Texto principal

O DEPARTAMENTO DE GINÁSTICA E ARTES MARCIAIS DO BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, VAI ORGANIZAR O SARAU DE ENCERRAMENTO DA ÉPOCA NO DIA 12 DE JULHO NO PAVILHÃO MUNICIPAL DA SENHORA DA HORA.


domingo, 23 de outubro de 2011

FUTSAL - BOAVISTA - BENFICA, CRÓNICA DO JOGO

BOAVISTA FC 2 – SL BENFICA 6
(ao intervalo 1-2)


Pavilhão Infante Sagres
Árbitros:
Leandro Costa e Alfredo Andrade AF Aveiro

Boavista FC
Buffon, Ivan; Fábio, Pedro Andrade e Miguel Ângelo
Jogaram ainda;
Nuno, Orlando, Ricardo Santos, Marcos e Hugo Rocha

SL Benfica
Bebé, Arnaldo, Gonçalo, Diece e Joel
Jogaram ainda;
Davi, Marinho, dentinho, César Paulo, Vitor Hugo, César Dias e Bruno Coelho

Disciplina;
Amarelos;
Miguel Ângelo (3), Ivan (17), Bebé (17), Joel (28)
Duplo Amarelo:
Miguel Ângelo (18)

Marcha do marcador:
1-0 Pedro Silva (4)
1-1 César Paulo (17)
1-2 Diece (19)
1-3 Arnaldo (21)
1-4 Joel (22)
2-4 Fábio (24)
2-5 Dentinho (30)
2-6 Marinho (31)

Durante a primeira parte o Boavista colocou dificuldades ao Benfica, mercê de um rigor defensivo e grande entreajuda dos seus atletas. Marcando cedo o Boavista chegou a comandar o jogo dando posse de bola ao adversário mas conduzindo sempre em jogadas rápidas o peigo à baliza encarnada.

No enanto, à passagem dos dezassete minutos, tudo se alterou, por culpa da equipa de arbitragem. O Benfica tinha empatado, e o seu guarda redes comete falta merecedora de cartão vermelho, que os árbitros perdoam. Para além desta injustiça que colocaria o Benfica em desvantagem numérica, acontece o inverso pois na jogada seguinte Miguel Ângelo é expulso por acumulação de amarelos!

Invertem-se as posições, o Boavista é que fica reduzido e o Benfica… obviamente aproveita para virar o resultado.

No segundo período o Boavista entra mal – ainda sem ter assimilado o que aconteceu no final do período anterior – o Benfica aproveita-se e mata o jogo com dois golos de rajada.

O equilíbrio voltou ao desafio, mas a maior eficácia encarnada faz a diferença final.

Num jogo em que o Benfica era o favorito, os árbitros impediram que se visse como o Benfica iria reagir a uma possível desvantagem no início da segunda parte. Quem gosta de futsal, só tem que lamentar tal facto. Não havia necessidade... Senhores Aveirenses!