é o cklCOLECÇÃO DE CROMOS DAS AMADORAS

OS NÚMEROS SORTEADOS PELA LOTARIA NACIONAL DE NATAL FORAM OS SEGUINTES: 1º PRÉMIO 48509 - 2º PRÉMIO 73761 - 3º PRÉMIO 74257. QUEM ADQUIRIU OS BILHETES DO SORTEIO DEVE VERIFICAR OS SEUS NÚMEROS E REIVINDICAR O SEU PRÉMIO.DE REGISTAR QUE PARA O NOSSO SORTEIO SÓ CONTAM OS ÚLTIMOS QUATRO ALGARISMOS. ASSIM, 1º PRÉMIO 8509 - 2º PRÉMIO 3761 E 3º PRÉMIO 4257

sábado, 12 de dezembro de 2015

GALA DAS MODALIDADES AMADORAS



Realizou-se hoje, a I edição da Gala das Modalidades Amadoras do Boavista Futebol Clube. 

Num ambiente de grande animação e fervor clubista, estiveram presentes cerca de cinco centenas de participantes. Esta primeira edição, esteve reservada a atletas, dirigentes  e treinadores das Amadoras, mas com tal êxito, conseguido, será de prever que a próxima edição possa ser aberta a adeptos axadrezados.

De registar as presenças, dos mais altos dirigentes do Clube;

Presidente da Direcção, Dr. João Loureiro
Presidente da Assembleia Geral, Dr. Luís Teixeira de Melo
Presidente do Conselho Geral, Inspector Tavares Rijo,
Vice-Presidente das Actividades Amadoras, Eng. António Marques
Vice-Presidente, Jorge Manuel Trabuco
Director Adjunto da presidência, Vitor Jorge Murta



Foram distinguidos, todos os Departamentos das Amadoras, na pessoa dos seus directores e atribuído um troféu aos treinadores e atletas distinguidos como treinador e atleta do ano, de cada Modalidade. 
  
Amanhã, iniciaremos uma série de artigos sobre este evento, com alguns apontamentos e fotos que a Organização nos irá fornecer.



O primeiro artigo, que iremos apresentar será a intervenção do Senhor Presidente, Dr. João Loureiro, na abertura da sessão de entrega de troféus.



FUTSAL (SUB 20) EM DIRECTO, DESDE CABECEIRAS DE BASTO

Amanhã, estaremos em directo a partir do Pavilhão de Cabeceiras de Basto, para acompanhar o jogo de Futsal (Juniores Sub 20) entre as equipas do Contacto Futsal e o Boavista FC, com início marcado para as 17 horas.


Acompanhe todas as alterações no marcador, através da nossa página de Facebook.

FUTSAL - AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA



quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

VOLEIBOL - AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA




ANDEBOL - AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA




quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

VOLEIBOL - BOAVISTA ELIMINADO DA TAÇA AO PERDER NA NEGRA EM BRAGA

SC BRAGA 3 – BOAVISTA FC 2
25/22, 25/17, 11/25, 20/25, 17/15

O jogo, teve a duração de 2 horas e 34 minutos! De luta de entusiamo e de muita entrega de ambas as equipas.

Ganhou o Braga, como podia ter ganho o Boavista, dado que o valor das duas equipas é idêntico e os seus jogos serão sempre uma incógnita.

Começou melhor o Braga, vencendo os dois primeiros parciais, que sempre controlou desde o iníco do set.
O Boavista, pressionado pela diferença, impôs-se categoricamente nos dois parciais seguintes, sem dar nenhuma hipótese às Bracarenses.

Com o empate nos parciais, partiu-se para a “Negra”. Sempre na frente do marcador, a equipa axadrezada, chegou ao oitavo ponto com dois pontos de avanço. 
Com a mudança de campo, as locais reagiram e conseguiram empatar a partida. 
A partir daí, a emoção tomou conta do pavilhão (mais que até aqui). Seguiram-se empates constantes a 10, a 11, e a 12 pontos. O Boavista, conseguiu a vantagem de 14/13, mas cedeu novo empate… conseguiu a vantagem de 15/14, mas num erro de serviço, cedeu o empate e as Bracarenses aproveitaram e venceram o jogo, na única vez que passaram para a frente do marcador neste parcial decisivo.

