Texto principal

O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE, ORGANIZA NO PRÓXIMO DIA 17 DE NOVEMBRO A CORRIDA DA PANTERA. UMA PROVA COMPOSTA POR 10 KM DE CORRIDA OU 5 KM CAMINHADA. PARTICIPE!


domingo, 23 de dezembro de 2012

FUTSAL - SENIORES JOGO INTERROMPIDO




O jogo de futsal entre o Boavista e o S. João, a contar para o campeonato nacional da segunda divisão, foi interrompido aos trinta de dois minutos e trinta segundos, isto é, a sete minutos e meio do seu final, quanto o Boavista vencia por um a zero.
Esta interrupção, aconteceu por uma quebra de energia eléctrica em cinco projectores que ficava sobre a área defendida pelos axadrezados.
Os regulamentos federativos impõem um período de espera da 30 minutos, passados os quais o jogo deve ser dado por interrompido. Nesta base, os delegados das duas equipas apresentaram a proposta à equipa de arbitragem continuar o jogo nas condições (prejudicais para o Boavista que era o clube mais afectado).
Passados vinte e oito minutos, e quando os árbitros iriam recomeçar o encontro, alguém do S. João voltou com a palavra atrás e negou-se a continuar o encontro.
Lamentável, para os espectadores, que esperaram esse período de tempo na esperança de ver a conclusão do encontro.
Talvez, alguém tenha induzido em erro o delegado da equipa visitando, pensando que o jogo viria a ser repetido na sua integra. O que não acontecerá !
Por falta de energia, só serácimprir o tempo em falta, isto é, sete minutos e meio.
Para essa conclusão (do jogo) estrão inscritos os mesmos atletas deste encontro – excepto se entretanto algum for castigado e não poderá estar representado – qualquer atleta, que ontem estivesse castigado, não viu cumprido o seu castigo, e não poderá (voltar) a jogar neste encontro.
Espera-se que a FPF marque uma nova data, para o cumprimento dos sete minutos e meio de jogo.