Texto principal

ESTÃO ABERTAS AS CAPTAÇÕES PARA OS PLANTEIS DE FORMAÇÃO DE FUTSAL. CONHEÇA OS DIAS DE TREINOS E ESCALÕES, CLICANDO NA FOTO DO LADO DIREITO DESTA PÁGINA.

sábado, 30 de janeiro de 2016

FUTSAL (SUB 20) - TODOS OS CLUBES APURADOS PARA A LUTA PELO TÍTULO NACIONAL

As equipas apuradas para a fase final a nívl nacional de futsal (Sub 20), são as seguintes:

BOAVISTA FC
ADCR CAXINAS
D. JORGE ANTUNES
CONTACTO FUTSAL
SPORTING CP
SL BENFICA
LEÕES PORTO SALVO
CF “OS BELENENSES”


Registe-se que 3 das 4 equipas presentes na fase final da Taça Nacional de Juniores da época passada, foram apurados para esta fase, o que mais valoriza a conquista do título do Boavista na época 2014/15.

FUTSAL (SUB 20) - BOAVISTA, VENCE E CONQUISTA O PRIMEIRO LUGAR DA ZONA NORTE

Terminou a fase zonal do Campeonato Sub 20, de futsal.

O Boavista conquistou o primeiro lugar nesta fase

RESULTADOS

BOAVISTA FC 10  - AJB TABUAÇO 2
ADCR CAXINAS 4 – A AC. COIMBRA 0
CONTACTO FUTSAL 1 – D. JORGE ANTUNES 4

Com estes resultados as equipas apuradas para a fase nacional, são:

BOAVISTA FC
ADCR CAXINAS
D. JORGE ANTUNES

CONTACTO FUTSAL

VOLEIBOL - O BOAVISTA JÁ CHEGOU À ILHA DO PICO

Última hora, a equipa de Voleibol do Boavista, aterrou há cinco minutos no aeroporto do Pico, concluindo a passagem área.

Segue-se a ligação de autocarro, com duração de cerca de uma hora, para toda a comitiva ter o seu merecido descanso e iniciarem a preparação do jogo.

CARLOS SIMÃO, ( NO AEROPORTO) APOSTA NA VITÓRIA

Enquanto as atletas tratavam de toda a logística pessoal para preparar o embarque, questionamos o técnico Carlos Simão sobre a importância do jogo de amanhã.

A três jornadas do final da fase, temos ainda três candidatos ao grupo principal. Este jogo, passa a ter uma grande importância?

Se formos a pensar na nossa situação pontual e em dependermos somente de nós próprios, é um jogo muito importante. Mas o facto, é que este fim-de-semana, há outros jogos muito importantes, com interferência na classificação final. 
Hoje (era já madrugada) o Castêlo, joga no Belenenses e amanhã o Braga jogará, também, em Belém, que são resultados que nos podem ajudar.

O Boavista, precisa de pelo menos um ponto, nos Açores?


Nem me passa pela cabeça, outro resultado que não seja a nossa vitória. Se a gente vai ganhar ou não, depois vê-se, mas a mensagem que vamos passar para a equipa é vencer. 
Não vale a pena andarmos aqui com grandes enredos, que o jogo é difícil, pela subjacência da viagem, pela mais-valia que o nosso adversário, agora tem... Mesmo, nós estando mais condicionados, vamos para ganhar. Quem vai, vai com a atitude de querer ganhar.

VOLEIBOL - BOAVISTA EM VIAGEM PARA OS AÇORES



A equipa sénior de voleibol, partiu pelas 05.50 do aeroporto Sá Carneiro rumo à ilha do Pico.

Estivemos presentes e apresentaremos, brevemente, uma reportagem, que incluiu a previsão do técnico axadrezado, Professor Carlos Simão.

Informaremos, de imediato,  logo que a comitiva chegue ao seu destino

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

FUTEBOL FEMININO - SORTEIO DA TAÇA DE PORTUGAL, DETERMINA VISITA DO BOAVISTA A VISEU

Realizou-se, esta sexta-feira na sede da Federação, o sorteio dos quartos de final da Taça de Portugal de futebol feminino.

Os jogos, referente a esta quinta eliminatória vão realizar-se no próximo dia 27 de fevereiro.

