Texto principal

O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, ORGANIZA NO PRÓXIMO DIA 17 DE NOVEMBRO A CORRIDA DA PANTERA. UMA PROVA COMPOSTA POR 10 KM DE CORRIDA OU 5 KM CAMINHADA. PARTICIPE!


segunda-feira, 27 de abril de 2009

ANDEBOL JUVENIS - VITOR NASCIMENTO CONTRA O DESTINO (QUE LHE RESERVOU A FEDERAÇÃO)

CONSCIENTE DA DIFICULADES MAS DESCONTRAÍDO!

Vítor Nascimento é o treinador da equipa Juvenil que tem a difícil missão de evitar a despromoção.
Surpreendido pela alteração da Prova que disputa, recusa ceder sem lutar naquilo que muitos consideram uma missão impossível.

A forma de disputa da fase final foi alterada. A sua missão (manutenção) passou a ser uma missão impossível?
Realmente os regulamentos foram alterados. Era previsto ser disputado a duas voltas e entre as oito equipas que disputam esta fase.
Entretanto a Federação transformou numa só. Isto torna mais difícil recuperar a classificação que temos, mas considero que não é impossível porque depois desta jornada só nos encontramos a três pontos da equipa que está acima de nós.

A equipa tem a consciência das dificuldades?
Sim, estão conscientes da situação e se algumas vezes tenho dito que eles tomam atitudes que não deveriam tomar, neste momento, verifico que estão empenhados e querem ficar na primeira divisão.

Mesmo que as coisas se compliquem, vão lutar sempre pelos três pontos?
Sinto que sim, que estão mais capacitados e é isso que lhes incuto todos os dias . Sim, acho que eles se vão aplicar todos os fins de semana.

Este jogo foi diferente dos anteriores. Começou mal e acabou bem, como analisa?
Começamos mal porque acusamos a pressão de ser obrigatório vencer e na fase inicial do jogo acusamos em demasia esse nervosismo. No decorrer do jogo penso que houve um momento importante quando fiz um time-out para para tranquilizar os jogadores e dizer que daquela forma nunca iríamos a lado nenhum. Eles consciencializaram-se de que era preciso mais empenho para ganhar o jogo e isso verificou-se no final.

O próximo é para ganhar?
O próximo jogo é contra o nosso adversário directo nesta luta que é o Padroense e é claramente para ganhar, porque ganhando ficamos apenas a um ponto deles e isso para nós funcionará como factor de motivação para o restante campeonato. Para eles será o contrário e deverão começar a preocupar-se connosco para o resto da prova.

Lamentavelmente ficou sem dois jogadores neste jogo. Preocupa-o?
Sim. Infelizmente.
Fazem-lhe falta?
Sim, todos os atletas me fazem falta e estes particularmente porque são atletas de primeira linha. Já tenho um que se lesionou na sexta-feira e é capaz de estar impossibilitado durante três semanas, ou seja, neste momento estou privado de três jogadores de primeira linha o que me permitiria, caso estivesssem disponíveis, gerir o jogo de outra forma. Ainda assim acredito que vamos ganhar, pois todos os outros irão dar o máximo.