Texto principal

ESTÃO ABERTAS AS CAPTAÇÕES PARA OS PLANTEIS DE FORMAÇÃO DE FUTSAL. CONHEÇA OS DIAS DE TREINOS E ESCALÕES, CLICANDO NA FOTO DO LADO DIREITO DESTA PÁGINA.

sábado, 24 de outubro de 2009

FUTSAL - MIGUEL VALENTE


DE JOGADORES DE RUA, VAMOS FAZER UMA EQUIPA GANHADORA DE FUTSAL


Miguel Valente regressou ao Boavista após uma curta ausência de uma época. É o treinador da equipa de infantis e pareceu-nos calmo, consciente do duro trabalho que tem pela frente mas também apaixonado pela formação dos seus pupilos.

Quantos jogadores tens que transitaram do ano passado?
Tenho dois.
Os restantes são das escolas ou vieram de outros clubes?
Vieram de fora e a maior parte nunca jogou futsal. Nessas condições tenho o Pedro, o Ivo, o David por exemplo. São jogadores sem escola de futsal que estão agora a aprender os primeiros passos, estou a ensiná-los as posições e outros pormenores da modalidade.
Mas tecnicamente vê-se que são evoluídos…
Sim têm muita técnica mas ainda nenhuma táctica. São jogadores de rua mas agora têm que aprender a disciplina táctica dentro do campo.
Consideras que num ano os consegues pôr a jogar futsal?
Temos muito trabalho pela frente mas eles são bons tecnicamente e acho que vou conseguir.
Qual o lugar a perseguir?
Esta equipa vai lutar para os primeiros lugares, aliás nem de outra forma podia ser. Tenho um cinco base que me garante uma sustentabilidade para o campeonato e estamos a trabalhar os restante cinco, para fazer o equilíbrio para utilizar no campeonato, porque vão haver lesões castigos e nós temos que gerir a equipa. Acho que vamos fazer uma boa época.
Tens a consciência de quem são os principais adversários candidatos ao título?
Penso que o Juventude de Gaia conjuntamente com o Alpendurada são os principais candidatos. Não quero dizer que não exista um out-sider, porque geralmente aparece sempre um, estou a lembrar-me do Santa Cruz e até do Escola Modelos, mas penso que nós iremos ter uma palavra a dizer neste campeonato.
Número e horas de treino, são o ideal?
Tenho dois dias (terça e quinta) com hora e meia por treino, que completa três horas, que foi o que eu pedi, estou satisfeito com esse tempo, foi o que eu pedi, não tenho nada a reclamar nesse aspecto. Treinamos às terças no CDUP e às quartas no Leonardo Coimbra.
Já tens jogadores a evoluir a nível de jogo ou ainda há muita resistência?
Tirando dois ou três jogadores que já estiveram comigo anteriormente a maioria está a aprender a essência do futsal, têm talento mas ainda estão a prender.
Os guarda-redes são do futebol ou futsal?
Tenho o Renato que veio do Cústoias do futsal que dá confiança à equipa e tenho o Dida que sendo um bom elemento é o primeiro ano que está no futsal.

RESULTADOS DE SÁBADO

FUTSAL
SENIORES
NOGUEIRÓ 2 - BOAVISTA FC 1

ANDEBOL
INICIADOS
LAMEGO 38 - BOAVISTA FC 22

FUTEBOL VETERANOS
BOAVISTA FC 6 - FC FELGUEIRAS 2

VOLEIBOL
JUVENIS
ALA GONDOMAR 3 - BOAVISTA FC 1

É um puto reguila, que se orgulha de se chamar Espanhol e que mostra grande amizade com o Djálo, que fez questão estivesse junto a nós na entrevista. Tem doze anos e é capitão de equipa no escalão infantil, mas este puto de infantil, tem muito pouco.

Como te chamas?
João Paulo Fernandes Espanhol.
Por isso posso chamar-te João Fernandes…
Não (interrompeu e afirmou alto)… João Espanhol!
Onde jogavas?
Na Juventus de Triana.
Como vieste para o Boavista?
Olhe, estava a jogar lá e como jogava bem, as pessoas viram e interessaram-se por mim e pelo Djálo.
Jogavas oficialmente?
Sim sempre joguei oficialmente.
Gostas de futsal ou gostavas mais de estar no futebol de onze?
Não. Eu adoro o futsal! Gosto muito mais do que de futebol onze.
Estudas?
Sim, na escola Ramalho Ortigão e frequento o quinto ano.
Muitos de vós ainda estão a aprender jogar futsal. Tens dificuldade?
Eles vão aprender, é para isso que servem os treinos.
Fizeram só um jogo. Achas que é possível ser campeão?
Sim acho, é levantar a cabeça, trabalhar e vamos em frente.
Queres seguir futsal?
Sim quero jogar em sénior e ser campeão, nem que seja no Benfica!
Conhecias o teu treinador?
Não. Sabia que ele treinava no Santa Cruz mas nunca o tinha visto.
Já vi que és Benfiquista, mas como sentes a jogar no Boavista?
Eu não sou Benfiquista, sou Portista mas adoro estar no Boavista porque é um dos melhores clubes de Portugal.

FUTSAL - JUNIORES

JOGO ADIADO
O jogo previsto para ontem entre as equipas do Boavista FC e o Caxinas a realizar em Vila do Conde foi adiado.
O motivo do adiamento foi o estado do piso do pavilhão não oferecer o mínimo de segurança, por excesso de humidade.
A AF Porto marcará nova data para a efectivação do encontro.

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

BOXE - JULIANA ROCHA A CAMPEÃ


No mundo do Boxe feminino, todos conecem Juliana Rocha "PITON" , de 17 anos de idade. a atleta Boavisteira treinado por Pinto Lopes, deu-se a conhecer para além dos ringues.