Eis o resultado do sorteio:

Viseu 2001 – Boavista FC
Valadares Gaia - CA Ouriense
Albergaria Mazel - Estoril

Futebol Benfica - CAC Pontinha

NOVO CONTRATO DE SPONSORIZAÇÃO ASSINADO HOJE.

O Departamento Comercial das Amadoras, estabeleceu novo contrato de sponsorização, para a equipa sénior do Voleibol, desta feita, com a Confeitaria Divinal.
O proprietário da "Divinal" e a "bombardeira axadrezada" Bia.
Amanhã, daremos mais pormenores sobre este protocolo, conseguido pelo Director Comercial das Amadoras, Carlos Paiva, com o apoio do Dirigente deo Departamento de Voleibol, José Falcão.

CÉSAR VASCONCELOS, EM ENTREVISTA A PUBLICAR EM BREVE


Vamos apresentar nos próximos dias uma entrevista com César Vasconcelos, treinador da equipa Júnior de Andebol.

VOLEIBOL - ANÁLISE E PREVISÃO A UM FIM DE SEMANA (QUASE) DECISIVO, COM O BOAVISTA NOS AÇORES

 
A equipa sénior de Voleibol, viaja esta madrugada, para os Açores, para disputar um jogo de crucial importância para a atribuição do quarto lugar final, desta fase.

O adversário, do jogo a realizar no Domingo, é a equipa da ilha do Pico, o Ribeirense, e é, teoricamente, um adversário directo na luta pelo lugar no grupo dos primeiros. Numa aposta pessoal (nossa) acreditamos que na classificação final Boavista, Belenenses e Ribeirense, ocuparão os quarto, quinto e sexto lugar

Apresentamos e fundamentamos a nossa previsão.
1.       Apresenta-se como algo complicada a análise ao “ponto da situação” do campeonato Nacional de Voleibol, a duas jornadas do final da primeira fase e a razão é de caracter excpecional, provocada pelos sistemáticos adiamentos que os jogos da equipa Açoriana, do Ribeirense a realizar em casa. Todos estes adiamentos, têm a ver com a impossibilidade (em semanas diferentes) de se viajar para a ilha do Pico, por razões meteorológicas.

2.       Mesmo, nestas condições, vamos “arriscar” fazer previsões.


3.       O Ribeirense tem em atraso os seguintes jogos:
CD Ribeirense – Boavista FC (adiado da 16ª jornada, a realizar no Domingo))
CD Ribeirense – Castêlo da Maia (20ª jornada)

a.       Tem os jogos calendarizados “normais”
CD Ribeirense – Leixões SC (21ª jornada a realizar amanhã)
CD Ribeirense – GDC  Gueifães (22ª jornada)
b.      Em resumo em quatro jogos o Ribeirense, disputa-os todos em casa.
c.       Como se pode verificar na tabela classificativa (exceptuamos outros pretendentes pelos jogos com equipa praticamente invencíveis a este nível) as Açorianas, têm neste momento, 24 pontos e  podem conquistar mais 9 pontos (prevemos a derrota com o Leixões) terminando com o máximo de 33 pontos.
d.      Nota: nestas contas, consideramos a derrota do Boavista, por 0/3 ou 1/3 no jogo entre ambos.
e.      Em caso de (mesmo perdendo) o Boavista ceder por 2/3, o Ribeirense terminaria com 32 pontos.


4.       O caso do  Belenenses
a.       A equipa tem a realizar os seguintes jogos:
Belenenses – Castêlo Maia ( adiado 14ª jornada a realizar manhã)
Belenenses – SC Braga (21ª jornada a realizar no domingo)
Belenenses – Porto Volei (22ª jornada)
b.      Neste momento, o Belenenses tem amealhados 29 pontos e mesmo perdendo com o Porto Volei (derrota natural) pode conquistar mais 6 pontos, totalizando 35 pontos.

5.       Caso do Boavista.
a.       Tem para jogar dois jogos
CD Ribeirense – Boavista FC ( o tal jogo a realizar no domingo)
Boavista FC – Un. Lusófona
b.      Somando no momento, 31 pontos, damos como natural a vitória sobre a Lusófona, ao Boavista, faltará (pior das hipóteses, na combinação de resultados) somar um ponto no Pico, para ficar em quarto lugar.

