Texto principal

ESTA ÉPOCA, O BOAVISTA FUTEBOL CLUBE CONTINUARÁ A PARTICIPAR EM VÁRIAS MODALIDADES A NÍVEL NACIONAL, COM OS OBJECTIVOS DE HONRAR O NOME DESTE CLUBE. O ANDEBOL SÉNIOR E VOLEIBOL FEMININO, DISPUTAM O PRIMEIRO ESCALÃO NACIONAL... OUTRAS MODALIDADES LUTAM PELO REGRESSO A ESSE ESCALÃO.


segunda-feira, 18 de julho de 2016

DAVID COELHO, DIRECTOR-GERAL DA TRYVEL, ANALISA PARCEIRA COM O BOAVISTA

David Coelho, é o Director-geral da empresa Tryvel, que assinou o protocolo para lançamento do departamento de viagens do Boavista Futebol Clube.
Para conhecermos um pouco mais, quer a empresa, quer todo o processo do protocolo assinado, entrevistamos e o responsável pela Tryvel.

Como nasceu esta ideia de colaboração com o  Boavista?

Conhecia a direcção da área das Modalidades Amadoras do Vosso Clube e facilmente percebi, que havia algo que nos unia, que é exactamente a paixão pelas pessoas e por aquilo, que mais as motiva. 
Esse é o lema da nossa empresa e como verificamos, também, do Boavista. Nesse sentido e como nós representamos uma empresa que é uma agência de viagens muito focada nas pessoas, nomeadamente na variante de viagens em grupo, em que tentamos envolver parcerias, potenciar convívios, dar cor à vida. Assim surgiu a ideia de trazer este conhecimento ao Boavista e sentimos que com isto, estamos a fazer mais.

Para a empresa será mais uma parceria, para o Boavista será a primeira experiência neste ramo. Que ambições e objectivos esperam obter?

Penso que com a experiência acumulada que já temos em relações a outras entidades não desportivas, como Associações, empresas, multinacionais, etc… estas empresas que movimentam muitos milhares de pessoas, começaram também assim. 
Tentamos perceber se as pessoas de uma forma ou outra, encontram mais motivos para estarem juntos. Com esse movimento começaram a aparecer outras pessoas. Estou convencido que no Boavista será igualmente, assim e que as pessoas virão em alguns projectos a desenvolver para o futuro, a nível de viagens, sejam eles na Europa na Ásia, ou viagens ligadas à própria família, ou viagens ligadas ao próprio desporto. 
Acho que vai ser muito atractivo e que o céu é o limite.

A Tryvel, está disposta a emprestar a Vossa experiência ao Departamento Comercial das Amadoras, de forma a se iniciar neste projecto a médio prazo?


De todo...de todo. Não existem empresas sem clientes. Claramente, aquilo, que sabemos está sempre ao dispor dos nossos clientes e assim será com o Boavista. Não vemos o Boavista Futebol Clube, como um cliente, mas como um parceiro. 
É muito difícil um projecto ter um resultado absoluto e atingir-se aquilo que se quer se não houver parceira se não houver partilha.