Texto principal

TERMINADA MAIS UMA ÉPOCA DESPORTIVA, DESEJAMOS A TODOS ATLETAS E SEUS FAMILIARES UMAS BOAS E MERECIDAS FÉRIAS, DA NOSSA PARTE CONTINUAREMOS O TRABALHO PREPARANDO A NOVA ÉPOCA DE 2019/2020. BOAS FÉRIAS


sábado, 3 de maio de 2014

VOLEIBOL - O CASO DO JOGO (OU) DO CAMPEONATO

Foi o caso do jogo. Que poderá ter valido a vitória no campeonato e o título de campeão.
Aconteceu na fase final da negra e conta-se facilmente.
Após uma extraordinária recuperação do Boavista e com o resultado em 14/13, num ataque Lisboeta a atleta remata… para fora.
De imediato as panteras festejam com entrada em campo para os abraços da vitória. As Lisboetas ficaram no seu meio campo a olhar e nada fazer ou dizer. Para surpresa das duas equipas, o árbitro principal, apita e dá ponto para o CV Lisboa, anulando a vitória axadrezada e dando para 14/14…
Não entendemos esta decisão porque uma coisa é não conseguir ver o que acontece e isso, é normal num ser humano, outra é ver o que não aconteceu.

Uma hora depois, a atleta axadrezada continuava a dizer que não tinha tocado na bola. Contrariando a minha visão, a mesma jogadora, deu razão ao árbitro no lance do 15/14 para o CVL.
Todos entram em campo para fazer o melhor, incluindo a de arbitragem, por isso, lhe continuamos a dar o benefício da dúvida ao árbitro.
Mas foi um lance que marcou um jogo, uma época, um título.

Mais que o caso do jogo, foi o caso do campeonato!