Como chegas-te ao mundo do boxe?
Desde muito pequena que o meu pai, Alvaro Rocha, me incentivou ao desporto. Aos 5 anos de idade eu já andava no karaté.
Porque achas que o teu pai optou por te colocar nesse desporto de luta?
É verdade que com a idade que tinha na altura, certamente, não sabia o que era verdadeiramente a vida, nem tinha a consciência se queria ou não praticar aquele ou outro desporto.
O que normalmente os pais pensam é que, "a minha filha é muito novinha e, mesmo que chegue a colocar-lhe num desporto, ou a ponho no ballet, no atletismo ou na piscina. Agora karaté ou coisas violentas como isso… isso jamais".
Problemas de mentalidade?
É Portugal não se desenvolve com este tipo de pensamentos, a cultura desportista está quase totalmente direccionada para o futebol.
E o futebol não é violento?
Pois é! E é por esta diferença que me orgulho muito dos pais que tenho, pois chorei muitas vezes para me ausentar do karaté, mas os meus pais nunca desistiram e sempre me incentivaram, sabiam que eu podia ter futuro .
Costuma-se dizer que a pessoa nasce para seja o que for, eu não sou totalmente de acordo pois penso que o meio envolvente, as pessoas com quem convivemos e a educação que estamos sujeitos desde muito novos é que nos influência bastante para o que for. (...) O que é certo é que não desisti do karaté e aos 10 anos já andava no mundo maravilhoso da competição, onde ganhei grandes títulos e tive a oportunidade de conhecer muitos países.
Que idade tinhas nessa altura?
Isto aconteceu durante 9 anos da minha vida, dos 5 aos 13 anos !
Quando tinha 13 anos, o meu treinador emigrou e eu fiquei sem com quem treinar, pois treinava duro coincidindo com torneios de maior potencial.
Não houve substituto á altura e foi, precisamente neste momento, que conheci o grande treinador de boxe a nível nacional, senhor Pinto Lopes.
Andavas um pouco perdida?
Sim! Entrei para o ginásio dele, GINÁSIO LIMITE DO CORPO EM NOGUEIRA DA REGEDOURA, com o intuito de praticar kickboxing (pois tem algumas parecenças com o karaté), mas o Sr Pinto Lopes virou-me a cabeça totalmente para o boxe! Como o meu pai desde sempre foi louco por este desporto, o que mais fez foi apoiar o meu treinador nessa ideia.
E tu?
Tudo bem, eu aceitei e entrei com grande entusiasmo. Basicamente, estou a concretizar um sonho que o meu pai sempre quis na vida dele e que não conseguiu devido a um problema de saúde.
Achas o boxe um desporto violento?
O boxe não é de forma alguma um desporto violento. O boxe é um desporto nobre de inteligência onde predomina a técnica e a força dos pulmões.
Se este ramo desportivo fosse violento, de certo que não me deixava fascinar com tanto entusiasmo. Em mim sobressalta a paz interior e o amor pelo próximo.
!!!
Existem várias protecções para defesa do atleta, não só os equipamentos (conquilha, peitoral, boquilha, capacete, ligaduras,...) como um treinador no canto no ringue onde pode acabar o combate quando bem entender com um simples e duro atirar de toalha, como um árbitro dentro do ringue a impor ordem.
Quem são os teus idolos no boxe?
Tenho vários ídolos no boxe. Começo pelo meu treinador que foi e é um exemplo de vida e coragem; depois, noutra perspectiva, admiro mesmo muito Cassius Clay "Muhammad Ali" e a sua filha Ali; David Haye e Roy Jones JR .
Não achas que o boxe feminino é pouco falado?
O boxe feminino é pouco divulgado, mas por incrível que pareça tem evoluindo. Eu acho que a mentalidade das pessoas tem sofrido alterações e, ultimamente, as meninas tem aderido a este desporto.
É quase certo ou muito (muito) provável que a outra parte das meninas que não gostam ou não apreciem o boxe, se deva ao facto do medo do preconceito de o boxe ser para homens (o que está completamente errado) ou devido ao contacto físico.
Quais os objectivos para esta época?
O meu objectivo actual é trabalhar duro, muito duro, cada vez mais e melhor para conseguir ir longe e entrar na história do boxe. Neste momento preparo-me para a taça de Portugal que em Novembro se irá realizar;
Para o ano próximo (2010) irá realizar-se o campeonato do mundo feminino de boxe e vou tentar fazer de tudo para estar presente e se possível conseguir um bom resultado.
É preciso acreditar, ter força de vontade e ter uns pais que apoiem em tudo como eu tenho.
Uma mensagem para todos os boavisteiros:
Tenho o Boavista no coração e farei de tudo para defender este emblema. Conto com o vosso apoio, vou dar o meu melhor !

VOLEIBOL - ANTEVISÃO DOS JOGOS

Catarina, treinadora das Juvenis
"Espero neste jogo alcançar a vitória e que as minhas atletas tenham atitude, concentração e garra para o conseguir."


Paulo Pardalejo treinador sénior.
"Depois de um primeiro jogocom atitude, determinação e raça, acho que temos tudo para vencer neste fim de semana."

Fonte; panteras_23

GINÁSTICA PARA O SEU BÉBÉ!


A GINÁSTICA DO BOAVISTA FC É PARA TODOS
DUVIDA?
PERGUNTE AO SEU BÉBÉ!
A RESPOSTA SERÁ…
EU, TAMBÉM QUERO FAZER GINÁSTICA!

Preparado para isso o Boavista FC tem uma disciplina especializada para o(s) seu(s) Bébé.

A BabyGim


Dividias em duas classes.
BabyGim- “Panteras” Bébés 12/36 meses
Sábado 10:00h (acompanhado por um progenitor) **

BéBés C1 Ginásio n.º1

BéBés C2 BabyGym – Minis nº1

Panteras” 3/4 anos - Sábado 11:00h

As aulas são aos Sábados, as informações podem ser obtidas todos os dias,

no Departamento Ginástica do Estádio do Bessa

2ª a 6ª feira: 9:30/12h30 e 15:00/22h30

Sábado: 9:30/13:00

Telefone: 226 071 032 - Fax: 226 071 034

e-mail: coordenadoraamadoras@gmail.com

e-mail blog: ginasticabfc@gmail.com

Que espera a para fazer a vontade Ao seu Bébé?

VOLEIBOL - FILIPA TEIXEIRA, A COMPETÊNCIA, A ALEGRIA E OS SENTIMENTOS


Estar junto à Filipa é sinónimo de estar com a alegria, mas hoje durante esta entrevista, descobrimos uma jovem que é um turbilhão de sentimentos ao flor da pele,
Rir muito (já sabiamos) mas "engolir por emoções" confessamos que não esperavamos... e depois esta mulher é muito mais que pensamos!
Alegria, beleza e muito trabalho... tudo aliado! é obra... "Brasileira. Nesta conversa, falou de quase tudo... " só se esqueceu dos "macaquinhos" da Amazónia.