Tudo ficará mais esclarecido no Domingo, até (principalmente) pelo resultado do jogo dos Açores e do jogo de Belém. Neste jogo, se o Braga, perder por 2/3, soma um ponto e tira o Belenenses da luta.

Emoção a seguir de perto e por essa razão, o Amadoras estará hoje, no aeroporto do Porto para fazer reportagem junto à Nossa equipa! 

Estaremos no "Sá Carneiro" pelas quatro horas da manhã. 
A Partida está prevista para as 06.00, com o seguinte programa:
Partida de Porto para Lisboa 06.00
Partida de Lisboa para o Pico pelas 11.50
Chegada ao Pico pelas 15.30 (hora local)

Vamos a Elas Panteras!

BOXE - CARLOS CALDAS, RESUME A ÉPOCA ANTERIOR E LANÇA A ACTUAL

EM ONZE ANOS, O BOAVISTA CONQUISTOU DEZ TÍTULOS NACIONAIS DE CONSAGRADOS

Carlos Caldas, director e treinador do Boxe do Boavista, analisou a época anterior, repleta de êxitos, lançado as bases para a nova época que se está a preparar.
Como pugilista, Carlos Caldas vai directo ao assunto sem qualquer rodeio.

Quer fazer um resumo sobre a época passada?

A época passada foi uma época muito importante para o boxe do Boavista, porque de forma global, conseguimos os títulos quase todos. Aqueles que não conseguimos, foi por motivos, um pouco políticos que acabaram, por ser, quase um oferecer, esses títulos, a um clube de Lisboa, que andava a criar alguns problemas com a Federação e de certo modo, foi a forma de acalmarem a situação.

Resumindo as provas. Vamos fazer um balanço sobre as provas?

Começando, então, pelo princípio da época. As primeiras provas são os campeonatos de Juniores e Cadetes. Nesses campeonatos, fomos Campeões Regionais e em seguida, Campeões Nacionais. 
Deixe-me registar, que eram uns títulos que não conseguíamos há bastante tempo, motivado por não terem aparecido miúdos nas últimas épocas. Sensivelmente, há duas épocas esses miúdos apareceram e conseguiu-se trabalhar, formando-os técnica e psicologicamente.
Seguidamente, foi a Taça de Portugal, em que fomos Campeões Regionais e tínhamos tudo para ser Vencedores Nacionais, mas como já referi, outros valores se levantaram e o clube de Lisboa, acabou por ser favorecido com uma decisão no mínimo muito discutível.

As pressões resultaram?

O citado clube, não quero dizer o nome, criou atritos á Federação e quase lhe foi oferecido o título de vencedor. Resultou, dai que fomos vice-campeões da Taça de Portugal.

Mas houve mais provas?

Sim. em seguida realizou-se o Campeonato Nacional de Consagrados, e tendo em conta que todos os títulos são importantes, ninguém tem dúvidas que esta prova é seguramente a mais importante da época. Este é o campeonato, mais importante, das idades, dos pesos, de tudo um pouco. 
Fomos, Campeões Regionais, culminando com o título de Campeões Nacionais. em ambos os casos, conseguimos esses títulos com bastantes campeões individuais. Como sabe, o Campeão Nacional é atribuído ao clube que tiver maior número de campeões individuais na prova. Por norma, conseguimos o título com três Campeões nacionais e este ano, conseguimos conquistar com quatro campeões individuais.

É verdade que esta vitória foi especial?

É verdade. Fiquei muito feliz porque ´o Boavista atingiu o segundo penta-campeão, em onze anos. Isto é, em onze anos, fomos dez vezes Campeões Nacionais, com a interrupção de um ano, após o primeiro penta-campeonato. Desconheço se algum clube, mais o conseguiu, mas mesmo que exista essa situação, é algum muito raro, no nosso panorama desportivo.

Foi um ano positivo?

Foi mais que isso, foi o tope, foi muito positivo. Foi excelente.

Terminado este resumo, coloco a questão. Já se iniciou a preparação para nova época?

