Texto principal

O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, ORGANIZA NO PRÓXIMO DIA 17 DE NOVEMBRO A CORRIDA DA PANTERA. UMA PROVA COMPOSTA POR 10 KM DE CORRIDA OU 5 KM CAMINHADA. PARTICIPE!


terça-feira, 19 de julho de 2011

FUTSAL - JORGE ALVES NA SUA PRIMEIRA ENTREVISTA

Jorge Alves, é o novo treinador dos Juvenis de Futsal substituindo Pedro Ferreira que assumiu o comando da equipa Júnior. Jorge Alves trabalha em conjunto com o seu pai (adjunto) e o seu cunhado (treinador de Guarda –redes). Escutamos a opinião do mister no final de mais um treino.
Uma família toda ligada ao futsal e na mesma equipa técnica. Quem arrastou quem?
Primeiro o meu arrastou-me para futebol de onze, com o tempo criei um bichinho pelo futsal e ele de novo acabou por dar o tal empurrão para aqui estarmos a trabalhar há três anos.
Na vida o pai manda no filho… no desporto é o filho que manda no pai?
Nem uma coisa nem outra. Há um respeito e a ligação afectiva normal entre nós, na vida como no desporto falamos muito e analisamos todos os pontos dando cada a sua opinião e trabalhando em conjunto.
Como apareceu o convite para o Boavista?
Através do coordenador, Rui Costa, que nos conhecia pelo trabalho efectuado nos outros clubes. E depois de um convite para vir para este clube… só havia uma resposta a dar que foi aceitar com muita honra.
Os jogadores que treinam à experiencia já são produtos de observação sua?
Sim alguns deles já estavam registados  por nós no conhecimento que vamos tendo com o s jogos que disputamos. Há aí uma ou outra situação que não está resolvida mas a partida serão elementos para contar.
Quantos jogadores farão parte do plantel?
Treze ou catorze seria o ideal pelo que eu tenho visto nestes treinos, acho que temos uma máscula de jogadores de segundo ano, com qualidade que permite pensar que vamos formar uma boa equipa que é sempre o mais importante que o aspecto individual, porque o colectivo é que sempre o mais importante. Pelo que eu tenho visto, considero que teremos uma boa equipa para lutar para grandes objectivos.
Que são?
Lutar com seriedade em todos os jogos, ser campeão distrital e a partir daí lutar pelo Nacional. Neste clube não se poderia pensar de outra forma.
O objectivo pessoal?
Subir passo a passo calmamente na carreia, depois poderão vir os juniores. Espero chegar longe mas com trabalho demonstrado e sustentado e obviamente espero chegar um dia aos seniores, mas para já há que demonstrar valor e resultados. Já que estou no Boavista gostava de ser aqui.
Chegar a um clube representa impor ideias pessoais. Já as determinou?
Dentro das dificuldades que existem em todos os clubes o que pretendo é conseguir um apoio grande para os meus jogadores, principalmente através de logística, que nada nos falte para executar o nosso trabalho e que por sua parte os meus jogadores estejam sempre disponíveis para o trabalho que temos que realizar.