Texto principal

TERMINADA MAIS UMA ÉPOCA DESPORTIVA, DESEJAMOS A TODOS ATLETAS E SEUS FAMILIARES UMAS BOAS E MERECIDAS FÉRIAS, DA NOSSA PARTE CONTINUAREMOS O TRABALHO PREPARANDO A NOVA ÉPOCA DE 2019/2020. BOAS FÉRIAS


quarta-feira, 14 de maio de 2014

ACADEMIA DE FUTSAL - PAULO FREITAS ANALISA O PRIMEIRO ANO DE VIDA

Paulo Freitas, acumula os cargos de director da equipa júnior de futsal com igual cargo na Academia de futsal. Foi, nesta última situação, que o contactamos e com ele tivemos uma conversa, durante mais um treino da Academia de futsal axadrezada.
O Paulo é o responsável da Academia?
Sou o director da Academia o coordenador é o Manuel Moreira que vai ser, simultaneamente, o coordenador das equipas de camadas de formação dos Iniciados até aos Benjamins. No dia-a-dia sou o responsável mais directo.

Decorreram uma ou duas semanas, após o primeiro aniversário da academia. Qual o balanço que faz desse primeiro ano?
Tem sido um ano de constante evolução quer em termos organizativos, quer em perspectiva de futuro que é realmente o mais importante. Já tivemos alguns atletas a passar para os escalões de formação – o que é muito importante – considero uma vertente muito importante em qualquer academia, como é importante, a parte da formação do atleta, como das próprias crianças. Nesse aspecto, temos tido vários sucessos, com crianças com maiores dificuldades de comportamento que estão a ficar cada melhor e aqui, também contamos com o departamento médico de psicologia, que existe nas amadoras do Boavista que tem ajudado alguns dos nossos atletas e nessa perspectiva acho que foi um ano de sucesso.

Permita-me uma interrupção. Esse departamento é do futsal ou das amadoras?
Efectivamente, esse departamento está ao serviço de todas as modalidades das Amadoras do Boavista e não exclusivamente de alguma.

Como antevê o futuro a curto prazo?
Na nossa perspectiva é que este primeiro ano, sirva como alavanca para a continuidade da afirmação do nosso projecto.

Qual o número de atletas que têm neste momento?
Já chagamos a ter cerca de trinta atletas. Neste momento, temos menos porque alguns, entretanto, passaram para os escalões de formação. Nesta fase, estão a entrar mais atletas e teremos cerca de vinte e cinco.

Qual o número desejado?
Para nós o ideal, com um treino semanal, seriam entre os trinta e os quarenta. Porquê? Porque temos duas turmas, divididas em fachas etárias, para podermos dar mais atenção a  todos os atletas. Temos três treinadores por turma, o que considero muito bom, sendo  possível uma melhor orientação e faze-los crescer ainda mais.

Para os interessados. Vamos relembrar as condições para a inscrição na academia. Quais são os valores necessários?
Não há inscrição, que é muito importante! Temos um valor de dez euros por mês, que é obrigatório. Quer a criança compareça ou não, isto para não se criar a ideia que “eu não estive no treino, logo não terei que o pagar” . assim a mensalidade é de dez euros!

Algumas excepções?
Quando há irmãos, o segundo irmão tem um desconto de cinquenta por cento, tendo a família que pagar apenas quinze euros pelos dois. Temos alguns casos desses. Para além disso temos que adquirir um equipamento completo, que é formado pelo equipamento principal completo e uma camisola de treino, tudo no valor de vinte e cinco euros.

Resumindo. Aquilo que nasceu de uma ideia com paixão, ao fim de ano é uma realidade?
Exactamente. O nosso objectivo e, como dizem os treinadores, é acabar com as captações para o futsal. Não esquecer que todos  os nossos treinadores estão na formação do Boavista, que é o caso do João Marques que é o técnico dos juniores, o caso do Nuno Guimarães que é treinador dos benjamins e vai passar para os infantis e o Luís que dá apoio quer aos iniciados quer aos benjamins. 
Na minha opinião temos uma equipa técnica muito boa que os observa e os coloca nos respectivos escalões de formação competitiva oficial. Temos miúdos que mesmo não tendo idade para serem benjamins já estão a treinar com eles, porque são a aposta no futuro. No qual desejamos que cada vez menos ajam captações na nossa formação.

No fundo a academia pode ser o primeiro degrau da formação?
É isso que se pretende que miúdos com seis/sete/oito anos ainda sem idade para competir estejam já integrados nesses escalões competitivos.

Como se administra a academia?
Convém dizer que somos completamente autónomos. A academia é independente financeiramente de todos os organismos, quer em despesas quer nas receitas e, mesmo estas receitas, são aplicadas todas na academia. Não existe objectivo de gerar lucros nem de provocar encargos ao departamento de futsal.

Qual a composição do grupo de trabalho?
A Academia é composta pelo coordenador Manuel Moreira (mentor do projecto), actual treinador do escalão de iniciados, pelos treinadores Nuno Guimarães (também do escalão de benjamins), João Marques (também do escalão de juniores) e Luís Cardoso (treinador adjunto dos iniciados e dos benjamins), sendo a parte directiva composta por mim - Paulo Freitas -, pela psicóloga das amadoras Joana Mota Freitas e agora recentemente, com a preciosa colaboração do Rui Resende, também director dos seniores.

Os sábados de manhã serão reservados - na vossa agenda - para os futuros crakes?

Com todo o prazer que isso nos dá, marcamos presença em todos os sábados e continuamos a esperar a chegada de mais jovens para se iniciarem no futsal e para fazerem novos conhecimentos com crianças da sua idade, ajudando-os assim simultaneamente no seu crescimento.