Já começamos a trabalhar para este ano e com os mesmos objectivos, que é conseguir novo campeonato. Gostaríamos de ser novamente campeões, mas os outros clubes também trabalham para esse fim. 
A nossa primeira aposta não é que os nossos atletas cheguem e sejam campeões. A ideia e aposta é que os nossos atletas estejam sempre a cem por cento, para lutarem pelo título. Mas a base é o trabalho e conseguir-se sempre mais.

Independentemente de formar atletas campeões também existe a vertente de formação pura?

É a tal situação dos Cadetes e Juniores, que se iniciam do zero e vão ser no futuro, os possíveis e prováveis campeões Nacionais, dando seguimento aos actuais campeões seniores consagrados, quando estes passarem, a profissionais ou acabarem a carreira.
Nem todos conseguirão atingir esse patamar, mas trabalhamos para que todos os consigam.

Já tem atletas novos?

Ainda é um pouco cedo para isso, porque os campeonatos Regionais de Cadetes e Juniores, acontecem geralmente entre Abril e Maio. Estamos a trabalhar para que os pretendentes, nessa altura, estejam no seu melhor.

O Carlos Caldas e o Boavista, começa a cimentar uma escola de prestigio no boxe. Tem essa noção?

Sinto-me muito orgulhoso, pelos atletas que tenho em todos os escalões, porque foi um ano muito positivo, no qual podíamos ter conquistado os títulos todos. Mas acho, que esse facto, poderá começar a incomodar muito algumas pessoas e muitos clubes e associações, porque estão a ser muitos anos consecutivos a vitória do Boavista.

Fugiu um pouco à pergunta. E pessoalmente como se sente?

Sinto, naturalmente, o orgulho de comandar um clube que é um exemplo na modalidade em Portugal. O Boavista, é um exemplo para a modalidade e para os outros clubes. Quando se fala de Boxe, fala-se de Boavista.

Qualquer interessado em praticar boxe no Boavista, o que tem que fazer?

Deve procurar contactar-me no Bessa ou de outra forma, pode ser através do nosso email 
modalidades.comunicacao.mp@boavistafc.pt”. 
Uma coisa digo a todos, se querem competir, devem estar preparados para trabalhar muito, porque o boxe é uma modalidade que requer muito trabalho e dedicação. Não é uma modalidade fácil em que temos que trabalhar, muito física e psicologicamente. O boxe é para pessoas de trabalho e pessoas inteligentes.

Voltamos ao mesmo. As pessoas erram ao analisar o pugilista?

Claramente. O pugilista tem que ser uma pessoa inteligente e não um marginal, como muitos teimam em classificar. É uma modalidade olímpica, praticada, cada vez mais, por pessoas muito inteligentes que gostem de desporto, sendo uma das modalidades mais antigas.

Entrevista de 
Manuel Pina

TELMA CARDOSO E BEATRIZ SAMPAIO, AS INSEPARÁVEIS, EM ENTREVISTA...CONJUNTA


 Telma Cardoso e Beatriz Sampaio, são duas amigas, (quase) inseparáveis, que pertencem à equipa de Juvenis de voleibol. Sempre disponíveis para conversar. 
A conversa de hoje, servirá para comparar o que disseram… há dois anos atrás.

Decidimos, (também, não as separar) e conversamos a três.


Vamos começar por nos identificar aos nossos leitores. Quem são estas amigas inseparáveis?

Telma – Sou a Telma Cardoso, tenho dezasseis anos, pertenço à equipa de Juvenis e estou no Boavista há três anos. Melhor, cumpro a minha terceira época no clube. Comecei na equipa de Iniciadas.

Bia – Eu comecei em Iniciadas, saí do Boavista, como Cadete e regressei como juvenil.
Qual a razão de teres saído?
Bia – As coisas estavam, no meu entender, um bocado mal, em termos tecnicos e de treinador e …saí.
Para que clube?
Bia – Saí para o FC Infesta.
Telma

Beatriz

Como estão a “ver” esta época? Qual a diferença entre a menina das Iniciadas e “mulher” das Juvenis?

Telma – A menina cresceu e aprendeu bastante. Este ano, sinto que o Boavista, progrediu muito, em termos técnicos e em termos competitivos e eu acompanhei essa evolução.