Fantástica a forma como as jogadoras do Braga defenderam. Total empenho e entrega “indo buscar ao chão” inúmeras bolas. Foi aí que o Braga venceu o jogo.


Má arbitragem prejudicando as duas equipas e logo… prejudicando o Voleibol

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

KICKBOXING - ENTREVISTA COM TIAGO PEREIRA, NOVO CAMPEÃO NACIONAL DA MODALIDADE

Tiago Pereira, sagrou-se este fim-de-semana, campeão Nacional de Kickboxing na sua categoria, título que junta a outros anteriormente conquistados.
Para conhecer melhor este atleta, que representou a Seleção Nacional no último campeonato Mundial da modalidade, realizamos uma pequena entrevista.

Quando e onde iniciaste a tua carreira no Kickboxing?

Há cerca de dois anos e meio e no Boavista.

Como surgiu a ideia de entrares para esta modalidade?

O meu gosto, por Artes Marciais, já vem desde pequeno. Já pratiquei Taekwondo, depois passei para o Boxe, na Academia do Boavista e finalmente, passei para a Academia do Boavista de Kickboxing.

E agora ficas definitivamente nesta modalidade ou vais experimentar outra?

Devo parar por esta e dedicar todo o meu tempo livre.

Foste um dos selecionados para representar Portugal no campeonato do Mundo. Já tinhas estado nos trabalhos da seleção?

Não. Esta convocatória foi a primeira.

Como aconteceu, logo pra uma prova tão importante?

Confesso que não estava à espera da convocatória. Sou atleta federado há pouco mais de dois anos e foi uma surpresa mesmo para mim, mas foi uma grande honra poder representar o nosso país e assim, juntar o nome do Boavista a essa representação.

Qual foi a classificação no mundial?

Fiquei nos quartos de final, sendo assim o oitavo classificado no mundial. Agora vou trabalhar para evoluir porque o nível “lá fora” é muito superior e exigente.

São muitas as diferenças?

É um mundo completamente diferente. Nós aqui estamos habituados a um nível mais baixo. Lá as coisas são muito mais exigentes, mais trabalhadas, que temos que aplicar aqui. Mas a nível geral gostei de ter estado lá e conhecer esta realidade e claro, gostei de ter representado Portugal, numa competição em que estiveram presentes, alguns atletas profissionais.

Quantos anos, precisamos em Portugal, para atingir um patamar idêntico?

Depende muito da força de cada um atleta, da sua motivação e da sua aplicação. A nível de tempo, não sei prever, depende sempre muito da determinação de cada um, mas acho perfeitamente possível atingir o mesmo patamar que eles apresentaram.

Quais os objectivos pessoais, na modalidade?

Quero chegar o mais longe possível na modalidade. Treino sempre com grande empenho e rigor, dou sempre o meu melhor e em cada treino tento sempre evoluir, mais que no treino anterior.

Sagraste-te Campeão Nacional em Faro. Esse título vem e encontro à tua aposta?

Exactamente. Este título, foi a prova que tenho vindo a trabalhar bem e foi com orgulho que o conquistei para mim e para o Boavista Futebol Clube.

Esperas nova convocação para a seleção?

Sim, agora espero.


FUTEBOL FEMININO - RESULTADOS DO FIM DE SEMANA



ANDEBOL - RESULTADOS DO FIM DE SEMANA



segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

VOLEIBOL - ACOMPANHE O JOGO DE AMANHÃ PARA A TAÇA DE PORTUGAL


VOLEIBOL (SENIORES) - CRÓNICA DO JOGO DE BELÉM

CF "OS BELENENSES" 3 - BOAVISTA FC 1

Num ambiente de extraordinário desportivismo, dentro do campo e nas bancadas, num jogo entre dois emblemas “historicamente” rivais, que terminou com uma justa vitória da equipa da casa, mas,  com uma diferença parcial, que merecia ser no mínimo… menor.