Como decorreu o estágio no Brasil. Foi proveitoso e positivo?
Só de tocarem nessa palavra "Brasil" até já me dá o arrepiozinho na espinha de tanta saudade. (ai,ai...)
O estágio foi quase perfeito, visto afirmarem que a perfeição não existe! A realidade na zona onde eu fiquei é indescritível, o que aprendi e o que vivenciei fez me sem duvida crescer, embora continue sempre com aquele meu ar de "criança feliz".
Aproveitei esses 5 meses como deveriam ser aproveitados, conheci uma nova cultura, novas formas de pensar, fiz amizades (grandes amizades), treinei numa selecção (CRB) que me fez acreditar ainda mais no meu trabalho daqui para o futuro... Na faceta de atleta e treinadora . Foi 200% positivo, é impassível explicar tudo o que vivenciei, tudo o que passei, todos os sorrisos que esbocei ou lágrimas que deixei cair.
Numa palavra, foi uma experiência INEFÁVEL . Durante esse período o que te custou mais?
Sem duvida alguma ficar longe de tudo o que era meu... A saudade do meu dia-a-dia, da minha família, amigos, das minhas miúdas, da minha Faculdade, do meu curso, da queima das fitas na qual não tive presente.
Vendo as coisas por outro lado, custou-me muito não ter a minha máquina de lavar louça e roupa... Já não podia ver aquele tanque (risos).
Num contexto mais sério, o que me custou mais foi mesmo ficar longe do meu irmão e das minhas duas companhias de todos os dias (Sara Gomes e Ana Cunha).
Tiveste saudades das tuas meninas do Voleibol?
Se tive, (sniff)... (ai se olhos falassem...) Fazia questão de as acompanhar à distância e embora soubesse que estavam bem entregues, custou-me imenso não estar presente nas pequenas glórias delas. Felizmente estou com grande parte delas agora nas Infantis e vejo que não se esqueceram da Treinadora.
São o meu orgulho!
E o regresso. Foi uma alegria estar de novo com elas?
Sem dúvida, tê-las presentes no Aeroporto no meu regresso foi mais do que uma prova em como nunca me esqueceram. Para mim serão sempre as melhores atletas do Mundo.
Como analisas a tua equipa para esta época?
Eu tenho a sensação que voltei e elas estão bem mais rebeldes, mas está tudo a encaminhar-se novamente para a disciplina (que eu prezo) e estou confiante.
Apesar de algumas ainda serem muito novinhas e ainda minis, tenho uma equipa que aos poucos vai ser o meu espelho: uma equipa com garra, raça, com vontade de lutar, ambição e união.
Esta época não quero mais do que formar uma equipa de verdade, quero que se sintam uma só em campo e desejo que no fim da época o voleibol não seja apenas um hobby, mas sim uma paixão. A partir daí tudo se torna mais fácil.
Os objectivos competitivos serão cumpridos a seu tempo. O Campeonato de Infantis é uma incógnita porque as miúdas ainda são muito novas e têm os seus dias menos bons, contudo, estamos a trabalhar para ir à luta SEMPRE (ou não gostaria eu de ganhar).
Como consegues conciliar as posições de treinadora e jogadora?
Sempre! Isso não é dificil.
É o que digo às minhas atletas, "quando se quer mesmo, tudo é possível".
Desde pequenina que os meus pais me ensinaram a gerir o meu tempo e mesmo que às vezes haja um pouco mais de cansaço, consigo fazê-lo por ter realmente prazer naquilo que faço: Treinar e dar treino é do melhor que há.
Quem me conhece sabe bem que não vivo sem estas correrias do Desporto, do Voleibol. Neste momento estou 100% ligada ao Desporto (Faculdade e Boavista) e sinto que é isso que me dá vida.
Acabo por nem perceber bem como o faço, mas giro o meu tempo de forma a tentar estar sempre presente em treinos e jogos tanto das Seniores como das minhas Infantis.
Quando jogas, sentes-te observada pelas tuas atletas?
Eu sou aquele tipo de treinadora que está sempre em cima do acontecimento e tenho noção que quando vão ver os meus jogos, tentam "apanhar" algum erro dos quais digo para não fazerem no treino (por uma questão de pedagogia). Mas tenho sorte, acabam sempre por me elogiar mesmo que tenha feito algo que as proíbo de fazer em campo!
Adoro quando sei que estão presentes nos meus jogos, é sinal que gostam daquilo que fazem e que têm certas referências nas Seniores, o que também é importante.
O Voleibol é um amor ou um passatempo?
É o ar que respiro! Será desta forma, amor ?! (a sinceridade... e de novo o coração...)
Claro ! (risos) (o alívio)
O que fazes para além do Volei?
Eu estudo na Faculdade de Desporto no Porto. Estou neste momento a terminar a Licenciatura em Alto Rendimento (Voleibol), dou treinos de Viet-Vo-Dau (Arte Marcial) a pequeninos na minha Cidade e vou em breve (se tudo correr bem) estrear-me como Monitora de Musculação na APAM. (também bate???)
Tirando isto, estou a tentar ocupar ainda mais o meu tempo, porque se há coisa que não gosto, é de estar parada !
O que queres ser quando fores grande?
Acho que não vou passar muito desta altura mas... (risos)
Posso sonhar? O meu desejo era leccionar na Faculdade onde estudo. Contudo o meu sonho era ter um Ginásio meu com Artes Marciais, Musculação e um espaço para treinar Voleibol de Praia.
Mais a sério e mais provável, pretendo terminar o meu curso e dar aulas numa Escola. Adoro lidar com miúdos, adoro ensinar e como já devem ter percebido...
Desporto é mais do que um passatempo...
Uma paixão... SEMPRE!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

VOLEIBOL - PAULO PARDALEJO EM ANTEVISÃO À PRÓXIMA JORNADA

Depois do jogo de Domingo podemos dizer que temos condições para realizar um campeonato tranquilo.
As vitórias vão aparecer com toda a certeza e esperamos que seja já este fim-de-semana.
Estamos na luta.
Fonte: panteras_23

VOLEIBOL - OPINIÃO DE FILIPA TEIXEIRA


A treinadora das Infantis dá a sua previsão para o próxima jornada.

Depois da prestação do fim-de-semana passado, estou confiante que as vitórias podem começar a aparecer já aparecer no próximo jogo. A mesma raça, união e atitude…eu acredito.