Bia – O trabalho é mais duro, mas sabemos que nos vai compensar no futuro de tudo o que estamos a fazer actualemente.

Que nível de evolução sente que alcançaram?

Telma – Sinto, sem medo de o dizer, que evolui imenso, mas quero e, vou evoluir muito mais. É o meu primeiro ano de Juvenil, por isso, tenho margem para evoluir.

Bia – Sinto que evolui bastante. Agora as coisas estão melhores, mais exigentes mas melhores. Como juvenil, acho que estou bem, mas considero que tenho idade para aprender muito e assim, evoluir muito mais.

A nível de equipa, como está a correr a época?

Telma – A nossa série era muito difícil e não conseguimos passar para o nacional, mas conseguimos outros objectivos, que foi criar a base para o futuro. Na primeira volta, perdemos os jogos todos, mas depois conseguimos recuperar e terminar em quinto lugar.

Bia – Concordo com a Telma. Ao iniciar foi um bocado mau mas estamos a melhorar. Agora, vamos disputar o regional e depois passamos para o AVP de Juniores.


Sempre a correr, lá foram as duas...

FUTSAL - AGENDA DESPORTIVA






VOLEIBOL - AGENDA DESPORTIVA PARA O FIM DE SEMANA





quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

FUTSAL (SUB 20) - JOÃO MARQUES, ANALISA A PROVA DO BOAVISTA A UMA JORNADA DO FINAL DA FASE ZONAL

Para realizarmos um ponto de situação - a uma jornada do final da fase zonal - sobre a participação da equipa de Juniores (Sub 20) de futsal, contactamos o seu técnico, João Marques, a quem colocamos algumas questões.


A uma jornada do final desta fase, o Boavista, reconquistou o primeiro lugar da tabela classificativa, passando a ser, obviamente, o principal favorito a terminar nessa posição, esta fase. Surpreendeu-te esta posição?

Só se surpreende quem não conhece a equipa e não conhece como se trabalha. Quando iniciamos a época tínhamos dois objectivos, mas o principal era conseguirmos o apuramento para a fase final. 
Após termos conseguido o apuramento, apostamos em lutar pelo primeiro lugar, que não dando nenhum título é sempre significativo e histórico para registo futuro. Felizmente estamos nessa luta. 
Não sendo uma coisa que traga diferenças para a segunda fase, mas é algo importante para o grupo, pelo prestigio e mérito.

Esta segunda volta, foi um pouco atribulada para todos os clubes. Se tivermos em conta, como exemplo, a última jornada. A que se deve tamanha variação de resultados?

Isso, acaba por confirmar o que  venho a dizer há meses atrás. É um campeonato, que não dá para desconcentrações. É um campeonato, composto por excelentes equipas, em que todos podem vencer todos. O que estiver em último pode vencer o primeiro, como já se provou. 
Nenhuma equipa entrava em campo, sabendo de antemão que iria vencer e isso tornou os resultados imprevisíveis.

Baseando-nos, nesse aspecto competitivo, consideras que a aposta da FPF neste campeonato, foi uma aposta ganha?

Sim, considero. Considero, que isto foi uma grande aposta e uma mais-valia para a formação. Neste momento, estão aqui as melhores equipas e espero que no futuro este campeonato traga vantagens para o escalão sénior.

O jogo com o Tabuaço, sendo último, vai permitir dar algumas folgas a jogadores mais utilizados ou vais apostar em manter o primeiro lugar?


Folgas nunca damos. Num clube como o Boavista temos que lutar sempre para ganhar. Assim, vamos apostar em manter o primeiro lugar que é neste momento o nosso objectivo. Vamos lutar para conseguir os três pontos.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

SITE DA IMPORVALEY, COM NOTICIAS NA INTEGRA, DO NOSSO BLOGUE

Capa do site
Os artigos, do Blogue das Amadoras, sobre o protocolo entre a IMPORVALEY e o Boavista Futebol Clube, estão publicados na íntegra na página Oficial do Site da empresa.

