Texto principal

O BOAVISTA, VAI ORGANIZAR NO ÚLTIMO FIM-DE-SEMANA DE MAIO E PRIMEIRO FIM-DE-SEMANA DE JUNHO UM GRANDE TORNEIO DE BILHAR, QUE DECORRERÁ NA SALA DO ESTÁDIO DO BESSA

sexta-feira, 13 de junho de 2014

ENTREVISTA COM HENRIQUE SANTOS NA HORA DAS DESPEDIDAS



Na vida de um desportista, os ciclos estão em constante movimento e por maior que seja a identificação com um emblema, virá o tempo de mudar a página.
Nesta fase de mudança encontra-se o técnico de andebol, Henrique Santos, que após oito anos de xadrez se preparar para mudar. Conversamos com um homem algo triste, mas consciente do seu trabalho em prol do Boavista e aceitando a hora de mudança.

Havia quem tivesse algum receio da vossa participação no escalão principal nacional. Mas a equipa terminou numa excelente posição. Surpreendeu-o essa prestação dos Juvenis?
Confesso que, sempre considerei ser possível a manutenção, mas até eu fiquei surpreendido com a classificação final. Depois de acabarmos a primeira volta em penúltimos ou antepenúltimos, acabamos em quarto lugar nessa fase, na qual o terceiro dava acesso à fase seguinte. Todos quisemos chegar mais alto, mas o objectivo principal foi conseguido com brilhantismo e muito mérito. Estamos de parabéns e considero uma época positiva.

Mas o início foi difícil. Quais os motivos?
Foi complicado porque tivemos grandes alterações no plantel. Cinco jogadores saíram do Boavista e um subiu aos juniores, numa equipa de sete, perder seis é sempre muito complicado. Formamos uma nova equipa com alguns incitados. No início foi mesmo complicado ao perder todos os primeiros jogos, temi que isso os afectasse, mas a resposta foi muito positiva da parte de todos.

A disputar um campeonato com os mais poderosos adversários, com outra condições e ambições, o Boavista realizou um extraordinário campeonato. não o surpreendeu na verdade?
Não. Não me surpreendeu!
A sua equipa era assim tão forte?
Tínhamos valor para estar e ficar na primeira divisão. Sabíamos que ia ser difícil, que teríamos que fazer um trabalho completamente diferente a nível de contacto e choque. Tínhamos muitos jogadores dos iniciados, que - para quem está um pouco por fora do andebol, não entenderá – sai de utilizar um bola dois para uma bola três, que para eles é um autêntico canhão, porque é a bola de seniores. Tiveram muitas dificuldades de utilizar esse tipo de bolas e a resina, mas fizeram a sua adaptação que não sendo fácil foi conseguida aos poucos e poucos. As vitórias começaram a aparecer com o crescimento deles e obviamente as vitórias trazem a motivação e o grupo cresceu muito.  Repare os primeiros cinco jogos, foram cinco derrotas. Depois da primeira vitória as coisas encarreiraram e na segunda volta só perdemos com os candidatos, que foi o Porto e os Carvalhos.

Curiosamente o ano passado fizeram um campeonato idêntico aos vencerem todos os jogos...
É um grupo muito forte e muito unido, não sendo um grupo com a qualidade que todos queríamos e para isso é preciso dar tempo ao tempo, mas é um grupo muito coeso que formam uma excelente equipa. Continuando a crescer para o ano estarão nos juvenis de pedra e cal.

Ainda não tenho a confirmação, mas consta-se que o Henrique vai sair do Boavista. Confirma?
É verdade, sim senhor. Fizemos agora a Taça encerramento que vencemos – registe-se – e no final da época sairei do clube onde estou há oito anos.
A Taça encerramento era importante?
Foi disputada por quatro equipas, mas muito fortes e vê-se pelos resultados muito equilibrados que era uma prova importante e que vencemos com inteiro mérito.

Voltando à sua anunciada saída. Quer falar um pouco das razões?
Após o último jogo da taça, comuniquei aos jogadores que iria embora e só após essa conversa é que tornei pública a noticia da minha saída, porque eles teriam que ser os primeiros a saber.
Tem outro projecto?
Desculpe, mas são coisas que eu não quero abordar aqui, para me defender a mim e ao Boavista. Como disse na carta que tornei publica, só tenho que agradecer a este clube pelos oito anos que aqui passei. Neste momento, não tenho projecto algum, embora os convites tenham começado a aparecer mas ainda não me debrucei sobre nenhum. Uma certeza, porém, parado não vou ficar e em breve terão notícias minhas. Neste momento, desejo todas as felicidades ao Boavista. Ao meu sucessor desejo todas as felicidades porque vai herdar uma equipa com valor, embora com um plantel maís curto, porque alguns elementos vão subir a juniores e dos iniciados ninguém sobe.

Esses pormenores passam muitas vezes ao lado dos espectadores. Mas são um problema para os treinadores?
São as realidades que a formação apresenta e que todos os treinadores têm que superar. Mas da equipa de iniciados podem ir buscar antecipadamente alguns porque têm jogadores com valor para isso.

