Texto principal

BREVEMENTE PUBLICAREMOS AS FOTOS OFICIAIS DA III EDIÇÃO DA GALA DAS MODALIDADES AMADORAS DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

ENTREVISTA COM RUI MACEDO, PROFESSOR DE JUDO DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE



Rui Macedo, é um mestre do Judo do Boavista Futebol Clube, com um passado exclusivamente dedicado à modalidade. Foi no passado, o “lançador” do Judo no Boavista, atingindo grande êxito, depois de uma passagem pelo Brasil, regressa ao nosso Clube, para nova aposta.

 "O JUDO É UM DESPORTO UNIVERSAL E VAI VOLTAR A CRESCER NO BOAVISTA"




Quem é o Rui Macedo, no mundo do Judo?


Comecei no judo muito cedo, tinha cerca de oito anos de idade. Fui atleta de competição e fiz parte dos quadros da Selecção Nacional.



Quais os resultados mais importantes que conseguiu na sua carreira?


Fui várias vezes "número um nacional" nos escalões de esperanças e Juniores. Decidi dar aulas e lançar alguns projectos de judo a nível de zona do Porto, podendo mesmo dizer, que a maioria de projectos nas escolas do Porto fui eu que os iniciei.



E chega ao Boavista Futebol Clube. Como se processou?


Isso aconteceu à cerca de dezassete anos atrás e o Boavista não tinha judo. Apresentei o meu projecto e começamos calmamente a compor as nossas turmas, atingindo um grande projecto que me fez sentir muito orgulhoso. Chegamos casa aos cem alunos.



A nível de resultados que devemos registar?


Obtivemos vários Títulos e medalhas a nível distrital e nacional.



Mas interrompeu a sua actividade no Clube. Quer justificar?


Saí porque o Boavista caiu (ou obrigaram-no a cair) naquela crise que todos conhecemos. Nessa fase, criei um clube e fui para o Brasil, onde estive quatro anos.



No Brasil continuou ligado ao Judo?


Estive exclusivamente ligado á modalidade. Fui responsável pelo judo numa cidade Brasileira, sendo técnico dessa cidade onde montei várias escolas de judo, que ainda se encontram em actividade. Tenho por isso, experiência nacional e internacional na modalidade. O Brasil é muito forte no judo e aprendei muito com a minha passagem por lá.



Quando regressou?


Há cerca de um ano.



Regressa ao Boavista, para iniciar novo projecto. Quais as condições em que encontrou o judo do Boavista?


O que forma um clube são os alunos. Em termos de condições físicas o Clube, tem muito boas condições, bem melhores que eu tive quando cá estive. O ginásio actual para a prática de judo é bem maior e melhor que tínhamos. 
Com estas excelentes condições temos que conseguir a inscrição de alunos. Temos que divulgar a nossa escola. Temos que semear. Vamos divulgar nas escolas e na zona limítrofe do estádio do Bessa e vamos recuperar o numero de alunos que tínhamos. O essencial, na minha perspectiva, é fazer a divulgação do Boavista como um clube de formação e não só de competição. 
Temos que conseguir que todos os professores das escolas e colégios, saibam que o Boavista tem judo de formação com qualidade e que eles próprios sejam divulgadores desta nossa qualidade de ensino e formação da modalidade.

A mensagem tem que chegar aos pais de atletas que estejam nos colégios para que entendam que para evoluírem na competição, devem colocar os filhos num clube e no Boavista têm as condições indispensáveis para atingir um plano de competição.



Já se iniciou esse processo?


Tenho neste momento dois alunos, que têm muita qualidade no Judo e que os trouxe de um colégio para os fazer dar um salto competitivo. Tenho alguns ex-atletas meus – dos tempos em que estive no Clube – e que se encontram a terminar a Universidade, que estão a voltar para o judo e vou tentar recuperar esses ex-atletas para o novo projecto do Clube.



Qual o objectivo e metas a atingir a curto prazo?


O principal objectivo é constituir neste ano dois grupos fortes de atletas, sem me importar muito com o número, nos escalões de Infantis e até aos escalão júnior.



Quais as idades desses escalões?


Os infantis até aos dez anos e os juniores até vinte e um, vinte dois anos.



