Texto principal

O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, ORGANIZA NO PRÓXIMO DIA 17 DE NOVEMBRO A CORRIDA DA PANTERA. UMA PROVA COMPOSTA POR 10 KM DE CORRIDA OU 5 KM CAMINHADA. PARTICIPE!


quarta-feira, 1 de abril de 2009

SANDRA SILVA A CAPITÃ DAS PANTERAS

Sandra Silva é uma senhora da casa a quem grato cargo de capitaniar o conjunto do xadrez.
Qual é a sensação de ser capitã do Boavista?
É um orgulho enorme ser capitão de um clube com a grandeza do Boavista Futebol Clube, que apesar de nos últimos anos não ter conseguido os melhores resultados desportivos comparados com o seu glorioso passado, continua a ser a referência do futebol feminino em Portugal.

Esta final representará um regresso ao passado?
Sim. Sem dúvida. Há já doze anos que o Boavista não consegue vencer este troféu. Por isso se o vencermos será um marco histórico, ainda por cima as condições que temos são muito diferentes desse passado. Vencer este ano significaria quase o mesmo que vencer dois troféus nos anos passados. Em caso de vitória será o regresso ás vitórias a nível nacional.

O que representa para uma jogadora chegar a uma final da taça de Portugal?
Sendo a Taça de Portugal a segunda prova mais importante a nível nacional é sempre gratificante puder participar na final da mesma .

Pensa em vencer este obstáculo?
Não penso em outra coisa que não seja a vitória numa final contudo sei
que vai ser muito difícil atendendo às várias contrariedades com que nos temos deparado a nível de lesões, nestes últimos dias. Sinto que a equipa tem exactamente o mesmo pensamento.

A sua treinadora fez parte de uma equipa gloriosa como jogadora. E como é na qualidade de treinadora?
Tive o prazer de jogar com a Maria João (Nossa Treinadora) à uns anos atrás.
Posso dizer que também fiz parte dessa equipa gloriosa, daí que já conheço a nossa treinadora e é um prazer enorme poder trabalhar com ela, pois é uma pessoa bastante exigente e com ideias com as quais eu também concordo.
Apresentamos as nossas desculpas pela ignorância...
Foi "por acaso" ter atingido esta fase final da Taça ou nem por isso?
Não foi por acaso. A equipa trabalhou bem e merece este prémio de participar na final da Taça, pois deparou-se ao longo da época com muitas dificuldades. O sorteio também nos foi favorável em algumas situações