1º Set – 25/15 “SERVIÇOS FALHADOS NO INÍCIO DECIDEM PARCIAL

Vitória certa da melhor equipa no parcial, com o Belenenses a adiantar-se até aos 4/1. As axadrezadas a recuperar até à desvantagem de 8/7 e depois…” a abandonaram” a disputa do parcial, cometendo erros que aproveitados pela garra da equipa Lisboeta até à vantagem de 20/11. 
O parcial terminou com uma diferença de 10 pontos, que de forma alguma existe entre a qualidade dos dois conjuntos.

Os dois conjuntos perderam 4 serviços cada, com a particularidade que o Boavista falha os serviços números 5, 6, 7, 10, e o Belenenses falha o segundo lance 17. Até ao décimo serviço que teve direito o Boavista “deu” 4 pontos ao adversário!


2º Set – 25/23 “COM  O PASSARO NA MÃO”
Emocionante, este parcial, que em nossa opinião determinou a sorte final do jogo. O parcial foi disputadíssimo com vários empates até 13/13. Antes o Boavista, teve que recuperar da desvantagem inicial do set, que é anulada aos sete pontos. 
A primeira vantagem do Boavista, acontece aos 14/13, que logo de imediato, é anulada pelo Belenenses. As Lisboetas, arrancam para uma vantagem de 21/19, mas as panteras reagem e fazem quatro pontos seguidos e ficam com o set na mão com 23/21.
Um erro no ataque coloca a diferença mínimo e em seguida, o parcial decide-se numa jogada de sorte/azar. 
A atleta do Belenenses, pareceu-nos (não só a nós) fazer duplo toque, o árbitro não assinala e a bola bate na rede desviando-se e batendo (quando ia para fora) no braço de uma Boavisteira, dando o empate. O Belenenses não treme e “mata” o parcial.
Ao nível de serviços, ambas as equipas falharam 1.


3º set – 21/25 “A ESPERANÇA DO JOGO”

O mais disputado e emocionante de todos os parciais e mais conseguido pelas panteras. Jogado taco a taco, com sucessivos empates até ao 20/20. Temiam as Boavisteiras que o set pudesse de novo fugir, mas com garra e apostando na sua conquista, o Boavista não deu qualquer hipótese na fase final e ganha por 4 pontos, fazendo 5 pontos com o Belenenses a conseguir 1.
Ao nível serviços o Boavista falhou 2 e as locais 1.


4º set 21/25 “ RECTA FINAL, FORTE DO BELENENSES”

A perder, o Boavista, entrou bem e conseguiu uma vantagem de 3 pontos que só é anulada aos 9 pontos. A partir desse empate, o jogo foi disputado com um ponto para cada equipa sucessivamente até aos 13/13. Com um serviço perdido pelas panteras o Belenenses ganha dois pontos de vantagem e nunca mais cede no parcial, atingindo os 23/19. O Boavista, luta e vai até aos 21 pontos, mas era tarde e o Belenenses fecha o jogo.
Novo empate em serviços falhados, 3 para cada equipa.

A equipa de arbitragem esteve bem e, nem mesmo, o erro já referido no segundo parcial ao qual, juntamos um ponto que era do Belenenses e erradamente foi dado ao Boavista, retira a boa nota positiva.



Excelente, tarde de voleibol, em que as jogadoras se respeitaram, o público vibrou, mas sempre dentro de um enorme respeito, demonstrando que se podem vencer jogos, sem recorrer a jogadas menos próprias. Uma lição entre dois clubes eternamente rivais.

VISITE O BLOGUE DAS FOTOGALERIAS E VEJA (ALGUMAS) FOTOS DESTE FIM DE SEMANA

Podem visitar o nosso blogue da fotogaleria, e ver fotos dos jogos deste fim-de-semana, das modalidades de:


Kicboxing

Futsal (seniores)

Voleibol (juniores)

KICKBOXING - MAIS DOIS BOAVISTEIROS CAMPEÕES NACIONAIS


No pretérito fim-de-semana, realizou-se mais uma edição do campeonato nacional de kickboxing. A prova que teve como sede a cidade de Faro.

O Boavista,esteve representado pelas atletas Cláudia Rodrigues e Tiago Pereira, que se sagraram campeões nacionais nas suas categorias.