Fonte; panteras_23

FUTSAL - PREVISÃO DE ALBERTO MELO

Mais um jogo muito difícil.
Vamos defrontar uma equipa que coloca tradicionalmente muitos problemas a quem a visita.
Vamos tentar ser iguais a nós próprios e não perder a nossa identidade como equipa. Estamos á espera de enormes dificuldades.
Fonte; panteras_23

AGENDA DESPORTIVA - FIM DE SEMANA 23/24/25 DE OUTUBRO

Já se encontra postada no seu Blog a respectiva agenda para o fim de semana.
Escolha o jogo e passe umas horas apoiar o Boavista FC na modalidade que desejar.

FUTSAL - JÚNIORES A OPINIÃO DE ANDRÉ COSTA


DUAS PERGUNTAS A ANDRÉ COSTA

No último sofreram uma derrota imprevista. Como aconteceu isso?
Foi um jogo para esquecer por parte da nossa equipa, para o qual entramos desconcentrados e portanto saímos derrotados.
A equipa nunca conseguiu encontrar-se e mostrar o real valor, cometendo diversos erros tanto a um nível ofensivo como defensivo.
Fica como lição que sem atitude e vontade o resto também não aparece e agora há que levantar a cabeça para o próximo desafio.
Que esperas do próximo jogo?
O jogo de sexta-feira a realizar-se em Vila do Conde contra a equipa do Caxinas adivinha-se de dificuldade elevada.
Este é um adversário que tem processos bem rotinados e que pode causar problemas devido ao seu jogo pragmático. Contra isso a nossa equipa deve demonstrar a atitude e nível de jogo que expôs nas três primeiras jornadas para assim levar de vencida este jogo.

FUTSAL EM NOGUEIRÓ (BRAGA)


quarta-feira, 21 de outubro de 2009


VOLEIBOL - "JU" NA PRIMEIRA PESSOA


Joana Ferraz, conhecida no Voleibol axadrezado por "Ju" é uma jovem de 19 anos que para além de treinadora das minis é jogadora da equipa sénior. Activa, sorridente e sempre muito exigente com as suas meninas é uma apaixonada pela modalidade, fomos tentar conhecê-la um pouco melhor.

Há quanto tempo estás no Voleibol do Boavista?
Jogo há 9 anos, sempre aqui nesta casa, na MINHA casa.
E nas funções de treinadora?
Comecei ano passado, sem ter nada pensado. Mas gostei tanto da experiência que mostrei a minha vontade de continuar. E felizmente, a Dona Graziela e o Senhor Zé Manel voltaram a acreditar no meu trabalho e a colocar-me novamente no posto.
És atleta de que escalão no Boavista?
Actualmente sou atleta do escalão sénior.
Atleta e treinadora. Com tantos treinos que tempo sobre para o resto da vida?
Neste momento estou a ter quatro treinos enquanto atleta, e como treinadora tenho dois.
O que fazes para além do Volei?
Estou na Faculdade, a tirar uma Licenciatura em Farmácia. Estou no 2º ano e pretendo acabar o mais depressa possível para puder exercer uma profissão de que sempre gostei.
Qual o escalão que treinas?
Estou com o escalão de Minis, junto com uma colega, Catarina Gomes. Mais concretamente com as Minis B.
Quando jogas e sentes as tuas "jogadoras" na bancada, isso incomoda-te?
A meu ver o mais importante passa por elas estarem na bancada, sentirem vontade de estar informadas e de ver como as coisas funcionam.
Não, nunca me incomodou, tento somente esforçar-me mais para lhes mostrar que o trabalho e a persistência nos levam a locais que jamais pensamos. Temos de lutar, e é isso que quero demonstrar.
Já jogo há 9 anos e nem todos esses anos foram felizes, mas há que continuar para mostrar que estamos cá para ficar.
Mas sentes que és constantemente analisada?
Não acho que seja constantemente, sou analisada como todas as outras treinadoras o são. Temos o Coordenador da Modalidade que quer estar sempre dentro do assunto, como é lógico, temos a Directora, os pais das atletas e as atletas, por fim. Tentamos fazer o máximo para agradar a todos para que toda a gente goste de cá estar.
Trabalhar com as minis é aliciante, ou estás a dar os primeiros passos como técnica?
Apesar de estar a dar os primeiros passos como técnica, sinto-me privilegiada por estar a coordenar este escalão. Jogam porque realmente gostam disto, porque se sentem bem connosco, têm garra e são as que mais sentem o que esta camisola transmite.
São unidas e, o que mais me fascina, é que são felizes a jogar, vejo os olhos delas a brilhar e aquele sorriso na cara tão característico deste escalão.
O que gostas mais jogar ou treinar?
Essa era uma pergunta de que já está à espera (risos). Felizmente, ainda, não a consigo responder. Sou treinadora há pouco tempo mas já é uma coisa que me satisfaz realmente, descobri que adoro fazer o que estou a fazer. Por outro lado, também adoro jogar, jogo há anos e ainda não me consegui cansar, já faz parte de mim e acho que vai ser muito difícil desvincular-me.
O que queres ser quando fores grande?
A nível profissional quero exercer a profissão para a qual me estou a formar, trabalhar numa Farmácia Hospitalar ou então Comunitária. Porém, como já me conheço minimamente, sei que sem o Volei já não sou a mesma. Quero continuar com as duas coisas até conseguir.
Seguir o exemplo da Raquel (atleta da equipa sénior) que sempre as conseguiu conciliar e bem.
Para além de duas excelentes treinadoras as "Minis" têm uma Engenheira e uma futura Doutora... parabéns!