O que se sente na hora da despedida?
Um bocado de nostalgia, mas como se diz as pessoas passam e o clube fica e continua. Só posso dizer bem deste clube, fui bem recebido, bem tratado e mesmo dentro das enormes dificuldades que tivemos principalmente em termos logísticos. Tivemos que treinar em “meio pavilhão” andamos constantemente com a casa às costas, foram anos difíceis que todos tivemos e que poucas pessoas imaginam, mas acabaram por unir os grupos porque todos sabíamos as condições, todos os aceitávamos e todos as ultrapassamos. Os grupos fazem assim.

Ninguém defende que as dificuldades ajudam, mas eu vi este grupo ser formado nos infantis até aqui e verifiquei que os jogadores tratam o Henrique por tu embora sem nunca o desrespeitar. São quase irmãos do treinador. Como se pode gerir um grupo assim?
Há aqui uma coisa que as pessoas têm que ver e correndo o risco de ser criticado, pelo que vou afirmar, mas afirmo sem receios. A formação do Boavista evoluiu muito e todos os anos saem daqui jogadores para clubes com maiores ambições. Não estou  a dizer que saem verdadeiros aristocratas de andebol, mas têm saído bons atletas que têm singrado em vários clubes, Porto, Águas Santas etc… tivemos um atleta que este ano foi campeão nacional pelo Águas santas que na época anterior foi vice-campeão nacional aqui, que é Pedro Silva. O ano só à equipa de juvenis vieram buscar cá cinco jogadores. Isto prova que há no Boavista um excelente trabalho de base desde os infantis. Eu ando há um ano ou dois a dizer que a formação do Boavista é das melhores formações do norte. Tem uma pessoa como o Vitor Nascimento, a trabalhar “cá em baixo”, que é fenomenal que deixa os jogadores a jogar de olhos fechados…
Se o Vítor confirmar a saída é uma grande perda?
Enorme! Essa é a maior perda do Boavista, se o Vítor sair. Primeiro é um símbolo do clube pelos anos que cá está e depois, nestes escalões de formação o Vítor é qualquer coisa!
Regressando á sua ideia…
O Boavista é um clube muito mais apetecível que quando cá cheguei. Tem outra estaleca, tem outros escalões muito bons, tem os juvenis na primeira divisão, tem os iniciados que discutem sempre as fases finais e para além da excelente prova dos juniores que nesta fase venceram toda a gente e têm os seniores que subiram de divisão. É um clube apetecível. Isto é uma coisa fantástica, agora as pessoas não podem exigir que se ganhe sempre.

Diferente de outros tempos?
Quando cá cheguei disseram-me que eu tinha uma equipa e eu… tinha cinco jogadores! Fui buscar jogadores ao futsal do Freixieiro que eram meus conhecidos, que não sabiam jogar futsal e trouxe para o andebol, fui buscar jogadores ao voleibol e fiz a tal equipa, que foi a uma fase final de segunda divisão de iniciados. As coisas de há oito anos para cá evoluíram muito. Nesse tempo jogar com o Boavista nem contava era vitória certa. Agora toda a gente respeita e teme, jogar com o Boavista é um jogo grande do campeonato. dos infantis aos juniores, nos últimos dois anos o Boavista tem feito carreiras fenomenais. Só um exemplo. Quem viu aqui o jogo de seniores entre o Boavista e o Monte, que era um jogo decisivo, só um dos sete titulares veio de fora do Boavista. Todos os outros seis eram da formação do Boavista!  Tirando o Miguel que veio do ABC, toda a  restante equipa, foi feita aqui.

Quem nos lê fará inevitavelmente a pergunta. Sendo assim porque sai?
Vou embora porque o departamento decidiu que assim terá que ser.
Não foi opção pessoal?
Não! se calhar tentado introduzir novas ideias, novas pessoas – que é bom – e todos temos que mudar um pouco os ares. Mas confesso, que não foi da forma que eu gostava que fosse. Mas atenção. Não tenho nada a ver com ninguém eu estou completamente agradecido ao Boavista, eu aprendi muito aqui neste clube onde me dou e darei bem com todos.

Entrou de um clube e saiu (também) Boavisteiro?
Quem consegue estar neste clube sem se sentir Boavisteiro? Muita luta, muito esforço, muitas dificuldades que provocam uma união e um respeito por este emblema. Não saio Boavisteiro, serei sempre uma parte  Boavisteiro.

Entrevista
de 
Manuel Pina

VOLEIBOL - DIA DO MINI VLEI NO BESSA








Mais de mil e quinhentas jovens participaram no dia do mini-voleibol que se realizou no passado dia 10, no relvado principal do Bessa.

Presentes as equipas de minis do Boavista, com a sua alegria e irreverencia, em mais um dia inesquecível de competição e convívio.

KICKBOXING - TODOS OS ATLETAS BOAVISTEIROS NO PÓDIO NACIONAL

O Boavista esteve representado por três no  nacional  de Kickboxing, realizado em Gouveia.

