Texto principal

TERMINADA MAIS UMA ÉPOCA DESPORTIVA, DESEJAMOS A TODOS ATLETAS E SEUS FAMILIARES UMAS BOAS E MERECIDAS FÉRIAS, DA NOSSA PARTE CONTINUAREMOS O TRABALHO PREPARANDO A NOVA ÉPOCA DE 2019/2020. BOAS FÉRIAS


quinta-feira, 11 de abril de 2013

FUTSAL (ACADEMIA) - MANUEL MOREIRA, O PORTA VOZ DA ORGANIZAÇÃO

Manuel Moreira, o porta-voz

Manuel Moreira, foi o porta-voz da organização da Academia de futsal, no primeiro dia de trabalho. Para conhecermos um pouco mais sobre projecto, tivemos com o Dirigente uma pequena conversa, enquanto decorria o treino.

Qual o principal objectivo que vos levou a constituir a Academia de Futsal?
O principal objectivo é podermos ter nos nossos escalões de futsal, cada vez mais, atletas com base na nossa formação e se possível desde o início. Achamos que com este projecto, podemos formar jogadores para as equipas de competição, com pelo menos um ano de aprendizagem, na Academia. Moldar os jovens, para aquilo que queremos para os nossos jogadores e moldar os atletas para os objectivos que pretendemos no futuro em termos de formação. Queremos trabalha-los desde muito pequeno para que não tenham “vícios” e enquadra-los na metodologia que pretendemos.

Materialmente. Não houve da vossa parte, o objectivo de lucro, como se associam as criações de Academias desportivas?
A base com que iniciamos a Academia, foi termos garantido os custos zero, isto é, termos a garantia que não iriamos sobrecarregar o orçamento do departamento. Assim, iniciamos quando conseguimos ter um número de inscritos que nos garantisse as despesas indispensáveis. Essa meta, foi assegurada e iniciamos os trabalhos. Com o passar do tempo será natural que as inscrições aumentem e a situação permita uma melhor realidade económica para fazermos frente às despesas para melhoramento da academia, comprar novos equipamentos desportivos etc…
 
Director, Pedro no apoio aos familiares
Qual o valor mensal, para cada atleta?
O valor por atleta é de dez euros. Este valor permite-nos fazer frente aos alugueres do pavilhão, que é esse o nosso principal objectivo de momento.

Quantos treinos?
Para o arranque, está previsto que façamos apenas um treino semanal aos sábados aqui, no Pavilhão da Escola do Viso. Esse treino tem a duração de hora e meia e início pelas dez horas da manhã. No futuro a curto/médio prazo, será, nossa intenção a realização de dois treinos por semana.

Essa realidade, alterará o estado inicial?
Sim. A realização de mais treinos, obrigará a novas despesas com os pavilhões, mais disponibilidades dos nossos instrutores, que também pertencem aos outros escalões de formação, etc… tudo isso, está estudado e previsto para o futuro, mais passará pelo crescimento de alunos inscritos.

Há limite de inscrições?
O limite será de sessenta alunos.

Qual o método de trabalho, tendo em conta a diferença (notória) de idades dos alunos?
Nós iremos funcionar, com a divisão de três turmas.
- Traquinas, dos quatro aos seis anos.
- Benjamins dos sete aos nove.
- Infantis dos dez aos doze anos.
As aulas irão decorrer simultaneamente e cada turma terá o máximo de quinze elementos.

Quantos treinadores trabalharão no projecto?
Para já temos três treinadores. Nos Benjamins ficará responsável o professor Hamilton, nos Traquinas e Petizes será o treinador, João Marques e nos Infantis ficará o técnico Nuno Guimarães.

Mais alguma mais-valia no vosso projecto?
De salientar que todo o nosso projecto está alicerçado num apoio médico, cuja responsabilidade fica entregue aos serviços das Doutoras Filipa e Joana, que trabalham actualmente para o departamento e está igualmente assegurado o acompanhamento de fisioterapia. Faço notar, que poucas outras Academias têm este apoio por trás. Este apoio será utilizado para análise das exigências físicas e servirá igualmente para detectarmos ao problema de crescimento do aluno.

O número inicial, foi o esperado ou esperavam mais alunos?
Face ao cepticismo de alguns e confesso, até de nós, pelas dificuldades que actualmente se encontram para colocar de pé algum projecto no Boavista e porque, anteriormente, tentamos lançar este projecto e as coisas não funcionaram. Agora, ao termos aqui presente, no primeiro dia doze alunos, quando quatro (já inscritos) faltaram. Na minha opinião, começarmos com dezoito alunos, é bom. Ao ver as bancadas com várias familiares dos jovens, isso orgulha-nos, porque significa que as pessoas acreditam no nosso trabalho e projecto.

Qual será o futuro?
Para já temos a consciência que tudo está no início e teremos muito trabalho para fazer e muita coisa e pormenores a estudar, para realizar um bom trabalho. Tenho a certeza que com este staff e corpo técnico, o sucesso está garantido. Sabemos o que podemos fazer, o nosso valor e da nossa competência. Estamos certos que esse conjunto de valores irá resultar num bom trabalho que irá agradar a todos os familiares dos alunos. Esse é objectivo principal e nunca a obtenção de lucros com a Academia.