FUTSAL - CLASSIFICAÇÕES ACTUALIZADAS

Campeonato Nacional
2ª Divisão
2ª Jornada



1º Viseu Futsal 6 Pontos
2º Modicus 6
3º Boavista FC 6
4º Rio Ave 4
5º Farlab 4
6º Juvenorte/Póvoa
7º FC Foz 3
8º Lamas Futsal 3
9º Nogueiró 2
10º Ac. Leça 1

11º SC Braga 1
12º Nogueirense 0
13º Piratas de Creixomil 0
14º Gafanha 0





4ª Jornada

1º A. S. S. Amanhã da Criança 4 12
2º Santa Cruz F. C. 4 10
3º G. D. C. Cohaemato 4 9
4º A. R. Freixieiro 4 9
5º Boavista F. C. 4 9
6º G. D. Farlab 4 6
7º F. C. Unidos Pinheirense 4 6
8º A. D. C. R. Caxinas 4 5
9º Rio Ave F. C. 4 4
10º Gondomar Futsal C. 4 3
11º D. O. Fonte Moura 4 3
12º C. P. T. Alameda Cedro 4 3
13º J. D. Gaia 4 3
14º G. D. Praia Mar 4 0



4ª Jornada

1º Boavista F. C. 12
2º A. S. S. Amanhã da Criança 10
3º F. C. Alpendorada 10
1. 4º A. R. Freixieiro 10
5º União Custoias F. C. 9
6º J. D. Gaia 9
7º A. D. C. R. Caxinas 3
8º G. D. C. Cohaemato 3
9º G. D. C. Escolas Modelos 3
10º Miramar C. Valadares 3
11º Leões Valboenses F. C. 3
12º A. R. Briosos Valboenses 3
13º G. D. Cem Paus 3
14º D. O. Fonte Moura 1



1ª Jornada

1º A. D. C. R. Caxinas 3
2º Santa Cruz F. C. 3
3º Boavista F. C. 3
4º G. D. Escolas Arreigada 3
5º G. D. C. Escolas Modelos 3
6º A. R. Freixieiro 3
7º D. O. Fonte Moura 0
8º União Custóias F. C. 0
9º M. D. C. Sandim-Modicus 0
10º F. C. Alpendorada 0
11º A. M. Granja 0
12º Miramar C. Valadares 0
13º Gondomar Futsal C. 0
14º G. D. C. Cohaemato 0



1ª Jornada

1º A. R. Freixieiro 3
2º Boavista F. C. 3
3º A. Académica de Leça 3
4º J. D. Gaia 3
5º G. D. C. Cohaemato 3
6º Barranha S. C. 3
7º A. D. C. R. Caxinas 1
8º A. D. C. Teibas 1
9º Santa Cruz F. C. 0
10º G. D. C. Escolas Modelos 0
11º F. C. Alpendorada 0
12º A. M. Granja 0
13º Miramar C. Valadares 0
14º Juventus Triana F. C. 0


2ª Jornada

1º Boavista F. C. 6
2º J. D. Gaia 6
3º Arsenal C. Parada 6
4º A. D. C. R. Caxinas 4
5º Miramar C. Valadares 4
6º A. D. C. Teibas 3
7º A. M. Granja 3
8º G. D. C. Cohaemato 3
9º Alfa Académico C. 3
10º Santa Cruz F. C. 3
11º A. R. Freixieiro 1
12º Póvoa Futsal C. 1
13º C. Académico Pedras "A" 0
14º C. D. C. Biquinha 0
15º A. Académica Leça 0
16º A. S. C. D. Bairro Viso 0

terça-feira, 20 de outubro de 2009

NOVO SITE BOAVISTEIRO

Nasceu mais um site no universo axadrezado. O "Amadoras" regista o facto e deseja todos êxitos e longa vida ao novo site.
Esperemos em breve delinear forma de trabalho conjunto sem invasão de espaços, mas sempre ao serviço do Boavista FC.
Quem o desejar visitar deve clicar em:
www.boavisteiros.com
Iremos de imediato colocar o link na nossa primeira página.

COMENTEM AS NOTICIAS...

Gostaríamos de ter mais intervenções dos nossos leitores e assim aumentar a dinâmica deste espaço.
Para isso, apresento um desafio aos nossos leitores... Comentem as notícias e o teor das entrevistas que apresentamos.
Todos os comentários serão publicados... excepto os que forem de algum modo ofensivo e cujo teor for impublicável, o que considerarmos nunca vir a acontecer, pois tal como nós, todos os visitantes do "Amadoras" são Boavisteiros e querem o melhor para o Clube.
Espero a V/resposta aos desafio que apresentamos.

COMENTÁRIO DE MANUEL CAMPOS AO "AMADORAS"


O grande campeão de Ginástica Artística, já está de novo "em casa" depois de visitar três países onde demonstrou a sua indiscutível classe mundial, culminada no melhor lugar de um português de todos os tempos no Mundial da especialidade.
Chegou e deu a sua opinião ao "Amadoras" com a habitual disponibilidade e humildade que o torna ainda mais Campeão"

"Estou muito satisfeito com o resultado que obtive neste campeonato do mundo. Julgo que o mesmo é fruto de 21 anos de trabalho conjunto com o meu treinador Manuel Costa, nos quais tive o apoio possível do Boavista e da Federação de Ginástica de Portugal nos últimos 12 anos, mas também, por ter conseguido os portugueses e principalmente os Boavisteiros ao mais alto nível."
Fonte: Paulo Fernandes (panteras_23)

NOTA DO EDITOR

A nossa intenção de dinamizar o mais possível o Blog das Amadoras, tem sido contráriada com a falta de disponibilidade pessoal, por motivos profissionais, no horário em que se realizam os treinos das modalidades e, como é obvio, mais fácil é de acontecerem os contactos com atletas/dirigentes e técnicos.
Assim decidi, fazer um acordo com um elemento Boavisteiro que aposta na informação de todo o universo axadrezado.
Paulo Fernandes (panteras_23) passou (desde Sábado passado) a ser um colaborador do "Amadoras" fornecendo fotos de todas as modalidades, bem como alguns apontamentos de entrevista,análise e antevisão aos jogos.
Penso que desta forma, a informação será cada vez mais pormenorizada e em maior número. Penso igualmente, que todos teremos a ganhar com isso!
Todas as fotos e noticias enviadas por Paulo Fernandes terão a devida nota no final da postagem.
No entanto o direito e responsabilidade pelas postagens continuarão a ser minhas.
Agradeço a disponibilidade de Paulo Fernandes.
Manuel Pina

VOLEIBOL - PAULO PARDALEJO ANALISA O JOGO DE DOMINGO




Análise do técnico sobre o jogo com o Guimarães :

«Foi um jogo bastante disputado com bastante entrega por parte das atletas. Foi o nosso primeiro jogo oficial e em que conseguimos de um modo geral aplicar de uma forma positiva todos os aspectos que temos treinado!Mais uma vez ficou provado que estamos vivos e prontos para a luta!»
Fonte; Paulo Fernandes (panteras_23)

FUTSAL - TREINADOR DE GUARDA REDES EM ENTREVISTA AO BLOG DO FUTSAL


Leia a profunda e longa (por isso naõ a reproduzimos na totalidade) dada pelo técnico de guarda-redes dos seniores, Mário Rodrigues, clicando em:


