Texto principal

TERMINADA MAIS UMA ÉPOCA DESPORTIVA, DESEJAMOS A TODOS ATLETAS E SEUS FAMILIARES UMAS BOAS E MERECIDAS FÉRIAS, DA NOSSA PARTE CONTINUAREMOS O TRABALHO PREPARANDO A NOVA ÉPOCA DE 2019/2020. BOAS FÉRIAS


segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

VOLEIBOL - JUNIORES PERDEM UM JOGO QUE TINHAM CONTROLADO

Não tendo pretensões técnicas nem tácticas para saber analisar o que se passou no jogo de ontem entre as juniores do Boavista e do Frei Gil em Voleibol, desta forma, considero que foi um jogo decidido pela força mental de cada conjunto.


As forasteiras apresentaram-se somente com seis elementos e desde logo pairou a ideia (eu próprio) que o jogo seria rápido e favorável ás panteras. Rápido não foi, porque o Frei Gil discutiu sempre jogada a jogada o encontro que acabaria por ser longo (2 horas e 15 minutos).

No primeiro set, ganho pelo Boavista pela marca de  25/20, a equipa axadrezada comandou sempre o marcador e ganhou com inteira justiça, sem nunca as jovens do frei se terem entregues.

O segundo set, criou, ou melhor, reforçou a ideia que seria um jogo para 3/0, dado que jogando sempre com as únicas seis jogadoras que tinha, o Frei perdeu desta vez por diferença maior 25/18.

O terceiro set, iniciou as mudanças radicais no jogo. Desde logo porque enquanto as panteras levantaram a mão, a concentração e entrega, considerando a vitória como garantida, as do Frie Gil, apostaram em fazer pelo menos, um set. Apostaram e ganharam nessa aposta ao conseguirem 25/17, neste parcial.

Quando se iniciou o quarto set, as Boavisteiras abanavam um pouco emocionalmente e viam (e faziam) crescer as adversárias que cheias de autoconfiança lutaram pelo set, acabando por conseguir a vitória por 25/20.

A negra, foi a confirmação dos dois estados de espírito. Por mais que o técnico axadrezado tentasse mexer com as suas jogadoras, estas não reagiam e o Frei Gil conseguiu, virar de campo a vencer por 8/0 sempre com a mesma jogadora a servir. Grave que nesses oito pontos, só por duas vezes se tenha jogado, isto é, o serviço era directo ou somente uma atleta do Boavista tocava (mal) na bola.

Com oito pontos de avanço o jogo estava entregue, mas curiosamente, o Boavista encontrou-se na segunda parte, atingindo o nível do início do jogo e conseguindo sete pontos contra três do Frei Gil. Mas uma perda de serviço matou o jogo fazendo o Frei atingir o décimo primeiro ponto. A missão era (agora) impossível e de certa forma as panteras baixaram um pouco os braços e o jogo terminou em 15/9.


Também se aprende ao perder e estamos certos que o técnico axadrezado, isso irá transmitir às suas pupilas,
Ninguém vence antecipadamente, caras panteras.