica de Milão.
O atleta do Boavista FC declarou à cerca da sua prestação:

" Tinha perfeita consciência de que se falhasse, dificilmente ficaria nos oito primeiros. Aconteceu a queda nas paralelas que, provavelmente, daria o oitavo lugar. Foram 1.40 pontos de penalização... mas sinto-me satisfeito"

Manuel Campos terminou em 12º lugar da classificação obtendo a pontuação de 84.575 pontos na final masculina de All-around (todos os aparelhos) do III Europeu Individual de ginástica artística que decorreu no Mediolanum de Milão.
Campos ocupava o 10º lugar antes do penúltimo aparelho a Barra fixa na qual teve um incidente e caiu tendo sido penalizado.

Sobre este ponto afirmou:
" Todos os ginastas estão muito próximos. Basta uma pequena falha... Exemplo disso é que o único europeu no pódio dos jogos de Pequim no all-around (3º) o francês Caranobe, ficou em 17º. Por isso não posso deixar de me sentir satisfeito pelo resultado e trabalho que tenho desenvolvido. Mas também por ter a equipa que temos, com treinadores e Federação a empenharem-se para que mantenha o nível demonstrado ao longo dos anos"

Registe-se que Manuel Campos disputou a quarta final sénior de all-around num Europeu, com os seguintes resultados:
11º em Patras 2002
8º em Debrecen 2004
6º em Amesterdão 2006