Colocamos aqui algumas das respostas dessa entrevista:

Que objectivos para esta época, para a equipa?
Muito sinceramente, quem conhece minimamente a segunda divisão nacional sabe que é arriscado delinear qualquer tipo de objectivo. Isto porque é uma divisão cada vez mais competitiva, as equipas estão cada vez mais melhor preparadas e os plantéis são cada vez melhores e mais equilibrados.
Por isso mesmo vamos trabalhando, vamos jogando e, mediante o desenrolar do campeonato, vamos aquilatar melhor até onde podemos ir. O que posso garantir é que temos o plantel que queríamos, uma confiança ilimitada no mesmo, e isso é meio caminho andado para o sucesso.
E pessoalmente, que objectivos a nível de futsal?
Nesta altura os meus objectivos pessoais passam por continuar a aprender quer no plano teórico, técnico e, muito importante penso eu, no plano inter-pessoal no relacionamento com os atletas, visto que sempre me relacionei com eles no mesmo patamar dentro do clube e agora fazendo parte do corpo técnico tenho que estar confortável no papel de quem escolhe um jogador para jogar.
Tendo sido guarda-redes sei bem o que custa não jogar e, por isso mesmo, tenho que ir aprendendo a saber manter os níveis motivacionais de cada guarda-redes elevados, porque só assim o clube está salvaguardado.
Por fim, e como é lógico, gostaria de ter a oportunidade de trabalhar ao mais alto nível da modalidade, ou seja, na 1ª Divisão, visto que por lá passei muitos anos como jogador e gostaria de repetir a experiência agora como treinador. Vamos lá ver, pode ser que esteja a um ano de distância, era bom sinal (para bom entendedor , meia palavra basta)!!!

VOLEIBOL - COMENTÁRIO DE FILIPA TEIXEIRA

Sobre o jogo realizado no passado Domingo, ouvimos a Treinadora da equipa infantil, Filipa Teixeira.

"Apesar da derrota em casa, saí do jogo bastante satisfeita com a prestação das minhas atletas. Cumpriram com pequenos pormenores que desde o começo impus: Garra, raça, ambição, muita alegria a jogar e união.
Sei que entraram receosas, pois ainda não estão muito familiarizadas com o desenrolar de um jogo de voleibol, contudo, foram ganhando a pouco e pouco uma confiança que lhes permitiu fazer um primeiro set surpreendente frente a uma equipa teoricamente mais forte.

Após estar a vencer por 23.19 no primeiro set, talvez por falta de concentração e talvez pelo facto de não estarem a acreditar no resultado em questão, perdemos a noção do jogo e deixamos o adversário subir, coisa que noutros jogos não vai poder acontecer.

No segundo set uma nova aposta foi feita, mas talvez pela derrota do primeiro, a minha equipa baixou um pouco os braços, adormecendo. Como são novinhas e a força psicológica ainda está em processo de desenvolvimento, desmotivaram, não acreditando que poderia ser possível fazer mais e melhor que no set anterior.
No 3º set, entramos com garra e atitude, mas não chegou para conseguirmos alcançar o que desejávamos, a vitória.
Para mim, este jogo dependeu muito do "ponto final" daquele primeiro set tão bem disputado. Em suma, bastava "cair" para o nosso lado e tenho a certeza que o produto final seria bem diferente. Há que continuar a trabalhar durante a semana para fazermos um bom Campeonato. Eu acredito!»
Nota: Comentário obtido por Paulo Fernandes (panteras_23)

ANDEBOL - FRANQUELIM CARDOSO COMENTÁRIO SOBRE O JOGO COM O ESPINHO


Foi um jogo em que temos que dar os parabéns a equipe do Espinho, foi a equipa que mais procurou a vitória e que soube explorar oa nossos erros. Depois de termos feito uma boa primeira parte.

Na segunda metade o Espinho abre para uma diferença de cinco golos numa altura em que estivemos vários minutos a defender menos dois jogadores ou menos um, depois desta diferença , não tivemos a sorte do jogo pois falhamos vários remates ou era o guarda redes a fazer a diferença, nesta altura e da maneira que corria o jogo foi ele que ganhou o jogo.

Os meus jogadores de uma vez por todas tem que meter na cabeça que em jogos equilibrados os nossos adversários jogam com motivações acrescidas e galvanizam- se quando lhes damos o comando do jogo.
Nota: Comentário recolhido por Paulo Fernandes (Panteras_23)

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

VOLEIBOL AS "MISTERS" DAS MINIS

Catarina Gomes e Joana (Ju)
A beleza do Voleibol começa nas treinadoras...

CATARINA GOMES A TREINADORA DAS MINIS

Catarina Gomes de vinte e quatro anos é uma Boavisteira de sete costados - seguindo o sangue da família - teve o desgosto de ter de abandonar precocemente a actividade como atleta. A sua vida escolar obrigou-a a ausentar-se do Boavista, mas acabado o curso...regressou ao clube, como Engenheira, que mesmo assim não deixa o seus amores... o Boavista e as suas meninas

Qual o escalão que treina?
Minis A.

Sei que tem um passado ligado ao Voleibol do Boavista. Faça-nos um resumo dele...
Entrei para o voleibol no Boavista também eu Mini A na altura, tinha 10 anos. Fui avançando pelos vários escalões até juvenil. Fui quatro vezes campeã regional e duas vezes vice-campeã nacional.
Fiz muitos amigos e muito do que conheço do nosso país, devo-o ao Voleibol no Boavista. Relembro vários momentos com muita alegria e, apesar das dificuldades actuais, é este o sentimento que desejo que as nossas meninas venham a ter daqui a uns anos - mais que um desporto, o voleibol é uma escola da vida.

Porque não continuou como praticante?
Quando cheguei ao escalão de júniores diagnosticaram-me uma fractura de esforço na coluna que me impossibilitou de continuar como atleta. Nessa mesma época tirei o curso de treinadores e fui treinar o escalão de minis.

Qual a profissão que tem no momento?
Sou engenheira alimentar, mas neste momento estou à procura de emprego.

Porque este regresso ao Boavista, agora noutra funções?
Já tinha sido treinadora das minis mas a função não estava a ser compatível com o facto de eu estar a estudar em Castelo Branco (não era de todo justo para a equipa e para mim tornava-se muito cansativo).
Este regresso deve-se ao facto de eu sentir que podia ajudar o meu clube e a modalidade numa altura em que tanto precisavam e é também a resposta ao pedido do Sr. Zé Manel e da D. Graziela.