SARAU DE GINÁSTICA VAI REALIZAR-SE EM VALONGO DIA 19

No próximo dia 19 de Dezembro, vai realizar-se mais um Sarau da Ginástica do Boavista Futebol Clube.

Esta edição, vai ter como palco o Pavilhão Municipal de Valongo, com início marcado para as 16 horas.


Os bilhetes estão à venda no Departamento de Ginástica do Clube.

FUTSAL (SENIORES) - CRÓNICA DO JOGO COM O BRAGA

BOAVISTA FC 1 - SC BRAGA 7

GOLOS A MAIS, ADULTERAM A VERDADE DAS EXIBIÇÕES DAS EQUIPAS


Sem colocar em causa a justiça do vencedor do encontro, temos que salientar que o resultado final, é demasiado pesado e castigador para o Boavista, neste confronto com o Braga, que consideramos a quarta equipa mais forte do nosso futsal.

Se a missão axadrezada se apresentava como complicada, mais o ficou, quando, aos trinta segundos de jogo os Bracarenses se adiantaram no marcador, por intermédio de Nilson após troca de bola na área Boavisteira.

Acusando, o golo tão precoce, o Boavista demorou a entrar no jogo e permitiu que o adversário obtivesse o controle de jogo e viesse a aumentar a vantagem na passagem dos onze minutos, por intermédio de Paulinho Roxo, num jogo marcado por …Paulinhos.

O Boavista, equilibrou e passou a pressionar, com alguns cuidados, ofensivamente. O Braga, respondeu, colocando um falso pivot ofensivo, como referência no ataque, para as suas saídas de pressão defensiva, mas que recuava no terreno quando um seu companheiro preenchia espaços livres no ataque. 

Os panteras, não se atemorizaram com esse sistema e foram paulatinamente, conquistando confiança e jogando em pé de igualdade. No entanto, uma falta desnecessária, cometida no ataque axadrezado e quando o Boavista já tinha atingido a quinta falta, permitiu que Paulinho Roxo, elevasse para três golos a vantagem dos arsenalistas, quando faltavam dois minutos para o descanso.

Foi um Boavista diferente, claramente mais forte e decidido que iniciou a segunda parte do encontro. Entrando, a pressionar ofensivamente e com determinação, os axadrezados fizeram que o Braga, tivesse e sofresse oito minutos de autêntico sufoco.

No primeiro minuto deste segundo tempo, apareceu outro Paulinho, este, do Boavista, a transformar uma grande penalidade reduzindo a diferença. 

O Boavista acreditou, lutou e apostou na reviravolta, pressionando ofensivamente obrigando o Braga a  utilizar, toos os meios para arrefecer o jogo, com sistemáticas demoras no recomeço dos lances. Paulo Tavares, suspenso, ocupando um lugar na bancada, chegou a entrar em conflito com os seus jogadores que não encontravam soluções para se imporem ou acalmarem o jogo.

Com o decorrer do tempo, o Boavista, criava e desperdiçava  várias oportunidades de golo e, naturalmente, começava a acusar o cansaço físico e mental de ver o tempo fugir. O Braga, por seu lado, conseguiu alguns contra-ataques mas Rui Pedro, garantia a segurança defensiva.

Sentia-se que o próximo golo (para um lado ou outro) mataria o jogo. E, foi o que aconteceu. Numa saída para o ataque um jogador axadrezado permitiu a recuperação de boal a um adversário, que em vantagem de dois para um, serviu Tiago Brito, que com frieza e colocação, colocava uma vantagem “mentirosa” no marcador.

O Boavista sentiu essa injustiça, nessa fase de jogo e quase se rendeu, lutando com honra, mas sem acreditar na possibilidade de operar uma reviravolta. 

O Braga passou a jogar sem grande pressão e viria a aumentar a vantagem para números demasiado "grandes" para a realidade do jogo. Paulinho Rocha (outro) aos 34, André Gomes aos 37 e Tiaguinho aos 38 minutos, colocavam o marcador numa diferença “irreal” para este encontro.

Sem complicação alguma, por parte dos intervenientes, a equipa de arbitragem aproveitou e realizou uma prestação, calma e positiva.

Crónica de
Manuel Pina


A GALA DAS AMADORAS É NO PRÓXIMO SÁBADO