Pode visitar esse site, clicando em:



ANDEBOL - PONTO DA SITUAÇÃO DOS NACIONAIS


SENIORES
RESULTADOS
 CLASSIFICAÇÃO

 JUNIORES
RESULTADOS

 CLASSIFICAÇÃO

JUVENIS
RESULTADOS

CLASSIFICAÇÃO

ENTREVISTA COM PAULO PINHEIRO (IMPORVALEY) PATROCIONADOR DO BILHAR AXADREZADO

"Com a IMPORVALEY, tudo é possível"

Para conclusão, da reportagem que efectuamos, aquando da assinatura do contrato de sponsorização, entre a Imporvaley e o Boavista Futebol Clube (Bilhar) entrevistamos o Senhor Paulo Pinheiro, representante da Empresa, que nos deu a conhecer um pouco, da Multinacional, que passará a colaborar com o nosso clube.

Senhor, Paulo Pinheiro, quer dar-nos a conhecer um pouco da Imporvaley?

Sou o representante a Imporvaley que é uma marca que existe há vinte anos. Somos lideres de marcado, na função de bilhares numa linha de “Luxury interior design”. Ultimamente, aderimos às competições.

Uma experiência nova?

Não é nova, porque já o fizemos há vinte anos atrás, fomos os primeiros a fazer uma Eurotour Oficial em Portugal. 
Realizamos o Maia 94, que foi outro grande evento em Portugal e "mandamos" o maior número de jogadores a Las Vegas. Depois dessa fase, deixamos as competições.

Regressam através deste acordo com o Boavista?

Quando se regressa às competições, tudo acontece… e aconteceu esta relação com o Boavista. Estamos virados para as competições e de "corpo e alma" para apoiar o desporto.

Podemos sintetizar as bases do acordo entre Boavista e a Imporvaley?

A IMPORVALEY, irá colocar á disposição do Departamento de Bilhar, 1 Mesa de Pool Americano, 4 Mesas de Pool Português e 2 Mesas de 7 Pés, destinadas á Formação (Academia Boavista FC), para além de apostarmos, em tornar a sala de Biilhar dos Boavista Futebol Clube, uma das mais belas e melhores apetrechadas do país.

É... (não podia deixar de ser) um adepto do Bilhar?

No meu tempo, joguei e tirei bons resultados. Gosto de ver, boa modalidade e por isso, estamos a apoiar e acho que bem, o desporto.

Junta ao cargo de empresário o desportista?

Exactamente.

Qual o estado da empresa, num momento de crise global?

Graças a Deus, num período de austeridade estamos com uma saúde financeira muito boa, o que me alegra muito. Isto, porque, temos, uma gestão meticulosa. 
A empresa, neste momento é uma empresa multinacional. Apostamos nos mercados externos.

Em que países?

Estamos no Médio Oriente, no Dubai desde 2007. Em Marrocos, Moçambique e França, que são mercados em que temos a mesma estrutura e operamos da mesma maneira que em Portugal, excepto a unidade de produção que é produto nacional, somos fabricantes.

Tenho conhecimento de abertura de uma linha de crédito. Podemos falar sobre isso?

É oficial e por isso, podemos divulgar. Como disse há minutos atrás estaremos de “corpo e alma” para apoiar o desporto. Então, faz todo o sentido a Imporvaley, facilitar e abrir um a linha de crédito, aos clubes, aos salões, aos jogadores para adquirirem material. 
Por vezes, nós queremos algo, mas não temos possibilidade de comprar nesse momento, mas com a Imporvaley tudo é possível!

Podemos exemplificar a forma de colaboração?


Criar condições às casas. Mudanças de panos, mudanças de bilhares. Acessórios para os jogadores e obviamente... fasear pagamentos e estabelecer compromissos, na certeza que tudo correrá bem.

Entrevista de
Manuel Pina

ENTREVISTAS A PUBLICAR A CURTO PRAZO

Estão programadas as seguintes entrevistas a serem publicadas a curto prazo.
Bilhar
Hoje, Paulo Pinheiro, representante da Imporvaley
Boxe
Carlos Caldas, treinador e Director
Paulo Moreira (pugilista)
Voleibol
Telma Cardoso e Beatriz Sampaio (atletas)
Futsal
João Marques


segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

ANDEBOL - RESULTADOS DO FIM DE SEMANA



VOLEIBOL - RESULTADOS DO FIM DE SEMANA