Treinadora de meninas a dar os primeiros passos. É aliciante ou de vez enquando a inexperiencia delas incomoda-a?
Não, não me incomoda minimamente, é aliás o meu grande desafio. Trabalho com meninas com idades compreendidas entre os 6 e os 10 anos - as suas vitórias vão-se fazendo nos treinos quando conseguem fazer com que a bola passe por cima da rede ou quando cumprem os objectivos que lhes propomos.

Ver alegria delas quando isso acontece ou quando ganham um jogo num torneio compensa todo o esforço.

O Voleibol é um amor ou um passatempo?
Pode começar como passatempo mas rapidamente se transforma em amor. A dada altura é já um estilo de vida (sorriu)

Sente saudades de quando jogava?
Sim muitas. Apesar de ter deixado de jogar relativamente cedo, guardo as melhores recordações como atleta.

Vai "fazer" alguma campeã?
Não sei, é claro que ficarei toda orgulhosa se isso acontecer, mas já tenho alguns "pequenos orgulhos" que é ver atletas que já passaram por mim, como a Joana Ferraz (que é agora minha colega, treinadora das minis B e atleta nas séniores), a Catarina Soares (treinadora das juvenis e atleta nas seniores) ou a Mariana Moura (atleta nas seniores) a desempenharem tão bem as suas funções e sem nunca terem desistido da modalidade bem como outras atletas que se encontram espalhadas pelos outros escalões.

Penso que o facto de terem continuado a avançar na modalidade já é um grande orgulho.

Sabemos que tem uma família dedicada ao Voleibol. Foi você que os trouxe ou forem eles que a trouxeram?
Tenho acima de tudo uma família ligada ao Boavista. A partir do momento em que eu e a minha irmã entramos para o voleibol, em casa tudo se regia pelos nossos horários, a entrada da família torna-se inevitável, por isso penso que entramos todos juntos.

Este foi um ano de regressos - a minha irmã (Sofia Gomes) regressou ao escalão das séniores, eu voltei para as minis e o meu pai (Manuel Gomes) volta a ajudar na divulgação da modalidade com os cartazes!

Como analisa o Voleibol no Boavista?
É uma modalidade que tem dado muitas alegrias ao clube. Graças a duas pessoas muito especiais (Sr. Zé Manel e agora a D. Graziela), o voleibol no Boavista é um exemplo de força, garra e determinação e penso que falo por todos quando digo que são estes os valores que queremos transmitir às nossas atletas.



ESTAMOS NA LUTA! Julgo que o nosso lema resume tudo! (terminou a rir... a Engenheira axadrezada)

RESULTADOS TOTAIS ´NA AGENDA DESPORTIVA

Quer ter conhecimento dos resultados do fim de semana?
Procure no Blog da Agenda e Resultados, onde já se encontram postados.

FUTEBOL FEMININO O COMENTÁRIO DE RITA


Não começamos o jogo da melhor maneira pois sofremos um golo logo no inicio. A equipa foi reagindo tendo errado muito na finalização, fomos para o intervalo empatadas a um golo.

Entramos melhor para a segunda parte tendo dominado toda esta parte acabando por fazer mais três golos.

O jogo para mim podia ter sido melhor mas estou feliz pela vitoria e pelo golo.

Nota: comentário conseguido por Paulo Fernandes (panteras_23)

VOLEIBOL - A ANÁLISE DE SORAIA À DERROTA EM GUIMARÃES


Como primeiro jogo fizemos uma boa exibiçao, embora não tivéssemos que provar nada a ninguém, hoje mostramos que temos uma equipa forte e que joga com muita qualidade.

Fico triste por não ter ganho este jogo, o Vitoria de Guimarães tem uma boa equipa mas tenho certeza que fomos melhores, em atitude raça, vontade e qualidade.

Como se viu não foi fácil de nos vencer, e como o nosso grande treinador nos diz para qualquer equipa nos ganhar tem que suar a camisola, de facto elas tiveram de suar muito.
Somos uma equipa forte e hoje transmitimos um bom jogo.

Nota: Entrevista feita por Paulo Fernandes (panteras_23)

ATLETISMO - MANUEL SOUSA DE REGRESSO


Depois de atravessar uma crise na época anterior, vítima dos boatos espalhados que anunciavam o fim da modalidade no Boavista - assegurada pela continuidade de Vasco Azevedo - eis que o atletismo Boavisteiro volta a apresentar a desejada recuperação.

A primeira noticia dessa recuperação é o regresso de Manuel de Sousa, após ausência de uma época.

Desta vez, Manuel de Sousa volta com duas funções, atleta e Director do Departamento que representa.
O fundista foi 15.º da geral, 6.º Português, na Meia-Maratona SportZone, na Cidade do Porto, que teve lugar ontem, domingo, dia 18, terminando com 1.09.01.
Acção de formação em Suporte Básico de Vida

Teve lugar no auditório do Estádio do Bessa, a primeira formação em Suporte Básico de Vida, ministrado pela Enfermeira Sandra Brea, da Unidade de Cuidados Intensivos do Centro Hospitalar de Gaia.
A mesma teve como objectivo dotar os agentes desportivos das várias modalidades para actuarem em situações de paragem cárdio-respiratória com o apoio de manobras de Suporte Básico de Vida.

XADREZ - AS AULAS COMEÇARAM... NO BESSA


Aula Aberta de Xadrez

Decorreu no passado sábado, dia 17, mais uma aula aberta de Xadrez na sala de formação do Estádio do Bessa.

Um simples jogo ou algo mais?
“O xadrez é considerado de forma unânime como um entretenimento profundamente intelectual. No entanto, muitos salientam que este desporto é também uma poderosa ferramenta educativa. A capacidade do cálculo, da concentração, a responsabilidade, e a tomada de decisões, são alguns dos benefícios da sua prática.

Mas as vantagens do xadrez não param por aí: “Aprender a analisar sistematicamente os problemas, explanar ideias, conclusões e soluções, avaliar antecipadamente as vantagens e inconvenientes de uma decisão, aprender a planear, responsabilizar-se por seus actos e assumir suas consequências, aumentar a autonomia e controlar a impulsividade são apenas algumas das contribuições do xadrez na construção do carácter de uma pessoa”
- Opina José Angel Lopez de Turiso, professor e monitor experiente de xadrez no Colégio Mirabal, em Madrid.