Voltando aos objectivos. O que tem a acrescentar?


A aposta é, no próximo ano darmos o novo passo, continuando o crescimento, dando um passo de cada vez. Iniciei este novo projecto com dez alunos e aposto em voltar a ter o número que alcançamos anteriormente.



Pessoalmente, a sua actividade no judo é só professor?


Exactamente. Neste momento, não faço nada de competição. Abandonei a competição relativamente cedo, porque nessa altura, cá na região do Porto não havia “Boavistas”. Nesse tempo, só haviam clubes fracos e nenhum bom. Assim, optei por dar aulas de formação a jovens deixando a competição.



Falando para o exterior da modalidade. O que é o Judo?


O Judo é um desporto de combate, um desporto muito antigo, é um desporto olímpico e que foi reconhecido pela Unesco e pelo Comité olímpico, como o desporto mais adequado para crianças e jovens, num vasto conjunto de qualidades, como a força física, agilidade. 
O combate do Judo consiste em derrubar o adversário, fazendo-o cair de costas, com controle, força e velocidade para ter o ponto máximo, ou então quando é forçado a desistir, por aplicação de uma chave de braços ou estrangulamento. 
Basicamente é isto, mas depois há naturalmente muito mais. É um desporto difícil, mas dignificante.



Como é que um jovem tira proveito pessoal da prática de Judo?


Existem duas áreas e eu respeito as duas. A área da prática desportiva (preparação física) e a área da competição.

Se um jovem vier para a prática desportiva, como manutenção, vai ganhar força física, perder peso, aprender defesa pessoal, vai melhorar aspectos de  autoconfiança e concentração. 
Se ingressar na área de competição, vai ingressar num desporto que a nível nacional ´e cada vez mais conhecido, que tem cada vez mais medalhas e é um desporto universal, em que as regras são rigorosamente as mesmas em todos os países do mundo. Aqui não existem variantes. 
O Judo é igual em todo o mundo.



Um jovem que deseje entra no Judo do Boavista, o que necessita fazer?


Informa-se no Departamento de Ginástica, sobre horários de treinos – NR ou utilizar o nosso mail boavista.amadoras@gmail.com – pode vir experimentar gratuitamente uma aula, sem qualquer compromisso e se gostar inscrever-se como atleta.


O Rui Macedo, neste regresso ao clube, está disposto a voltar a ter um carro, pintado exclusivamente com o Judo do Boavista?


Para ser sincero, gostava de voltar a fazer esse projecto. Já pensei em ter de novo um carro em que estivesse toda a imagem do Boavista Futebol Clube e particularmente o Judo, porque a imagem do Judo já está ligada ao clube aqui no norte.



De quem surgiu essa ideia/iniciativa?


Foi totalmente minha, nessa fase eu tinha muitos alunos e investi na publicidade nesse carro para patrocinar o Judo do Boavista, depois de ter conseguido autorização superior do Clube. Mas depois tive o retorno não só em número de alunos como em títulos que alcançamos posteriormente.



Qual o número de atletas que tem que ter para comprar outro smart?


Quando atingirmos os vinte alunos, tratarei desse caso. Eu até já sei a marca do novo carro…

Em breve vai acontecer.

Entrevista de 
Manuel Pina

ATLETISMO - BOAVISTA PRESENTE NO TORNEIO DE ANO NOVO EM BRAGA



O Boavista vai estar presente no Torneio de Ano Novo em atletismo a realizar durante o dia de Sábado dia 30 de Dezembro no Estádio 1º de Maio em Braga.

A equipa axadrezada presente é constituída pelos seguintes atletas:

Miguel Costa João Martins Carolina Peixoto Joana Eanes Vitória Oliveira Ana Costa

Apresentamos o programa oficial da competição


quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

SARAU DA GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS



O sarau de Natal da Ginástica e Artes Marciais do Boavista Futebol Clube, realizado no passado dia 17 de Dezembro, constituiu mais um excelente espectáculo de cor e alegria, graças ao desempenho de todos os atletas (muito jovens/jovens/e menos Jovens).

O pavilhão Municipal de Custóias esteve completo de espectadores que participará em mais esta festa axadrezada.