Texto principal

O DEPARTAMENTO DE GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, VAI ORGANIZAR O SARAU DA PRIMAVERA NO PRÓXIMO DIA 25 DE ABRIL

domingo, 12 de junho de 2016

VOLEIBOL - ANÁLISE DA ÉPOCA

Concluída a época da modalidade de Voleibol, apresentamos em seguida a nossa análise sobre todos os escalões.

SENIORES

Excelente participação do Boavista, no primeiro escalão nacional. Apresentando a equipa mais jovem em competição, as panteras terminaram a prova no meritório 5º posto.

Realizando uma primeira volta, que superou em muito, o que se esperava, a equipa caiu (um pouco) na segunda, por motivo de algumas lesões sofridas. De referir que as três primeiras equipas da tabela, se apresentam como profissionais.
Na prova denominada de Campeonato Nacional, o Boavista cedeu nas meias-finais com outra equipa profissional.

Extraordinária época para as Panteras comandada, pelo professores José Machado e Carlos Simão

CAMPEONATO NACIONAL
(5º CLASSIFICADO)


CAMPEONATO NACIONAL (Campeonato !ª divisão)
(2º CLASSIFICADO)



A FORMAÇÃO

Ano, de mudanças radicais no sector de formação, preparando as bases de um ambicioso projecto a três anos, que  aposta na participação das equipas axadrezadas em constantes fases nacional. Coordenado pelo Professor Carlos Simão, que com os seus métodos “revolucionou “ este sector.

JUNIORES
As juniores, classificaram-se no segundo posto no Campeonato distrital tendo garantido o apuramento para o Campeonato. Nacional. Este facto, já não acontecia há várias épocas.
O seus técnicos, Arnaldo Silva e Daniela Terras, conseguiram incutir um espírito competitivo que deu resultados 

CAMPEONATO DISTRITAL
1ª FASE

CAMPEONATO NACIONAL

 JUVENIS
A equipa de Juvenis, foi formada de raiz e a maioria das atletas iniciaram, esta época, o  seu primeiro contacto com o voleibol de competição.
Contrariando, aquilo que as classificações, podem parecer demonstrar, a equipa, evoluiu muito e para a próxima época, irá demonstrar isso mesmo.
Excelente entrega e evolução destas jovens que partiram do… zero. de parabéns a técnica, Rita Melo, a quem todos os conhecedores da modalidade reconhecem o seu extraordinário trabalho.

CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE

2ª FASE SÉRIE 2

  TAÇA AVP 
1ª fase
 2ª Fase
Nota: Nesta prova, competiram no escalão de Juniores

CADETES

A equipa de Cadetes, foi uma aposta para o futuro, que os técnicos axadrezados da formação fizeram.
Evoluindo, paulatina e seguramente, durante a época, desta equipa se espera, essencialmente, resultados no futuro, tendo no entanto, realizando uma época positiva, graças aos conhecimento do seu treinador, José Diogo.


CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE 
 2ª FASE SÉRIE 2
TAÇA AVP
1ª Fase
2ª Fase
Nota: Nesta prova disputaram a competição do escalão de Juniores

INFANTIS

As “meninas dos olhos” de toda a formação! Esta equipa foi  extraordinária no trabalho e na enorme evolução que realizou. Formada por jovens que ainda nem INFANTIS são, a equipa a quem se lhe exigia apenas competir, sem esperar qualquer vitória, surpreendeu tudo e todos, quer adversários quer os seus próprios técnicos.
Autenticas “Feras” a competir e extravasando o espírito dos seus técnicos, Carlos Simão e Daniela Silva, estas serão as Campeãs do Futuro, transformando os seus jogos em verdadeiros espectáculos de alegria, união e emoção. 


CAMPEONATO DISTRITAL 
1ª FASE 
2ª FASE SÉRIE 2


 TAÇA AVP 
1ª Fase
2ª fase

Nota: Nesta prova disputaram a competição no escalão de Iniciadas.

MINIS

A base de toda a formação, o início de tudo. Os primeiros lances, os primeiros jogos. A criação do estilo e da própria atleta. 
Um trabalho enorme e difícil, entregue à dedicação de uma equipa de técnicas que se complementam. Fabiana Silva, Ana Sol, Professor Filipe e a Monitora Carlota Torres

Todas  estas equipas acompanhadas pela grande dedicação e profissionalismo do fisioterapeuta André Luís, um indiscutível reforço da formação axadrezada.