“Mesmo que sua utilização no sistema educacional esteja ainda em seu início, tem um grande potencial e um futuro esplêndido”, conclui.”

FUTEBOL VETERANOS EMPATA COM O SC ESPINHO

No passado Sábado a Equipa de Veteranos do Boavista deslocou-se ao Estádio de São Felix da Marinha para defrontar o Sporting Clube de Espinho tendo empatado a um golo.
Apesar da supremacia da Equipa do Boavista tendo a posse de bola durante o jogo não se reflectiu em golos, tendo enviado inclusive duas bolas a barra.

Aos 17 minutos da primeira parte Nelo fez o um a zero com um grande golo, tendo o S.C. Espinho empatado aos 40 minutos do promeiro tempo com um golo de Paulo Mendes.

A arbitragem esteve mal ao não ter assinalado duas grandes penalidades cometidas sobre Filipe e Vitor Martins respectivamente.

A Equipa do Boavista alinhou de inicio com:

Patronilho
Rui Freitas, Valério, Rachão e Vitor Marques
Filipe, Natário e Nelo (Cap.)
Pinto, Paulo Fernando e Vitor Martins
Nota: Crónica de Rui Freitas

GINÁSTICA ARTISTICA - MANUEL CAMPOS NO MUNDIAL


Ainda e sempre falamos do grande feito do campeão Nacional, apresentando os seus resultados na final do Mundial de Ginástica Artística:

Manuel Campos, atleta do Boavista FC, foi o primeiro ginasta português a participar numa final do Concurso Geral Individual de Ginástica Artística Masculina.
O ginasta do Boavista FC esteve em bom plano e pontuou 84,900pts - o que lhe valeu a 15ª posição final!

Estes mundiais ficam para a história quer pela prestação de Manuel Campos, quer pela prestação da Selecção Nacional na globalidade. "Medidas" as distâncias a verdade é que fosse este um Mundial de apuramento para os Jogos Olímpicos e Portugal teria classificado 3 ginastas (2 em GAM e 1 em GAF).

Algo que merece reflecte bem o actual patamar da Ginástica Artística Nacional (quer ao nível de ginastas, quer ao nível de treinadores).
Nesta final onde Kohei Uchimura (JPN) levou a melhor sobre a concorrência.

Manuel Campos obteve os seguintes resultados:
Argolas: 14.075pts
Saltos de Cavalo: 14.550 pts
Paralelas: 14.550 pts
Barra Fixa: 14.000 pts
Solo: 14.875 pts
Cavalo com Arções: 12.850 pts

FUTEBOL FEMININO

O Boavista venceu em Loures o Ponte de Frielas por 4 a 1 em jogo a contar para a 5ª Jornada do campeonato nacional da 1ª divisão

domingo, 18 de outubro de 2009

VOLEIBOL SENIORES

Resultado da primeira jornada;
VIT. GUIMARÃES 3- BOAVISTA FC 2

ANDEBOL - JUNIORES

BOAVISTA FC 27 - SC ESPINHO 33
PANTERA "PERDIDA" AO INTERVALO
Jogo com duas partes distintas, a primeira de total equilíbrio que terminou com um empate a catorze golos, com uma luta empolgante de ambos os lados.
Na segunda parte o Espinho ganhou vantagem de dois golos e o Boavista nunca a conseguiu anular, correndo atrás do prejuízo mas vendo o Guarda-redes contrário e os postes, por várias vezes, negar essa hipótese.
Num jogo muito disputado e com muito contacto aconteceram as inevitáveis exclusões. Neste aspecto, os axadrezados foram mais prejudicados porque os tigres aproveitaram sempre para aumentar a diferença. Mesmo assim consideramos o resultado demasiado pesado.

FUTSAL - SENIORES


Boavista F.C. 4 - C.D.C. Juvenorte 3
ao intervalo (3-1)

Pav. Grupo Desp. Viso
Árbitros:
Manuel Pinto e Abílio Bessa da AF Porto


Constituição das equipas:
BOAVISTA FC

Buffon, Pedro Ferreira, Marquinhos, Fábio e Preto
Jogaram ainda:
Chico, Ricardo, André Lopes e Azevedo (Cap)
Treinador: Alberto Melo

C.D.C. JUVENORTE/PÓVOA
Fábio, Bacalhau, Jeferson, Pedro Acácio e Sérgio
Jogaram ainda:
Ricardo, Jorge e Bruno
Treinador: Raul Castro

Disciplina:
Amarelos:
Ricardo (BFC), Bacalhau, Acácio e Jeferson


Marcha do marcador:
1-0 Fábio aos 7 minutos
2-0 Marquinhos aos 9
2-1 Ricardo aos 11
3-1 Fábio aos 18
3-2 Acácio aos 24
3-3 Acácio aos 37
4-3 Fábio aos 40


Comentário de Alberto Melo:


"Jogo entre duas equipas que se souberam respeitar.
O Póvoa (Juvenorte) apresentou-se com a sua linha defensiva muito alta e bastante agressiva, a fim de dificultar a nossa organização ofensiva. Conseguimos chegar ao 2-0 e 3-1 e deveríamos ter acabado com o jogo.

Por isso se sofreu tanto…
Acabamos por ganhar no final do encontro, mas todos os jogos têm quarenta minutos. Cumprimentos aos meus jogadores empenho, entrega e dedicação e seriedade que tiveram no jogo. Para a massa associativa os agradecimento pelo apoio que nos deram. Ao sexto jogador (panteras negras) por nos terem empurrado para a vitória.
Satisfeito?
No fundo o que contava era ganhar e o objectivo foi alcançado…

RESULTADOS DO DIA

Últimos resultados conhecidos, dos jogos da jornada

ANDEBOL
JUVENIS
AD. MARIA BALAIO 37 - BOAVISTA FC 30

FUTEBOL VETERANOS
SC ESPINHO 1 - BOAVISTA FC 1

FUTSAL
JUNIORES
BOAVISTA FC 2 - OP. FONTE DA MOURA 3
JUVENIS

BOAVISTA FC 7 -LEÕES VALBOENSES 1
INICIADOS
BOAVISTA 3 - FC ALPENDURADA 1

VOLEIBOL
JUVENIS
BOAVISTA FC 0 - DESP. PÓVOA 3
(18/25, 13/25, 20/25)
INFANTIS
BOAVISTA FC O - COL. UNIVERSAL 3
(24/26, 13/25, 18/25)