Todos os atletas axadrezados acabaram em lugares de pódio. Assim;
Ruben Lopes (84kgs) Vice-campeão
E Raquel Moreira (60kgs) Vice-campeã
Vitor Silva (89kgs) 3º classificado


ANADIA - CAPITAL DA GINÁSTICA ARTISTICA


PREPARE O VERÃO... NO BESSA BEAUTY CENTER, POR PREÇOS IMBATÍVEIS

Prepare o seu corpo para o Verão! Conheça os tratamentos adelgaçantes à sua medida, disponíveis no seu novo espaço de beleza e saúde!


Tratamentos de rosto e corpo, massagens e depilação são alguns dos serviços que estão à sua disposição no Bessa Beauty Center. 

Faça a sua marcação através do nº 22 607 10 32, ou directamente na recepção do Departamento de Ginástica do Boavista. Esperamos por si!

Conheça as nossas instalações clicando na foto do lado diretio desta página

HÓQUEI EM PATINS - A DUAS JORNADAS DO FINAL

Está a terminar o campeonato distrital de Hóquei em patins com o Boavista a disputar os dois últimos jogos pela seguinte ordem:

Sábado (14/06)
Em Santa Cruz do Bispo contra a equipa local pelas 21 horas
Quarta-feira (18/6)
Encerra a prova e a época desportiva defrontando em casa (Alfena)  o Gramidense, com início do jogo marcado para as 21 horas.

Apoie os atletas axadrezados, neste final de época

ANDEBOL - EDUARDO FERREIRA É O NOVO TREINADOR DA EQUIPA SÉNIOR

O departamento de andebol, informa que Eduardo Ferreira será o novo técnico da equipa sénior do Boavista.

Após reunião na passada quarta-feira, foi assumido um compromisso com o internacional da selecção das quinas, para comandar os seniores na disputa do nacional da segunda divisão.
Eduardo Ferreira, que nas últimas semanas acompanhava “oficiosamente” os treinos da equipa de infantis, passará a partir desta data a fazer parte dos quadros técnicos axadrezados.


Amanhã (Sábado) o jornal “O Jogo” apresentará uma reportagem sobre esta aquisição do andebol do Boavista.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

KARATÉ - BOAVISTA FARÁ ACTUAÇÃO NA PRAÇA D. JOÃO I

Evento: O Porto em Boa Forma
Local: Praça D. João I – Porto
Data: 14/06/14
Hora: 14.30

A equipa de graduados do Boavista Karate participará no próximo sábado, paralelamente com outras artes marciais, com uma demonstração no evento “O Porto em Boa Forma”, da PortoLazer.

domingo, 8 de junho de 2014

ANDEBOL - (SENIORES) BOAVISTA TERMINA A ÉPOCA E SOBE À SEGUNDA DIVISÃO NACIONAL

Correcção ao anunciado ontem. 
No calor do jogo fomos dando as informações que tínhamos em arquivo. Hoje, já mais calmos, temos que esclarecer alguns pontos de interesse de todos os Boavisteiros.
Assim;
Confirmamos que o Boavista FC subiu ao segundo escalão do andebol nacional, disputando na próxima época o campeonato nacional da 2ª divisão.


Que – ao contrário que estava programado e anunciado, por nós – o Boavista não participa em mais nenhum jogo esta época. 
Para o apuramento do campeão nacional da terceira divisão, defrontar-se-ão os vencedores das duas zonas.

As equipas que subiram de divisão:

HÓQUEI EM PATINS - BOAVISTA GOLEIA E MANTEM 3º POSTO A UMA JORNADA DO FINAL

O Boavista venceu o Paço de Rei por concludentes 10/4 na penúltima jornada do campeonato distrital de Hóquei em patins mantendo um honroso terceiro lugar na tabela classificativa.


Na última jornada a realizar no próximo dia 14 pelas 21 horas o Boavista desloca-se (bem perto do Bessa) a Santa Cruz do Bispo para defrontar a equipa local

FUTSAL - INFANTIS DEFRONTAM BENFICA NA FINAL DE ALENQUER

O Boavista disputará a final do V Torneio Orlando Duarte em Alenquer na categoria de Infantis, defrontando o Benfica em jogo com início pelas 17 horas.
Os jogos deste torneio decorrerm no Pavilhão de Alenquer

ANDEBOL - BOAVISTA SUBIU AO SEGUNDO ESCALÃO NACIONAL

O Amadoras, errou!
Mas foi um erro que ao invés de lamentarmos… saudamos!
Por lapso nosso, fomos informando, no decorrer do acompanhamento do jogo de andebol que ontem se realizou em Castelo Branco, que com a vitória o Boavista transitaria para a fase decisiva da atribuição da subida de divisão!
Tal não corresponde à verdade.

Porque com a vitória que conseguiu o
BOAVISTA ASSEGUROU A SUBIDA DE DIVISÃO
A última fase, apenas irá atribuir o título de Campeão

Parabéns a todo o grupo de trabalho e todo o departamento de andebol e as desculpas aos nossos leitores.