Texto principal

O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, ORGANIZA NO PRÓXIMO DIA 17 DE NOVEMBRO A CORRIDA DA PANTERA. UMA PROVA COMPOSTA POR 10 KM DE CORRIDA OU 5 KM CAMINHADA. PARTICIPE!


segunda-feira, 13 de outubro de 2014

FUTEBOL FEMININO - BOAVISTA GOLEIA LEIXÕES (CRÓNICA DO JOGO)

BOAVISTA FC 4 - LEIXÕES SC 1

O Boavista, venceu ontem, por números esclarecedores a equipa do Leixões em jogo a contar para o Campeonato Nacional em futebol feminino .

As panteras, dominaram o encontro desde o seu início, mau grado as matosinhenses, terem nos primeiros minutos, tentado jogar no meio campo axadrezado, mas sem  terem conseguido alguma oportunidade de golo. O Boavista, foi impondo o seu jogo, utilizando de preferência o seu flanco esquerdo e desde logo, se tornou obvio que o aparecimento do primeiro golo seria uma questão de tempo.

Tal aconteceu, após a marcação de um canto com Belinha a facturar junto ao segundo poste. Poucos minutos depois, o dois a zero aconteceu com um golão de Bruna que fora da área, vendo o adiantamento da guarda-redes adversária, rematou ao segundo poste e ao angulo superior  do mesmo.
Ainda no primeiro tempo, no último minuto, numa jogada de transição e de plena velocidade, Francisca, entrava na área e frente à guardiã leixonense, escolheu o lado para marcar.

No segundo tempo, o Boavista optou por controlar o jogo e nem a reacção do Leixões ao fazer um golo e diminuir a desvantagem, fez tremer as panteras que se mantiveram donas do jogo e construíram várias oportunidades para repor a vantagem. O que acabaria por acontecer por intermédio de Cátia num forte remate na área matosinhense.

Vitória certa da melhor equipa, que apresentou momentos de excelente futebol. Esta jovem equipa do Boavista foi – para nós- uma excelente surpresa.


ANÁLISE DO TECNICO AXADREZADO

No final do encontro, ouvimos o técnico axadrezado Ivan Baptista, sobre o encontro e o futuro a curto prazo.
Surpreendido pelos números finais?
Não, nós não ficamos surpreendidos com os números, nós sabíamos que  este era um jogo carismático , um jogo muito especial mesmo para as atletas dada a rivalidade e de serem duas equipas (quase ) da mesma cidade e que dizem às gente desta cidade. Com a subida do Leixões este jogo, passou a ser de novo reeditado. Durante a primeira parte, dominamos o jogo e conseguimos um resultados que nos permitiu gerir o mesmo no segundo tempo, gerir as emoções do jogo, para não termos nem lesões nem castigos. Mantivemos uma boa organização e gerimos os processos do jogo.
A construir uma equipa nova, quais são os objectivos?
Nós temos um projecto a médio prazo, temos uma equipa muito jovem e pode ver hoje na equipa titular muita gente nova, com uma média de idade a rondar os dezoito anos, que transforma esta equipa muito nova. Temos que evoluir jogo a jogo, com calma, com certezas e sem colocarmos a fasquia muito elevado porque sabemos as nossas dificuldades. Mas também sabemos as nossas qualidade para num projecto a médio prazo voltarmos a ser candidatos a luta pelos títulos.

Então a aposta é a manutenção?
Não quero falar dessa forma é jogo a jogo. Hoje tivemos um jogo com um adversário directo, vamos apostar em tentar vencer todos os jogos, como o próximo contra o campeão nacional, que é o Ouriense e veremos onde os pontos nos levam